Pular para o conteúdo

ICRJ divulga o AR do Circuito Rio

No dia 24 de outubro terá início uma das mais tradicionais regatas oceânicas do Brasil: a Santos-Rio. No final de semana seguinte, entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro será realizado pelo ICRJ o não menos tradicional Circuito Rio. Estão convidadas as classes ORC, IRC, S40 E RGS. As inscrições devem ser feitas na secretaria do ICRJ ou pelo e-mail vela@icrj.com.br até às 10h do dia 24 de outubro de 2014, exceto os barcos que não participarão da Regata Santos Rio que terão até 10h do dia 30 de outubro de 2014. O valor para o circuito é de R$ 40,00 por tripulante até o dia 1/10, R$ 80,00 até 17/10 e R$ 120,00 após esta data.

Bruno Fontes treina forte em Floripa para o Mundial de Santander

Na próxima semana o velejador Bruno Fontes viaja para Santander, na Espanha, onde acontece o Campeonato Mundial, principal competição da temporada 2014.
Florianópolis (SC) – 28/08/2014 – Após um primeiro semestre com muitas competições importantes e dois eventos na Baía de Guanabara (Copa Brasil de Vela/Janeiro e Evento Teste/Agosto), o velejador Bruno Fontes segue para a fase final de treinamentos para o principal desafio do ano: o Campeonato Mundial. Entre os dias 08 e 21 de setembro, a cidade de Santander, na Espanha, reúne todas as classes olímpicas para o maior evento da temporada 2014.

Quarto colocado no ranking mundial da ISAF (Federação Internacional de Vela), Bruno Fontes, que tem o patrocínio da UNIMED, CBVELA, MARINHA DO BRASIL, GOVERNO DO PARANÁ e AGE DO BRASIL, está bastante ansioso para o início das competições na Espanha e preparado para conquistar um bom resultado.

“Nos últimos dois anos, na Alemanha e Omã, eu velejei bem, mas faltou acertar nos detalhes para buscar uma medalha. Esse ano chego muito bem preparado e quero manter a evolução das últimas competições para tentar o pódio. O nível da Classe Laser é muito alto, mas sei que posso voltar da Espanha com um bom resultado”, avalia.

Em 2012, na Alemanha, Bruno conquistou o 14º lugar na competição e no ano passado, em Omã, foi o 8º, mostrando grande evolução. Agora, para figurar entre os primeiros, o velejador passou por uma fase intensa de treinamentos no Rio de Janeiro e em Florianópolis, na raia de Jurerê.

“Nos últimos meses tive momentos importantes de treinamento nos Estados Unidos, com a seleção americana, e aqui no Brasil para os eventos na Baía de Guanabara. Sinto que estou em um grande momento, mas também sei de todas as dificuldades que vou encontrar pela frente. Preciso acertar um pouco mais a largada, que foi onde errei nos últimos eventos, se quiser brigar por uma boa colocação”, completa.

Bruno Fontes embarca para a Espanha já na próxima semana para se adaptar a raia da competição e realizar os últimos ajustes antes do início da competição.

O velejador Bruno Fontes tem os patrocínios da Unimed, CBVela, Marinha do Brasil, Governo do Estado do Paraná e AGE do Brasil e conta com o apoio do COB – Comitê Olímpico Brasileiro e Vita Essência.

Para mais informações sobre Bruno Fontes acesse o site do atleta http://www.brunofontes.com

Da assessoria

Associação Náutica de Itajaí seleciona jovens para a equipe de vela

A Associação Náutica de Itajaí (ANI) está recrutando atletas para compor a equipe de vela. Podem participar jovens, preferencialmente em idade escolar, que estejam matriculados na rede municipal de ensino e tenham idade a partir dos 10 anos. A primeira fase da peneira será quarta-feira, dia 10, às 11h30, na própria sede da associação. Todos os candidatos devem se apresentar acompanhados de um responsável.

Os pré-requisitos para fazer parte da equipe da ANI, além de gostar muito do mar, é ter dedicação durante os treinos, aptidão para a vela e, é claro, demonstrar bom desempenho escolar. Tanto durante a peneira, quanto nos treinos periódicos, serão fornecidos todos os equipamentos necessários para a prática do esporte com segurança. O processo de seleção será supervisionado pelo técnico da equipe, João Pedro Martins.

Para mais informações, o telefone é (47) 9918-1618. A Associação Náutica de Itajaí é uma instituição que incentiva a cultura náutica, a cidadania e os esportes náuticos. Está localizada na avenida Ministro Victor Konder, a beira-rio, no 1001, no Saco da Fazenda.

Serviço

O que: Seleção de atletas para as equipes de vela.

Quem: Jovens, preferencialmente em idade escolar que estejam matriculados na rede municipal de ensino.

Quando: Quarta-feira, dia 10, às 11h30

Onde: Sede da Associação Náutica de Itajaí (ANI), na avenida Ministro Victor Konder, a Beira-rio, no 1001 – Saco da Fazenda, Itajaí (SC).

Como: Entrevista com candidatos e testes de desempenho.

YCSA promove clínica de Snipe antes do Sul-Brasileiro

No próximo final de semana, dias 30 e 31 de agosto, o YCSA vai promover uma clínica para a classe Snipe. O professor será o experiente velejador Daniel de Seixas Claro, também conhecido como Top. O valor ainda não foi divulgado, já que depende do número de inscritos. Para confirmar a sua participação, mande um e-mail para jonasechor@gmail.com.

YCSA promove a Audi 29er Challenge na represa Guarapiranga

Primeira edição do desafio em barcos da classe 29er reunirá oito tripulações, número máximo estipulado pela organização, no próximo fim de semana (30 e 31)

São Paulo (SP) – Com o objetivo de expandir todas as classes da Vela Jovem e manter os atletas do Audi YCSA Sailing Team em ação, o Yacht Club Santo Amaro (YCSA) levará para a Represa Guarapiranga oito duplas no Audi 29er Challenge no fim de semana (30 e 31). Oito tripulações, máximo estipulado pela organização, utilizarão quatro barcos em revezamento. O sorteio das chaves será na manhã de sábado e estão confirmados velejadores de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia.

“Atualmente a 29er possui uma flotilha de apenas seis barcos no Brasil, mas é muito importante no cenário mundial, além de ser preparatória para os velejadores que pretendem fazer campanha na classe olímpica 49er”, considera o coordenador náutico do YCSA, Marco Antônio del Porto. “A 29er também pode ser uma boa opção para quem está saindo da Optimist”, conclui Marco, responsável pela Escola de Vela do clube. Nas competições do YCSA, a organização em terra, passa pelas mãos do gerente financeiro, Alberto Santos.

Do Audi YCSA Sailing Team, estão confirmados: Martin Lowy e Nicolas Bernal, Antonio Aranha e Alexander Essle, André Fiuza e Stephan Kunath. Martin foi quarto colocado no Mundial da Juventude, na Laser Radial, e sétimo no Europeu, ambos em julho. Antonio e Stephan também disputaram o Mundial em Tavira (POR), enquanto André correu o Norte-americano de Optimist em julho, no México.

Taça Humboldt – O YCSA recebeu 60 barcos no último final de semana para a Taça Humboldt, nas classes Optimist e 420. Os títulos das classes 420 ficaram com as duplas do Audi YCSA Sailing Team. Elisa von Fritsch e Helena de Marchi venceram a categoria feminina, enquanto Eric Belda e Rodrigo Dabus foram os campeões da 420 geral, depois de terem disputado a flotilha ouro no Mundial da classe, na Alemanha.

Na Optimist, classe de iniciação à vela, Luan Vitor, da Escola de Vela de Ilhabela (EVI), levou o troféu para o litoral norte. No primeiro dia, o vento demorou para chegar à represa e apenas uma regata foi disputada. “Os meninos vieram pegar a bola comigo e se mantiveram aquecidos no campinho de futebol. Estava calor e todos, muito animados. Por volta de 15h, o vento entrou e eles saíram correndo para a água”, relatou Leandro Beccari, do marketing do YCSA. “Eles se divertiram muito, dentro e fora da água”.

A regata foi tão disputada quanto o futebol. Com a raia cheia, Diego Zabeu venceu Nicolas Bernal (YCSA) por diferença mínima, em cima da linha de chegada, com Martin Chao (YCSA) em terceiro. “No segundo dia, eles acordaram cedo e foram direto para a rampa preparar as embarcações. Com três regatas, aconteceu o que esperavam e passaram o dia velejando”, constatou Leandro. O campeão Luan, foi seguido de perto pelo vice Victor de Marchi, do Clube de Campo São Paulo (CCSP), com Nicolas Bernal (YCSA) na terceira colocação.

Resultados da 18ª Taça Humboldt
Optimist geral
1º Luan Vitor (EVI)
2º Victor De Marchi (CCSP)
3º Nicolas Bernal (YCSA)

Optimist infantil
1º Victor De Marchi (CCSP)
2º Nicolas Bernal (YCSA)
3º Lars Kunath (CCSP)

Optimist juvenil
1º Luan Vitor (EVI)
2º Martin Chao (YCSA)
3º Diogo Zabeu (EVI)

Optimist iniciante
1º Rafael de Moricz (YCSA)
2º Gustavo H. dos Santos (EVI)
3º Mathias Reimer (YCSA)

Optimist mirim
1º Bruna Di Croce Patrício (ICB)
2º Leonardo Didier (YCSA)

Optimist feminina
1º Marina Garrido (ICB)
2º Bruna Di Croce Patrício (ICB)
3º Christine Reimer (YCSA)

420 geral (todos YCSA)
1º Eric Belda / Rodrigo Dabus
2º Claudia Mazzaferro / Philipp Essle
3º André Fiuza / Stephan Kunath

420 feminina (todos YCSA)
1º Helena De Marchi / Elisa Von Fritsch
2º Olívia Belda / Marina Arndt
3º Luisa Ferreira / Lisa Reimer

Da assessoria

Com vídeo: The Wave, Muscat vence etapa inglesa do Extreme Sailing Series

Terminou nesta segunda-feira em Cardiff a etapa inglesa do Extreme Sailing Series. Em uma das finais mais apertadas da competição, a equipe The Wave, Muscat, de Omã, ficou com o lugar mais alto do pódio, seguida por Alinghi e J.P. Morgan BAR. Os três barcos chegaram a bater e o resultado foram três penalizações consecutivas na última regata da série. No final, a diferença de pontos entre eles foi de apenas sete pontos em quatro dias e 33 regatas.

Princesa da Suécia é madrinha de barco feminino da VOR

As meninas com a madrinha

As meninas com a madrinha

A princesa Victoria foi escolhida como madrinha do Team SCA, barco 100% feminino na disputa da Volvo Ocean Race. A representante da realeza sueca visitou as velejadoras e deu boa sorte ao time que, a partir de  de outubro, começa a disputar o título do evento de Volta ao Mundo.
“Estamos muito satisfeitos e honrados por ter a princesa como madrinha da nossa equipe. Victoria sempre está a frente de boas causas e serve de inspiração para muitas pessoas ao redor do mundo. Espero que isso nos motive”, diz Jan Johansson, Presidente e CEO da SCA.
80% dos consumidores da marca SCA são mulheres. Por isso, a empresa sueca resolveu também patrocinar um time na regata de Volta ao Mundo. “SCA está trabalhando para garantir que as mulheres de todo o mundo tenham as mesmas oportunidades que os homens, tanto na área profissional quanto na social, finaliza.
O Team SCA tem o brasileiro Joca Signorini como treinador.
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.318 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: