Pular para o conteúdo

Arquivo de

Jantar beneficente no ASBAC visa juntar dinheiro para velejadores tetraplégicos

No próximo dia 12 de fevereiro o Asbac de São Paulo irá realizar um jantar beneficente para velejadores tetraplégicos. A ideia é aplicar o dinheiro arrecadado na compra de veleiros da classe Skud 18, usado nos mundiais de vela paraolímpica e nas Paraolimpíadas de Londres, em 2012. Os convites podem ser adquiridos pelos telefones (11)8124-2019 (Berenice) ou (11)9137-2245 (Renato). Todos lá para ajudar, galera!!

Foncia chega a salvo na Cidade do Cabo

Depois de quebrar o mastro durante a Barcelona World Race, o Foncia, com Michel Desjoyeaux e François Gabart a bordo, chegou a salvo na Cidade do Cabo, no início da tarde de sábado. Os dois foram obrigados a desistir da regata quando estavam na segunda colocação.

Phoenix lidera o campeonato VTR Norte no Chile

Mestre Capizzano capturou Souza Ramos e sua gangue roubando a festa chilena

Começou neste final de semana no Chile o campeonato VTR Norte. O Phoenix, de Eduardo Souza Ramos, lidera a competição na classe S40. Além do barco brasileiro, estão inscritos na competição os chilenos VTR, Claro, Movistar, Entel, Celfin Capital,Mitsubishi e Santander. O campeonato está sendo disputado em La Serena. “A primeira regata foi no dia sábado 29/01 de aproximadamente 20 milhas ate uma cidadezinha chamada Tongoy. No domingo a gente correu a regata de volta de Tongoy a La Serena. Na ida ganhamos e na volta ficamos em segundos. Estamos em primeiro no campeonato mais ainda faltam oito regatas, pois o campeonato termina no dia sábado”, disse Pablo Lynn, tripulante do Phoenix. “Este barco nosso acabou de sair do estaleiro na Argentina e veio direto para cá. Conseguimos chegar em primeiro na primeira regata do nosso novo barco! Opa!”, comemorou ele. E com razão. Boa sorte aos Brasileiros!

Sodebo parte para tentativa de quebra de recorde de volta ao mundo

O Sodebo deixa Ouessant. 105 pés de pura adrenalina!

Enquanto Pascal Bidegory corre atrás do recorde de volta ao mundo sem escalas com mais 13 tripulantes a bordo do Banque Populaire V, Thomas Coville vai tentar a mesma coisa, porém sozinho. O francês cruzou a linha de partida em Ouessant, na França, no último sábado, 29 de janeiro, a bordo do seu maxitrimarã Sodebo, de 105 pés. A marca a ser batida é de 57 dias, 13 horas, 34 minutos e 6 segundos, estabelecida em janeiro de 2008 por Francis Joyon, a bordo do Idec.

Após dois dias no mar, Coville já veleja 26 milhas à frente do recorde. O percurso feito por ele até agora, a velocidade, o vento e muito mais, pode ser conferido no site http://sodebo-voile.geovoile.com/tourdumonde/2011/. Lá também é possível comparar o caminho escolhido por Joyon em 2008. Animal!

Após nove dias no mar, Banque Populaire V veleja atrás do recorde

Após nove dias no mar tentando conquistar o Troféu Julio Verne de volta ao mundo, o Banque Populaire V veleja 266 milhas atrás do recorde de volta ao mundo. Os 13 tripulantes e o skipper Pascal Bidégory estão passando ao largo costa do sudeste brasileiro. A rota, a velocidade e até uma comparação do percurso feito pelo atual detentor do recorde, o Groupama 3, de Franck Cammas, pode ser vista no live tracking http://www.voile.banquepopulaire.fr/Maxi-Trimaran-Banque-Populaire-V/cartographie-c2907.html. Coisa linda!

Bruninho termina em 5º em Miami

Bruninho Fontes terminou na 5ª colocação da classe Laser no Miami OCR, um ótimo resultado para o primeiro campeonato internacional do catarinense em 2011. Ele terminou a medal race na 3ª posição. Antes de embarcar para Miami, Bruninho venceu, pela 5ª vez, o Brasileiro da classe e deu um passo importante para reconquistar a vaga na Equipe Brasileira de Vela. A vitória ficou com o sueco Rasmus Myrgren.

Com um 3º na medal race, Fernandinha Oliveira se recupera em Miami

Fernandinha Oliveira e Ana Barbachan se recuperaram na medal race da classe 470 e, com um 3º lugar, subiram para a 5ª colocação geral. Martine Grael e Isabel Swan, com um 7º lugar na regata, caíram para 7º lugar geral. A vitória ficou com a dupla francesa Ingrid Petitjean e Nadege Douroux.

Brasileiros da RS:X terminam na 6ª colocação

Após a medal race, disputada neste sábado em Miami, tanto Ricardo Bimba Winick quanto Patrícia Freitas terminaram na 6ª colocação da classe RS:X. Bimba venceu a regata, enquanto Patrícia terminou na segunda colocação.

Xandi e Kieling vencem o Brasileiro de Snipe em casa

Com um desempenho irreparável, Alexandre Paradeda e Gabriel Kieling conquistaram nesse sábado (29) o 62º Campeonato Brasileiro da Classe Snipe. Após nove regatas e um descarte, a dupla gaúcha terminou quatro pontos à frente dos segundos colocados, os cariocas Bruno Bethlen e Dante Bianchi. Os também gaúchos Samuel Albrecht e Flávio Só Fernandes ficaram com o terceiro lugar. Realizada no Clube dos Jangadeiros, em Porto Alegre , a competição contou com a participação de 100 velejadores de seis estados diferentes, além de duplas do Uruguai e da Argentina, e teve o apoio da Olimpic Sails, da Pro Nautic, da Equinautic e da Companhia das Coberturas.

A trajetória vitoriosa de Paradeda e Kieling no Campeonato Brasileiro da Classe Snipe começou na terça-feira (25). Logo no primeiro dia, a dupla venceu uma regata e ficou em segundo lugar na outra. Na quarta (26), as atividades foram canceladas devido ao mau tempo, fazendo com que a dupla do Clube dos Jangadeiros dormisse mais um dia na liderança. E na quinta (27), mais uma apresentação de luxo, repetindo os resultados da terça, um primeiro e um segundo lugar, e ampliando a vantagem em relação aos outros competidores. O problema foi que na sexta-feira (28) houve uma queda de rendimento, um terceiro e um oitavo lugar, diminuindo a vantagem de Paradeda e Kieling sobre Bethlen e Bianchi para apenas um ponto. Isso fez com que a disputa começasse eletrizante no sábado. Precisando de bons resultados para manter a ponta, a dupla gaúcha iniciou o dia com uma boa vitória na primeira regata. Em seguida, duas regatas pra lá de acirradas, com Bethlen e Bianchi chegando em primeiro e Paradeda e Kieling em segundo, em ambas. O resultado, entretanto, foi suficiente para que a dupla gaúcha conquistasse o tão esperado título do Campeonato Brasileiro da Classe Snipe, o oitavo de Paradeda.

Da assessoria do Jangadeiros

Scheidt e Prada vencem Medal Race em semana perfeita em Miami

Robert Scheidt e Bruno Prada largaram em grande estilo na temporada 2011 da classe Star, decisiva na corrida olímpica para os Jogos de Londres, em 2012. Depois de conquistarem o título da Walker Cup, no último fim de semana, os melhores atletas da vela de 2010, segundo o Comitê Olímpico Brasileiro, saem de Miami como campeões também da Rolex Miami OCR, evento para classes olímpicas e a primeira competição do ano a contar pontos para o ranking mundial da Federação Internacional de Vela (Isaf).

Atuais líderes do ranking da Isaf, Scheidt e Prada não apenas terminaram em primeiro lugar a fase classificatória da Rolex Miami OCR, conquistando o título por antecipação, nesta sexta-feira, mas, neste sábado, venceram também a Medal Race, destinada apenas às dez tripulações mais bem colocadas na etapa de classificação. Os brasileiros encerraram a competição com 48 pontos perdidos, menos da metade dos vice-campeões, os suecos Fredrik Loof e Max Salminen, que somaram 97.

“É difícil lembrar de uma semana assim, em que tudo deu tão certo”, disse Scheidt. “Garantir o título por antecipação foi uma missão muito difícil, ainda mais com as grandes oscilações de vento em Biscayne Bay e uma flotilha de alto nível, como a que disputou a Rolex Miami OCR”, prosseguiu, lembrando que, na condição de primeiro evento da temporada a valer para o ranking da Isaf, a competição atraiu os principais velejadores do planeta.

Os outros brasileiros na competição foram Lars Grael e Ronald Seifert, em 11º, Torben Grael e Marcelo Ferreira, em 18º, Gastão Brun e Gustavo Kunze, em 37º e Admar Gonzaga e Alexandre de Freitas, em 39º. Todos nas estrelas!

%d blogueiros gostam disto: