Pular para o conteúdo

Arquivo de

Vídeo: Artemis capota durante treino de AC45

Organização divulga datas da America’s Cup World Series

A organização divulgou as datas da America’s Cup World Series, campeonato que servirá como aquecimento para a próxima Copa América. O primeiro evento acontecerá já em julho deste ano, entre os dias 16 e 24. As datas seguintes são: de 13 a 21 de agosto, de 17 a 25 de setembro, de 15 a 23 de outubro, de 10 a 18 de dezembro, de 2011, recomeçando de 17 a 25 de fevereiro, 14 a 22 de abril e terminando entre os dias 19 e 27 de maio de 2012. Os locais ainda não foram definidos e as datas ainda poderão ser modificadas. Ou seja, nada definido…

Extreme Sailing Series começa com ventos fortes em Oman

O mestre Carlo Borlenghi flagrou o líder da competição

Os dois primeiros dias de competição da Extreme Sailing Series em Oman tiveram ventos fortes, o que permitiu a realização de 11 regatas. Até o momento o líder é o francês Groupe Edmond de Rothschield. Participam desta primeira etapa 11 equipes, incluindo o Alinghi e o Luna Rossa. Para ver os resultados completos, acesse http://www.extremesailingseries.com/results/muscat

Depois de treino, Tine e Bel estão prontas para a Pré-Olímpica

A dupla de velejadoras Martine Grael e Isabel Swan disputa, de hoje até domingo, 27 de fevereiro, uma das principais competições da temporada de 2011: a Pré-Olímpica de Vela, que servirá como seletiva para a equipe permanente deste ano. A competição será realizada no Iate Clube de Santa Catarina, em Florianópolis, mesmo local da seletiva Pan-Americana. Como a classe 470, não faz parte dos Jogos Pan-Americanos, Isabel e Martine aproveitaram a semana para fazer um treinamento intenso na raia da competição.

“Nós chegamos com antecedência para nos acostumarmos com as ondas e a raia de Florianópolis. Esperamos fazer boas regatas e colocarmos em prática o que aprendemos nesse ultimo ano”, revelou Isabel Swan.

“Como está tendo o Pré-Pan também aqui, estamos encontrando muitos dos nossos amigos de vela de diferentes épocas. O clima está bem agradável. Estamos treinando duro para conseguir o melhor resultado possível na Pré-Olímpica”, contou Martine Grael.

“Nós chegamos uma semana antes da competição justamente para entender as particularidades da raia, vento e ondas. As meninas treinaram forte e espero que o objetivo seja alcançado que é conquistar esta vaga”, contou o técnico da dupla Larry Sutter.

A temporada de 2011 está recheada de competições para a parceria formada por Martine e Isabel. Os campeonatos mais importantes na 470 são a Pré-Olímpica brasileira e o Mundial, em Perth, Austrália, em dezembro. Pela classe HPE, a dupla defenderá a Marinha do Brasil no Mundial Militar em julho, no Rio de Janeiro.

Da Presscom assessoria

Parananeses comemoram o terceiro lugar no Pré-Pan

O velejador da Classe  Lightning Cláudio Biekarck, com os tripulantes Gunnar Ficker e Marcelo da Silva, se classificaram para os Jogos Pan Americanos que serão realizados em Guadalajara, em outubro deste ano. Este será o oitavo Pan de Cláudio Biekarck . Na disputa direta com  Mário Buckup,  Biekarck confirmou o favoritismo em Santa Catarina.

Os velejadores Diego Zagonel Camargo Mello, Jordan Zagonel Camargo Mello e Marcelo Ling, tripulantes do veleiro É Nóis da Classe Lightning, representando a Flotilha Guará de Lightning, a ENAMAR, Guaratuba e o SPYC, terminaram o  Pré Pan de Vela em terceiro lugar à frente da tripulação de Bruno Prada.  O É Nóis, mesmo com equipamento e velas defasadas em relação às outras tripulações, mostrou competitividade e competência.

Bruno Fontes tenta recuperar vaga na equipe olímpica

O velejador Bruno Fontes encerrou neste último domingo sua preparação para a Seletiva Brasil, que é classificatória para o Pan Americano do México em Guadalajara em outubro. O evento ainda forma a equipe olímpica que será apoiada pelo Comitê Olímpico Brasileiro, visando os Jogos Olímpicos de Londres.

A competição acontecerá em Florianópolis na praia de Jurerê entre os dias 22 a 27 com a presença de medalhistas olímpicos como os irmãos Grael, Marcelo Ferreira, Robert Scheidt, Bruno Prada, Fernanda Oliveira e Isabel Swan.

Bruno que vêm de grandes resultados como o Pentacampeonato Brasileiro e o quinto lugar na Rolex – Miami está confiante em retomar o posto de número 1 do país, tendo em vista que perdeu a Seletiva Brasil em Brasília no ano passado.

Para a competição estão programadas onze regatas, e os velejadores poderão descartar os dois piores resultado somando nove das onze regatas. O destaques da competição, além de Fontes são os catarinenses Mathes Dellagnelo, Alex Ramos e Guilherme Pereira, o carioca Eduardo Couto e João Hackerot de São Paulo.

“Estou confiante e bem treinado para o campeonato. Sei que fiz meu dever de casa e agora é ter tranqüilidade para que as coisas aconteçam naturalmente e assim vou carimbar meu passaporte para o México”, salientou Bruno.

Da assessoria do velejador

Duelo de campeões olímpicos marca fase final da Semana Brasileira de Vela

Classe Star em Florianópolis reúne os principais nomes da modalidade. Seletivas apontam também últimos classificados para o Pan

Começa nesta terça-feira, no Iate Clube de Santa Catarina, a segunda parte da Semana Brasileira de Vela. O evento definirá a equipe nacional da modalidade que representará o País nas principais competições da temporada 2011, além dos últimos velejadores classificados para a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em outubro.

A programação tem início ao meio-dia com as regatas das classes 49er (masculino), 470 (masculino e feminino), Finn (masculino), Laser (masculino e feminino), RS:X (masculino e feminino) e Star (masculino). A competição será dividida em três raias e o vencedor conhecido depois de 11 regatas, com dois descartes. Serão disputadas, no máximo, três regatas por dia. A flotilha de Match Race terá apenas treino nesta terça-feira, entre 10 e 18 horas. Nos demais dias, as regatas desta classe começam às 10 h da manhã. As demais flotilhas têm disputas sempre a partir do meio-dia até domingo.

Os bicampeões olímpicos Torben Grael e Marcelo Ferreira e os atuais líderes do ranking mundial da classe Star, Robert Scheidt e Bruno Prada, já treinam, desde a semana passada, na raia da praia de Jurerê, em Florianópolis (SC). O vencedor da Semana Brasileira de Vela será o representante da categoria no evento teste para a Olimpíada de Londres, no meio do ano, na raia de Weymouth, no mês de agosto.

“É muito importante fazer essa competição para simular os Jogos Olímpicos. Aqui em Florianópolis, acredito que o duelo será acirrado entre a nossa dupla e a do Torben. Vão ser regatas bastante disputadas desde o início da velejada. É uma dupla muito experiente e difícil de ser batida, mas a gente está em um bom momento”, avalia Robert Scheidt.

O maior medalhista olímpico do País, Torben Gral, está desde a metade da semana passada em Florianópolis treinando ao lado do proeiro Marcelo Ferreira . “Não vai ser fácil, porque o Robert e o Bruno estão no auge da forma deles e a gente está recomeçando o nosso trabalho. É importante vir e colocar a cara a tapa. O importante é velejar na maioria das competições no exterior, principalmente naquelas válidas pelo ranking mundial. No ano passado, a nossa dupla não fez tantas provas”, revela Torben Grael.

Quatro vagas para o Pan serão definidas até domingo – A Semana Brasileira de Vela apontará até domingo os últimos classificados para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Falta a definição nas classes Laser (masculino e feminino) e RS:X (masculino e feminino), que são olímpicas e pan-Americanas. Os favoritos na Laser são Bruno Fontes, no masculino, e Adriana Kostiw e Odile Ginaid entre as mulheres. “Fiz a seletiva da Sunfish na primeira semana como treino, mas agora a competição é pra valer. Estou confiante”, avisa o catarinense Bruno Fontes, um dos destaques da seletiva de Sunfish, que terminou em segundo lugar.

No domingo, o País conheceu os primeiros representantes para a competição no México. Na Hobie Cat 16, a dupla Bernardo Arndt e Bruno Oliveira (Ilhabela) tentará recuperar a medalha de ouro, depois da desclassificação no Rio 2007. Na Lightning, a experiente equipe formada por Cláudio Biekarck, Gunnar Ficker e Marcelo Batista da Silva (São Paulo) é esperança de medalha.

O jovem catarinense Matheus Dellagnelo competirá na classe Sunfish e a dupla Alexandre Tinoco e Gabriel Borges, do Rio de Janeiro, derrotou os últimos dois campeões Pan-Americanos de Snipe (Alexandre Paradeda/ Rio 2007 e Bruno Bethlem/ Santo Domingo 2003) e garantiu vaga no México com duas regatas de antecipação.

Por Flavio Perez, da ZDL de Comunicação
%d blogueiros gostam disto: