Pular para o conteúdo

Arquivo de

Semana Brasileira de Vela: Bimba e Jorge Zarif têm 100% de aproveitamento

Tine e Bel, que embelezam qualquer raia, ainda por cima estão andando muito em Jurerê.

Florianópolis (SC) – Dois velejadores venceram todas as regatas até agora na Semana Brasileira de Vela. Os donos das façanhas são Ricardo Bimba Winicki, na RS:X, e Jorge Zarif, na Finn. Foram disputadas duas regatas em cada classe, exceto na Star e na 49er, nesta quarta-feira, com ventos rondados variando de 8 a 10 nós, direção sudeste. Outro destaque do dia foi a dupla Martine Grael e Isabel Swan, que lidera a 470, superando várias parcerias masculinas.

Ricardo Winicki aproveitou bem as condições da raia na praia de Jurerê e acumula quatro vitórias em quatro regatas. Na cola de Bimba continua o próprio aluno e funcionário Albert Carvalho, que chegou em segundo em todas as provas até o momento. “Quero vencer amanhã (quinta) e praticamente confirmar a minha vaga no Pan. O Albert é um cara que veleja bem e preciso sempre estar na melhor forma”, reforça Bimba, dono de duas medalhas de ouro em Jogos Pan-Americanos.

Na classe Finn, Jorge Zarif também reina absoluto na Semana Brasileira de Vela com 100% de aproveitamento. Os ventos fracos favorecem o atleta, o mais leve entre os competidores da classe. O integrante da equipe olímpica já projeta disputar competições no exterior para não fazer feio em Londres, caso o Brasil consiga a vaga. “Esse ano de 2011 será de afirmação no cenário internacional. Vou correr pela primeira vez todas as provas da temporada. Quero ganhar mais experiência e, dependendo dos resultados, dá para sonhar com um bom resultado em Londres”, destaca Zarif.

A dupla Martine Grael e Isabel Swan (Rio Yatch Clube) assumiu a liderança da classe 470, depois de quatro regatas disputadas na Semana Brasileira de Vela, em Florianópolis. A parceria tem o melhor desempenho incluindo os homens. Nesta quarta-feira, as meninas conquistaram um segundo e um terceiro lugares. “Ganhar dos homens nos dá uma boa referência. Eu gosto de competir contra eles, porque coloca mais gente na disputa. O nosso trabalho na 470 é sólido. A Martine (Grael) está a cada dia mais experiente. Estamos em um bom caminho”, indica Isabel Swan, medalhista de bronze em Pequim/2008.

Duelo da Star- A dupla Robert Scheidt/Bruno Prada continua em primeiro lugar na Star depois de quatro regatas disputadas. Nesta quarta, com um pouco mais de vento, a Comissão realizou três provas. Os atuais vice-campeões olímpicos venceram duas e terminaram uma em segundo. “Foram regatas muito disputadas e difíceis, onde quem larga melhor sempre leva vantagem. Tudo muito decidido no detalhe. A briga acaba sendo entre a gente e o time do Torben”, revela Scheidt.

O proeiro dele, Bruno Prada, espera que os ventos favoreçam mais os atletas nas próximas regatas. Apesar da vantagem, Prada afirma que nada está decidido na Semana Brasileira de Vela. “Ainda tem mais sete regatas. Está muito no começo e o pessoal ainda está aquecendo”, afirma Bruno Prada.

Na classe RS:X feminina, Patrícia Freitas (ICRJ) venceu as duas regatas do dia e tirou a xará Patrícia Castro (CNC) do topo. Na primeira prova, a velejadora largou escapada e foi obrigada a fazer uma corrida de recuperação para terminar na frente. “Primeiro, eu precisei fugir do vento sujo da galera que estava na minha frente. Quando você larga atrás, a receita é acreditar que ainda dá e seguir em frente”, explica Freitas.

O destaque da 49er do dia foi a dupla Rodrigo Monteiro/Gabriel Borges (BVC) com uma vitória e dois segundo lugares. A parceria se aproximou dos líderes André Fonseca/Marco Grael (CDJ). Rodrigo elogiou o companheiro Gabriel Borges, classificado também para representar o Brasil no Pan de Guadalajara na classe Snipe. “Ele (Gabriel) é o cara. Eu aprendi a velejar de 49er com ele. Se continuar a ventar fraco a gente tem chance aqui em Florianópolis, porque a nossa dupla é muito leve”, comemora Rodrigo Monteiro.

Na Laser Radial, a disputa está mais equilibrada depois de quatro regatas. Adriana Kostiw (YCSA) e Mônica Matschinske (CNC) têm nove pontos perdidos e dividem o primeiro lugar. Matschinske venceu as duas provas do dia e contou com um vacilo de Kostiw na quarta regata do calendário. Na Laser Standard, Adrion Santos (VDS) continua em primeiro lugar, com vantagem de três pontos para Eduardo Couto (ICRJ).

Estreia da Match Race- As primeiras disputas da classe Match Race na Semana Brasileira de Vela foram realizadas nesta quarta-feira com 11 duelos entre as quatro tripulações inscritas. O time de Renata Decnop lidera a competição barco contra barco, com quatro vitórias. Em segundo lugar está a equipe de Juliana Senfft, seguida pelas tripulações de Juliana Mota e Caroline Bejar. As velejadoras utilizam barcos rigorosamente iguais. A classe estreia no calendário olímpico em Londres/2012.

Resultados Seletiva Olímpica – dia 2

Laser Radial – 4 regatas
1- Adriana Kostiw (SP) – 9 pp (1+1+2+5)
2- Monica Matschinske (RJ) – 9 (4+3+1+1)
3- Odile Ginaid (ES)- 12 (5+2+3+2)

Laser Standard – 4 regatas
1- Adrion Santos (RS) – 9 (1+2+4+2)
2- Eduardo Couto (RS) – 12 (3+3+1+5)
3- Bruno Fontes (SC) – 15 (4+1+6+4)

RS:X Masculino – 4 regatas
1- Ricardo Winicki, o “Bimba” (RJ) – 4 (1+1+1+1)
2- Albert de Carvalho (RJ) – 8 (2+2+2+2)
3- Gabriel Carvalho (RJ) – 12 (3+3+3+3)

RS:X Feminino – 4 regatas
1- Patrícia Freitas (RJ) – 5 (1+2+1+1)
2- Patrícia Castro (RJ) – 8 (2+1+3+2)
3- Lélia del Priori Winkler (RJ) – 13 (4+4+2+3)

Finn – 4 regatas
1- Jorge Zarif (SP) – 4 (1+1+1+1)
2- Henry Boening (RJ) – 8 (2+2+2+2)
3- Ricardo Valério (SP) – 13 (3+4+3+3)

470 – 4 regatas
1- Martine Grael/Isabel Swan (RJ) – 10 (2+3+2+3)
2- Alexandre Paradeda/Bernardo Arndt (RS-SP) -12 (3+2+6+1)
3- Fábio Pillar/Gustavo Thiesen (RJ) – 14 (6+1+1+6)

Star – 4 regatas
1- Robert Scheidt/Bruno Prada (SP) – 5 (1+2+1+1)
2- Torben Grael/Marcelo Ferreira (RJ) – 9 (3+1+3+2)
3- Admar Gonzaga/Rony Seifert (DF/SP) – 13 (2+5+2+4)

49er – 6 regatas
1- André Fonseca/Marco Grael (RS-RJ) – 11 (2+1+1+1+2+4)
2- Rodrigo Monteiro/Gabriel Borges (RJ) – 14 (3+2+4+2+1+2)
3- Pablo Herman/Luis Herman (Chile) – 15 (1+3+2+3+3+3)

Match Race 11 disputas
1- Renata Decnop – 4 vitórias
2- Juliana Senfft,- 3 vitórias
3- Juliana Mota – 2 vitórias
4- Caroline Bejar – 2 vitórias

A seletiva olímpica da Semana Brasileira de Vela reúne, no Iate Clube de Santa Catarina, 80 velejadores até domingo (27). Os resultados da seletiva, somados aos dos brasileiros de cada Classe, definem os integrantes da Equipe Brasileira de Vela Olímpica, que disputará as principais competições internacionais e buscará classificação para a vela nacional nos Jogos Olímpicos de Londres/2012 durante o Mundial da Austrália, em dezembro. Duas das classes, Laser (masculino e feminino) e RS:X (masculino e feminino) também são pan-americanas e os indicados da Equipe também serão os representantes brasileiros no Pan de Guadalajara, em outubro deste ano.

A Semana Brasileira de Vela é organizada pela Confederação Brasileira de Vela e Motor (CBVM) e pelo Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha, com apoio da Federação de Iatismo do Estado de Santa Catarina, da Prefeitura Municipal de Florianópolis e do Governo de Santa Catarina e a produção da Brasil1 Esporte. O patrocínio é do Bradesco,apoiador oficial da CBVM, e da CPFL Energia.

Quatro velejadores americanos são mortos por piratas somalis

O veleiro Quest, de bandeira americana, foi sequestrado na semana passada por piratas somalis e, apesar de a marinha americana estar tentando negociar com os piratas, não foi possível evitar a morte de todos os velejadores. No fim, quatro piratas também foram mortos e outros 13 presos. Está sinistro navegar perto do chifre da África… Lamentável!

Artemis Racing, de Terry Hutchinson, destaca-se nas regatas de “estádio”

 

Até agora foram realizadas 17 regatas em Omã

O 3º dia da 1ª etapa do Extreme Sailing Series em The Wave, na cidade de
Mascate, iniciou o formato de regatas de “estádio” -regatas abertas ao
público, que mostram a flotilha de 11 barcos Extreme 40 competindo perto dos
espectadores e VIPs.

Terry Hutchinson e sua tripulação no Artemis Racing tiveram um dia
excepcional, que os elevou do 5º. lugar geral para o 2º. lugar – eles agora
estão apenas três pontos atrás dos líderes, a equipe Groupe Edmond de
Rothschild. “Tivemos um dia brilhante hoje, com muitos espectadores na
costa. Eles estavam tão perto que podíamos ouví-los comemorando na linha de
chegada. O formato de estádio entregou tudo que prometia – regatas curtas e
intensas com o calor do público”, disse Hutchinson.

Após a performance arrasadora de ontem, Pierre Pennec e sua tripulação
francesa tiveram um dia mediano, mas conseguiram se manter no topo da tabela
após 17 regatas. O Team New Zealand, de Dean Barker, abocanhou sua primeira
vitória hoje no Extreme 40, embora eles ainda permaneçam no 7º lugar da
classificação. “Foi muito bom vencer uma, mas, apesar do avanço, nós ainda
temos muito a melhorar,” admitiu Barker. O alemão Roland Gaebler atingiu seu
melhor resultado até agora com um terceiro lugar e deixou rostos da
tripulação do Team Extreme sorridentes.

As condições meteorológicas de hoje foram menos desafiadoras do que nos
últimos dias, com ventos de 7 a 9 nós, mas os 44 velejadores tiveram que
lidar com as regatas em espaços mais curtos e apertados. Após as cinco
regatas de flotilha de hoje, as equipes competiram barco contra barco em uma
rodada de match-races. A equipe da casa The Wave, Muscat manteve seu 3º
lugar, mas demorou a entrar em forma hoje, assim como a Alinghi, que caiu
para o 4º lugar. A equipe de Sidney Gavignet, Oman Air, desapontou ao cair
do 6º para o 8º lugar. No entanto eles estão apenas um ponto atrás do Team
New Zealand, que, por sua vez, está somente um ponto atrás da Luna Rossa,
que subiu no ranking ao garantir sua primeira vitória hoje.

Extreme Sailing Series, 1ª. Etapa em The Wave, Mascate
3º dia: Resultados depois de 17 regatas

1º Groupe Edmond de Rothschild, 133 pontos
2º Artemis Racing, 130 pontos
3º The Wave, Muscat, 124 pontos
4º Alinghi, 121 pontos
5º Red Bull Extreme Sailing, 120 pontos
6º Luna Rossa, 103 pontos
7º Team New Zealand, 102 pontos
8º Oman Air, 101 pontos
9º Team Extreme, 59 pontos
10º Niceforyou, 37 pontos
11º Team GAC Pindar, 29 pontos

Da assessoria de imprensa

Vídeo: primeiro dia de regatas em de X40 em Omã

Regata de abertura acontece neste domingo na Guarapiranga

A tradicional Regata de Abertura da represa de Guarapiranga acontece neste domingo, a partir das 13h. A inscrição é 1 quilo de alimento não perecível por tripulante e deverá ser feita na secretaria do SPYC até às 12h. As instruções de regata serão distribuídas no ato da inscrição, mas a organização já adiantou que o percurso, como sempre, será longo. Compareça!!

Mundial de Farr 40 começa nesta quarta-feira na Austrália

Carlo Borlenghi resgistrou a flotilha pronta para começar as disputas do Mundial

A partir desta quarta-feira os melhores velejadores de Farr 40 estarão em águas australianas disputando o Mundial da classe. Estão confirmados 20 barcos, da Austália, Nova Zelândia, Itália, Alemanha e Estados Unidos. Estão programadas dez regatas, que poderão ser acompanhadas ao vivo no site http://www.regattanews.com/.

Mapfre segue na cola dos líderes na BWR

Iker Martinez e Xabi Fernández, os vice-líderes da competição

O Mapfre, segundo colocado na Barcelona World Race, está dando trabalho para o Virbac paprec 3, líder da competição. Andando quase que com a mesma velocidade, Iker Martinez e Xabi Fernández diminuíram a distância entre eles e Jean Pierre Dick e Loick Peyron. Até a parada dos líderes na Nova Zelândia, esta distância estava em torno de 600 milhas, porém, agora é de apenas 51 milhas. Agora só falta meio mundo…

%d blogueiros gostam disto: