Pular para o conteúdo

Arquivo de

Quarto dia do Extreme Sailing Series é marcado por superações e reviravoltas

Durante o penúltimo dia de competição da 1ª etapa do Extreme Sailing Series,
em Mascate, Omã, a disputa foi cheia de tensão e velocidade, com as equipes
Red Bull Extreme Sailing e Team New Zealand apresentando as performances
mais impressionantes do dia.

O skipper Roman Hagara e sua tripulação da Red Bull Extreme Sailing estão
agora no pódio, chegando ao terceiro lugar geral após 25 regatas. “Estamos
muito felizes com este resultado, pois somos praticamente novatos. Este foi
nosso melhor resultado até agora e esperamos continuar assim”, disse Hagara.
Para Dean Barker e seus homens a bordo do New Zealand Team, este foi um dia
ainda melhor. “Nós tivemos um dia fantástico na água e conseguimos alcançar
resultados sólidos. Podemos ter começado o evento um pouco devagar, mas a
cada dia sinto que melhoramos e, se continuarmos nesse ritmo, ficaremos
muito satisfeitos”, disse Barker.

Em uma brisa de 7 a 9 nós, um total de oito regatas de “estádio” aconteceram
hoje em Mascate e seis times diferentes chegaram em 1º lugar pelo menos uma
vez, como a equipe italiana Niceforyou, que se deliciou com sua primeira
vitória de 2011. Já o Groupe Edmond Rothschild, comandado por Pierre Pennec,
manteve sua consistente boa forma e segurou seu lugar no topo da tabela,
apenas 7 pontos a frente da Artemis Recing, de Terry Hutchinson.

As regatas de “estádio” proporcionaram um ambiente apertado e desafiador, o
que forçou os árbitros a distribuir múltiplas penalidades por bloqueio e
outros incidente.  O mais dramático do dia veio a tona quando a equipe The
Wave, Muscat, de Trovar Mirsky, sofreu uma colisão com a Alinghi e quase
acabou nos rochedos do quebra-mar. O barco de Mirsky continuou competindo,
mas no final da tarde foi recolhido para uma longa noite de reparos. A
equipe confirmou que competirá amanhã e continua no páreo, tendo terminado o
dia no 5º lugar geral.  Apenas 2 pontos separam Luna Rossa em 6º lugar e
Alinghi em 7º. Como cada vitória vale 11 pontos, sendo que a última regata
de amanhã vale o dobro, 7 das 11 equipes ainda podem vencer a 1ª etapa do
Extreme Sailing Series e tudo pode acontecer até o final da tarde de amanhã.

Extreme Sailing Series, 1ª. Etapa em The Wave, Mascate
4º dia: Resultados depois de 25 regatas

 1º Groupe Edmond de Rothschild (FRA), 194 pontos
2º Artemis Racing (SWE), 187 pontos
3º Red Bull Extreme Sailing (AUT), 183 pontos
4º Team New Zealand (NZL), 176 pontos
5º The Wave, Muscat (OMA), 165 pontos
6º Luna Rossa (ITA),  163 pontos
7º Alinghi (SUI), 161 pontos
8º Oman Air (OMA), 143 pontos
9º Team Extreme (EUR),  96 pontos
10º Niceforyou (ITA), 75 pontos
11º Team GAC Pindar (GBR), 43 pontos

%d blogueiros gostam disto: