Pular para o conteúdo

Arquivo de

Barcos da Volvo Ocean Race são aprovados na primeira regata de qualificação

Equipes fizeram teste de segurança em Alicante antes do início da Volta ao Mundo; Team Telefónica venceu o primeiro duelo

Os veleiros que enfrentarão as 39 mil milhas náuticas da Volvo Ocean Race foram aprovados na parte de segurança pela organização da Volta ao Mundo, faltando três semanas para o início em Alicante, na Espanha.

A regata-treino terminou neste domingo (9) com a vitória do Team Telefónica, comandado por Iker Martínez. Os donos da casa completaram na frente as 360 milhas náuticas e foram recebidos com muita festa e champagne. A prova teve muita variação de vento e o máximo atingido pela flotilha em alguns pontos foi 25 nós. PUMA Ocean Racing, Sanya Team, CAMPER with Emirates Team New Zealand e Groupama participaram da qualificação pelos mares da Espanha. O Abu Dhabi Ocean Racing se retirou oficialmente da corrida.

O skipper espanhol Iker Martínez minimizou a importância de terminar em primeiro, já que não houve premiação. “Não foi uma corrida real. Passamos muito tempo fazendo as manobras para testar os procedimentos de segurança a bordo”.

O Puma, do capitão Ken Read, fez uma boa regata e o comandante falou da oportunidade do primeiro confronto entre os seis veleiros. “Aprendemos algumas lições valiosas sobre a nossa tripulação e também soubemos como estão as outras equipes. A certeza é que todos os barcos estão muito rápidos”.

O objetivo da qualificação é testar as medidas de segurança dos veleiros, sem ainda contar pontos para a classificação geral. Durante a regata de trecho curto, as equipes demonstraram todos os procedimentos deste setor, incluindo o sistema de direção de emergência e elevação de velas na tempestade.

Realeza –O teste de segurança dos Volvo Open 70 teve a visita especial da Coroa da Espanha, em Alicante, nesta sexta-feira(9). A Princesa Letizia foi declarada oficialmente madrinha do Team Telefónica, time local, que conta com dois brasileiros: Horácio Carabelli e Joca Signorini.

A Vila da Regata ficou repleta durante a passagem da realeza espanhola, que entregou ao time a bandeira do país que a tripulação vai levar durante toda a Volvo Ocean Race .

“É uma grande honra”, disse Iker Martínez, comandante do Telefónica. “O interesse dos futuros reis é fantástico para a vela, mas o fato de que a princesa se tornou madrinha do barco é um privilégio real.”

A VOR começa no dia 29 de outubro com a in-port race em Alicante e, a partir do dia 5 de novembro, os tripulantes enfrentarão os mares do mundo passando por Cidade do Cabo (África do Sul), Abu Dhabi (Emirados Árabes), Sanya (China), Auckland (Nova Zelândia), ao redor do Cabo Horn até Itajaí, Miami (EUA), Lisboa (Portugal), Lorient (França) e Galway (Irlanda). A parada brasileira, em Itajaí, no litoral de Santa Catarina, está prevista para abril de 2012.

Game para os fãs-  Os velejadores de plantão poderão ‘simular’ a Volvo Ocean Race 2011/2012 por meio de jogo nas redes sociais e pelo site da VOR. Os internautas terão a chance, mais uma vez, de ‘navegar’ pelos mares do mundo, como Torben Grael e Paul Cayard, com os mesmos trechos da Volta ao Mundo. A disputa terá um prêmio especial para o velejador virtual, um carro Volvo XC60 de R$ 200 mil.

A organização do evento resolveu se adaptar e nesta edição criou um aplicativo para que os internautas velejadores possam jogar através do Facebook. Com mais de 220 mil jogadores na edição passada, são esperados 500 mil usuários nesta temporada.

O jogo será lançado no dia 29 de outubro, data da In-Port Race em Alicante (Espanha), e ficará disponível também no website oficial criado para o game e em algumas páginas especializadas. Com a plataforma no Facebook, a expectativa é ultrapassar os 500 mil usuários, já que a rede social permite maior navegabilidade e interatividade com o fã, além da facilidade de acessar o aplicativo pelo celular.

Regata começa no dia 29 na Espanha – A 11ª edição da Volvo Ocean Race começa no porto espanhol de Alicante, em 29 de outubro, e termina na cidade irlandesa de Galway, em 7 de julho de 2012. As equipes velejarão mais de 39 mil milhas náuticas (72 mil quilômetros) pelos mares de Alicante (Espanha), Cidade do Cabo (África do Sul), Abu Dhabi (Emirados Árabes), Sanya (China), Auckland (Nova Zelândia), ao redor do Cabo Horn até Itajaí, Miami (EUA), Lisboa (Portugal), Lorient (França) e Galway (Irlanda).

A parada brasileira, em Itajaí, no litoral de Santa Catarina, está prevista para abril de 2012. A vila da regata deverá ser aberta no dia 5 daquele mês, quando devem chegar os primeiros barcos. Depois de duas semanas de manutenção, as equipes disputam a Regata Pro-Am, no dia 20, a Regata In-Port, no dia seguinte, e largam para os Estados Unidos no dia 22.

Gold Coast Australia lidera a terceira perna da Clipper Race

Depois de quatro dias de regata entre a Cidade do Cabo, na África do Sul e a costa oeste australiana, a equipe Gold Coast Australia segue na liderança na da terceira perna da Clipper Race. O barco venceu todas as etapas disputadas até agora.

Velejando na área dos Roaring Forties, entre os paralelos 40° e 49° sul, era esperado que as equipes enfrentassem ventos bastante fortes, porém não foi isso o que aconteceu. “Nas últimas horas nós passamos o paralelo 40° sul e entramos no Mar do Sul e quase na mesma hora o vento baixou 10 nós”, disse o skipper Richard Hewson.

Nesta perna as 10 equipes velejarão cerca de 4600 milhas, em aproximadamente 23 dias.

 

Vídeo: Telefónica vence a primeira regata da Volvo Ocean Race 2011-12

Quantum Racing é bicampeão mundial de TP52

Os americnaos do Quantum Rancing foram os melhores da classe TP52 em 2011 ao vencerem a Med Cup e o Mundial

Terminou neste sábado na Itália o Mundial de TP52. E o título da competição ficou com a equipe Quantum Racing, que já havia vencido  em 2008 e 2010 e este ano venceu também a Audi Med Cup. O segundo lugar ficou com o Container, seguido por Gladiator, que terminou empatado com o Paramount Park Murcia, 4º colocado. .

Durante o campeonato as equipes enfrentaram ventos fracos, no primeiro dia de regatas, até ventos muito fortes, no meio da competição. E os americanos se mostraram consistentes em todas as condições, vencendo três das sete regatas disputadas.

Resultado final:
1. Quantum Racing (USA) 1+3+5+1+4+2+1= 17 pontos
2. Container (GER) 2+7+3+4+2+1+2= 21 pontos
3. Gladiator (GBR) 3+1+4+2+6+5+3= 24 pontos
4. Paramount Park Murcia (ESP) 4+2+1+3+5+4+5= 24 pontos
5. Audi Azzurra Sailing Team (IT) 5+4+7+6+1+3+7= 33 pontos
6. RÁN (SWE) 6+5+2+5+ 8 (DNF)+6+6= 38 pontos
7. Audi ALL4ONE (GER/FR) 7+6+6+7+3+7+4= 40 pontos

Vídeo: Francesco Bruni toma uma retrancada na cabeça

Trinta barcos já confirmaram a inscrição no Circuito Rio

dia 21 de outubro começa o Circuito Rio, uma das mais tradicionais competições de vela oceânica do Brasil. E até o momento cerca de 30 barcos já confirmaram a participação na competição. A regata de abertura do campeonato será a Santos-Rio para os barcos maiores de 32 pés e a Angra-Rio para os barcos menores. As regatas barla-sota acontecem a partir do dia 29 de outubro. Estão programadas oito regatas para as classes S40, ORC (500, 600 e 650) e BRA RGS A e seis regatas para as classes ORC 700, BRA RGS B, Clássicos e Cruzeirão e IRC.

 

%d blogueiros gostam disto: