Pular para o conteúdo

Arquivo de

Meninos do projeto Velejar é Possível, de Foz do Iguaçú, participam de palestra de Lars Grael

O coordenador do Projeto Velejar é Preciso, Allan Godoy, atual bi-campeão sul-americano de vela na classe 4.7, levou quatro alunos do projeto do ICLI para um encontro com o campeão olímpico Lars Grael, no último sábado, em Fos do Iguaçú. Lars estava na região para dar a palestra “Saga de um campeão e antes do trabalho recebeu Allan, Andrey, Marcos, Luis e André e parabenizou Allan pela recente conquista no sul-americano, além de desejar bons ventos para os meninos do projeto.

O projeto foi fundado oficialmente em Janeiro de 2001, sendo apoiado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Foz do Iguaçu e visa o aprendizado e a prática do esporte à vela para crianças através da formação de equipes competitivas que são motivadas pela representação da entidade (ICLI) em campeonatos regionais, estaduais, nacionais e internacionais.

Andrey, Marcos, Luis e André ouviram com atenção as palavras de Lars sobre vida, valores, superação, garra, preparação, espírito de equipe, coragem e muitos mais. Ao final da palestra o velejador mencionou a presença dos meninos do projeto e convidou Allan para ir até o palco e juntos receberam muitos aplausos.

Da assessoria de imprensa

Depois de desistir de regata, Abu Dhabi veleja mais 111 milhas classificatórias para a Volvo

Depois de desistir da primeira regata da Volvo Ocean Race 2011-12, disputada neste fim de semana entre Alicante e Palma de Maiorca, a equipe Abu Dhabi Ocean Racing concordou em fazer mais 111 milhas de teste, obrigatórias segundo o regulamento da competição. A equipe que irá participar da primeira perna da regata deve ser a mesma que irá fazer o percurso.

“Velejar estas milhas extras irá dar à equipe a chance de refinar algumas informações sobre as condições do Mediterrâneo”, disse o skipper Ian Walker.

Regata da Marejada leva velejadores de Florianópolis a Itajaí

Promovida pelo Iate Clube de Santa Catarina em parceria com a Associação Náutica de Itajaí, a Regata Marejada que em 2011 chega a sua 8ª edição, não teve o vento esperado, mas mesmo assim todos os velejadores que participaram ficaram maravilhados com o visual entre Florianópolis e Itajaí. A regata foi válida pela 6ª etapa da Copa Veleiros de Oceano.

Na classe ORC, o Catuana Kim, comandado por Paulo Cocchi, venceu com tranquilidade, optando por escapar das correntes mais fortes mesmo quando o vento soprava com menos intensidade. O 2º lugar ficou com o Absoluto, de Pedro Prosdócimo, e o 3º com o Katana Energia, de Fábio Filippon.

“Fizemos a opção mais segura para nós, não estávamos com a tripulação completa e escolhemos a tática do feijão com arroz. Mas todos se dedicaram muito e foi uma regata muito boa de correr”, diz Leonardo Back, timoneiro da equipe que também assumiu a função de proeiro.

Na RGS A, o Revanche, de Celso Faria, foi o primeiro colocado com ampla vantagem sobre o Missionário, de Antonio Weinfurter. Enquanto na RGS B, o duelo entre os veleiros Nemo, de Mauro Ribeiro, e Bom Abrigo, de Jeroen Servaes, terminou com vantagem para o primeiro.

Entre os barcos de Cruzeiro, o Longitude, de Edio Luz, foi o que abriu a maior vantagem de tempo, mais de uma hora, à frente do Klimmp de Kliver, Pereira Duarte.

Com todos os barcos ancorados no pátio da Delegacia da Capitania dos Portos, a confraternização e premiação aconteceram durante a Marejada, a festa do pescado que agita a cidade em outubro.

“Essa é uma parceria de muito orgulho para o Iate Clube, a Associação Náutica de Itajaí faz um trabalho excelente e o apoio que recebemos aqui da Fundação Municipal de Esporte e Lazer e da Delegacia da Capitania dos Portos, na pessoa do Capitão–de-Fragata Anselmo Mattos, é essencial para a realização dessa regata”, elogia Celso Faria, vice comodoro de Patrimônio e Obras do ICSC e comandante do veleiro Revanche.

Da assessoria do ICSC

Equipe brasileira de vela embarca para o Pan com esperança de medalha em todas as classes

Representantes do País chegam a Puerto Vallarta para período de aclimatação antes das regatas

Os velejadores brasileiros embarcam nesta segunda-feira (10) para a disputa dos Jogos Pan-Americanos com o objetivo de subir ao pódio em todas as classes. A vela nacional terá a chance de contribuir com nove medalhas no quadro geral da competição continental (Hobie Cat 16, J24, Laser, Laser Radial, Lightning, Snipe, Sunfish, RS:X masculino e feminino).

Para se adaptar à raia com ventos fracos e calor intenso em Puerto Vallarta (300 quilômetros de Guadalajara), a equipe brasileira de vela fará cinco dias de aclimatação. As regatas começam na próxima segunda-feira(17) e vão até o dia 24.

“O objetivo é sempre a medalha, não importando a cor, pois isso já é difícil o suficiente. Sendo assim, da equipe que está indo ao Pan, nossa expectativa é melhor possível. Apostamos em oito medalhas. As mais esperadas, pois nada é garantido no esporte, são do Snipe e J/24”, revelou a chefe da equipe Martha Rocha.

Em 2007, no Rio de Janeiro, o Brasil conquistou medalhas em todas as classes, exceto na Hobie Cat 16 por desclassificação. Foram três de ouro, duas de prata e duas de bronze.

Os velejadores brasileiros contarão com uma equipe multidisciplinar em Puerto Vallarta. O argentino Flávio Naveira será consultor de regras. Paulo Lemos ficará responsável pelo suporte de equipamentos e a meteorologista será Silvia Santos da Marinha do Brasil. O Brasil conta com três técnicos: Bruno Di Bernardi (Laser, Laser Radial e Sunfish) Eduardo Melchert (Snipe, J24 e Lightining) e Fernando Pasqualin (RS:X masculino e feminino e HC16).

“Nosso trabalho é garantir o melhor atendimento e apoio aos atletas brasileiros, para que todos se concentrem em um bom desempenho. O corpo técnico é bem experiente e todos são muito profissionais, o que agrega muito ao time. Tenho certeza que faremos nosso melhor no Pan”, disse Martha Rocha.

Velejadores brasileiros no Pan
Hobie Cat 16:
Bernardo Arndt e Bruno Oliveira

J/24:
Maurício Santa Cruz, Alexandre Saldanha, Daniel Santiago e Guilherme Hamelmann

Laser:
Bruno Fontes

Laser Radial:
Adriana Kostiw

Lightning:
Cláudio Biekarck, Gunnar Ficker e Marcelo Batista

Snipe:
Alexandre Tinoco e Gabriel Borges

Sunfish:
Matheus Dellagnelo

RS:X masculino:
Ricardo Winicki

RS:X feminina:
Patrícia Freitas

Os velejadores confirmaram a classificação para os Jogos Pan-Americanos em fevereiro, na seletiva disputada na praia de Jurerê, em Florianópolis (SC), durante a Semana Brasileira de Vela.

A Confederação Brasileira de Vela e Motor tem o patrocínio do Bradesco e da CPFL Energia.

Da ZDL de Comunicação

Veleiros do Sul conquista quatro dos sete títulos do Gaúcho de Vela

Ricardo Pedebos registrou a comemoração de Lucas, Adrion e Roberto

O Veleiros do Sul conquistou quatro dos setes títulos em disputa no Estadual de Monotipos que terminou neste fim de semana em Porto Alegre. Na Laser standard, além do campeão Adrion Santos, o clube ficou ainda na vice-colocação com Lucas Ostergren e em terceiro com Roberto Bortolaso. Na Laser Radial André Passow foi o vencedor e na Dingue deu Rubens Ribeiro e Miriana Gomes. Na classe Soling, que já havia definido o campeão no dia 25 de setembro, a tripulação com George Nehm, Marcos Pinto Ribeiro e Fabio Santarosa ficou em primeiro lugar.  

O Estadual encerrou neste domingo (9) sem regatas por causa da falta de vento. Os resultados computados foram de seis regatas disputadas em dois turnos. A Federação de Vela do RS fez a premiação do Estadual no Veleiros do Sul neste domingo. Participaram velejadores dos clubes Veleiros do Sul, Jangadeiros, SAVA, Yacht Club de Santo Amaro (SP) e Rio Grande Yacht Club. Os Estaduais das classes Optimist e Snipe serão realizados em turnos únicos em novembro.

Confira os campeões gaúchos:
Laser standard: Adrion Santos (VDS)
Laser radial: André Passow (VDS)
Laser 4.7: Andrei Kneipp (CDJ)
Hobie Cat 16: Mário Dubeaux/Karoline Bauermann (CDJ) 
Hobie Cat 14: João Felipe Kraemer (CDJ)
Dingue: Rubens Ribeiro / Miriana Gomes(VDS)
Soling: George Nehm, Marcos Pinto Ribeiro e Fabio Santarosa (VDS)

Da assessoria do VDS

%d blogueiros gostam disto: