Pular para o conteúdo

Arquivo de

Semana Náutica Salvador realiza I Semana Náutica Baía de Todos os Santos

A série de eventos marca os 510 anos da Baía de Todos os Santos e tem o objetivo de criar convergências entre as iniciativas pública e privada no setor da náutica

Entre os dias 28 de outubro e 6 de novembro, Salvador será a capital da navegação brasileira. A cidade vai sediar a I Semana Náutica Baía de Todos os Santos, com uma ampla programação que acontecerá de forma simultânea, em diversos locais. Seminários, palestras, exposições, regatas, e outros eventos esportivos acontecerão durante o período.

Organizada pela Assessoria Especial de Relações Internacionais da Prefeitura Municipal de Salvador, em parceria com a Secretaria de Turismo do Governo da Bahia, a I Semana Náutica Baía de Todos os Santos tem o objetivo de fortalecer a percepção da atividade náutica como vetor de crescimento socioeconômico e gerador de emprego e renda, além de incentivar e promover o turismo náutico na região.

Segundo o secretário Leonel Leal, da Assessoria Especial de Relações Internacionais, a atividade náutica na Bahia tem atraído cada vez mais os olhares nacionais e estrangeiros, seja em razão da grande extensão litorânea, da crescente atividade econômica ou mesmo das grandes regatas nacionais e internacionais que para aqui se destinam.

É perceptível o crescimento da indústria da pesca e naval, da infraestrutura e do aporte à atividade turística náutica, que será ainda mais reforçada a partir do investimento de US$ 80 milhões, recursos do Programa de Desenvolvimento do Turismo (PRODETUR), que serão aplicados pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Turismo (Setur), na implantação de infraestrutura náutica para a Baía de Todos os Santos, explica Leonel Leal.

“Existe um déficit, no entanto, na academia. Faltam cursos universitários que contemplem os conteúdos da náutica. Ainda são poucos os estudos da economia, da engenharia, e do turismo náutico. Faltam profissionais especializados”, aponta. “Queremos, com esta semana, criar um ambiente propício para o desenvolvimento e a ampliação do setor, em todos os segmentos”, afirma Leonel.

Por possuir bons ventos e correntes marítimas favoráveis, a Baía de Todos os Santos, segunda maior baía do mundo e a maior do Brasil, caracteriza-se como local propício ao desenvolvimento do setor náutico, capaz de gerar emprego e renda, promovendo assim uma repercussão socioeconômica extremamente positiva na região.

Regata Charente-Maritme O ponto alto da I Semana Náutica Baía de Todos os Santos será a chegada da regata transatlântica, Charente-Maritme, que saiu de La Rochelle na França em 25 de setembro, passado, rumo a Salvador.

Este ano, 77 barcos de diversas nacionalidades participam da Regata Charente-Maritme, entre eles, do navegador baiano Kan Chuh, velejador já experiente em outros percursos de longa duração, mas que realiza um sonho antigo de fazer a travessia do Atlântico a solo, num mini Transat 6.5. A previsão de chegada em Salvador, a depender das condições climáticas, é entre os dias 2 e 3 de novembro.

A programação também inclui atividades para crianças, entre elas estão: visita cultural aos barcos, palestras nas escolas, exposição, cursos gratuitos de diversas modalidades e campeonato de pesca recreativa, entre outros.

Da assessoria de imprensa

Gaúcho intensifica treino para o Mundial de Optimist

O velejador Tiago Brito intensificou de vez a preparação para o Campeonato Mundial da classe Optimist. A jovem promessa da vela do Clube dos Jangadeiros está no Rio de Janeiro junto com os outros quatro integrantes da equipe brasileira que disputará o Mundial em dezembro. O quinteto treina em Niterói, sob orientação de Henrique “Gigante” Haddad, que será o técnico do time brasileiro na Nova Zelândia.

E o atual campeão sul-americano e vice-campeão brasileiro de Optimist segue se destacando. Velejando em águas fluminenses, Tiago mostrou que está afiado e venceu a tradicional Regata Oscar Mattoso Maia, organizada pelo Clube Naval Charitas. A segunda colocação ficou com Gabriel Elstrodt, seguido por Leonardo Lombardi.

Equipe Brasileira de Optimist para o Mundial:
Velejadores:
Tiago Brito
Gabriel Elstrodt
Leonardo Lombardi
Felipe Rondina
Rodrigo Luz

Técnico: Henrique “Gigante” Haddad

Da assessoria do Jangadeiros

%d blogueiros gostam disto: