Pular para o conteúdo

Arquivo de

Equipe brasileira vence 38ª Regata Off Valparaiso, no Chile

Brasileiros desbancaram outros 10 barcos chilenos

Os brasileiros do Mitsubishi Lancer venceram neste final de semana a 38ª edição da Regata Off Valparaiso, que aconteceu no Chile, No total 11 barcos da classe S40 participaram da competição. Os brasileiros precisavam apenas de 3º lugar para vencer a competição, porém na última regata bateram na boia de largada e, depois de pagar a penalidade, acabaram começando a regata em último, um minuto atrás do penúltimo colocado. Pouco a pouco a equipe foi se recuperando, montando a segunda boia em 6º, a terceira em 5º, até passarem o terceiro colocado na linha de chegada e ficarem com o título.

Fizeram parte da equipe Pablo Lynn, Marcelo de Jesus, Jorge “Yiye” Torres, Sergio Rocha, Rafael Harada, Rodrigo “Leiteiro” Duarte, Andre “Bochecha” Fonseca, Henrique “Gigante” Haddad, Vasco Vascotto e Ricardo Costa, e como apoio de terra Cleber Dias de Jesus Magalhães.

 

Esimit Europa 2 lidera a Rolex Middle Sea Race

Esimit Europa 2 é o líder disparado da competição

Depois de dois dias no mar, o Esimit Europa 2 lidera a Rolex Middle Sea Race, que passa por alguns dos mais belos lugares da Itália. O segundo colocado é o Rán, que está cerca de 50 milhas atrás. O resto da flotilha vem bem atrás, ainda na metade do caminho. Para acompanhar a regata, clique aqui.

Oracle Racing anuncia mudança na equipe de Russell Coutts para a etapa de San Francisco da ACWS

Russell Coutts deixa o comando do Oracle Racing em San Francisco

A equipe de Russell Coutts terá mudanças para a próxima etapa da America´s Cup World Series, que acontece em San Francisco entre os dias 12 e 20 de novembro. Coutts, que não velejará nesta etapa, dará o comando do barco para Darren Bundock. Também se junta à equipe Tom Slingsby.

Vento fraco marca disputas do Troféu Cayru em Porto Alegre

Trinta e cinco barcos participaram da competição no Guaíba

O vento fraco não impediu as belas disputas nas regatas do 21º Troféu Cayru de Vela de Oceano. Realizada nos dias 22 e 23 de outubro, a competição contou com a participação de 35 barcos e mais de uma centena de velejadores. No final, a festa foi toda do Clube dos Jangadeiros, o organizador do campeonato, que teve vitórias em todas as classes. Além dos representantes do anfitrião, participaram do evento competidores do Veleiros do Sul, do Sava Clube, do Iate Clube Guaíba e do Rio Grande Yacht Club. 

O grande campeão do fim de semana foi o Magia, de Rodrigo Castro, do Clube dos Jangadeiros. Além de vencer na classe RGS B, o barco ficou com o primeiro lugar geral da competição, com uma vantagem de apenas 23 segundos no tempo corrigido, em relação ao segundo colocado, o Kamikaze XI, de Hilton Piccolo. O terceiro lugar ficou com o Taz, de Airton Schneider, seguidos pelo Virtù, de Nilton Beccon, ambos do Clube dos Jangadeiros.  Na J/24, mais uma vitória dos donos da casa. Comandado pelo vice-comodoro esportivo, Francisco Freitas, o Cosa Nostra contou com a ajuda do experiente Andre Wahrlich e do jovem Luís Augusto Lagemann Mergel para alcançar a vitória na classe. O segundo lugar ficou com Tango, de Alex Luiz, seguido pelo Iucca, de Claudio Ruschel, ambos do Veleiros do Sul.

Na Microtoner 19, a vitória ficou com José Antônio Torelly Campello e o seu Thermopylae. O velejador do Clube dos Jangadeiros venceu com tranquilidade, chegando com uma boa vantagem para o segundo colocado, o Catavento, de Mário Lima, do Sava Clube. A terceira posição ficou com o Gazeio, de Mauro Marcelo Lino, também do Sava.

O Velejaço da Bienal do Mercosul terminou com a vitória do Friday Night, de Frederico Roth, do Veleiros do Sul, na classificação geral. Em segundo lugar, mais um representante do Clube dos Jangadeiros: o Boa Vida IV, de Marcelo Bernd, que ainda saiu vitorioso na Força Livre.

Classificação final:
RGS

1º Magia – Rodrigo Castro (CDJ)
2º Kamikaze XI – Hilton Piccolo (CDJ)

RGS A
1º Kamikaze XI – Hilton Piccolo (CDJ)
2º Virtù – Nilton Beccon (CDJ)
3º Delirium – Darci Norte Rebelo Jr. (CDJ)

RGS B
1º Magia – Rodrigo Castro (CDJ)
2º Taz – Airton Schneider (CDJ)
3º Cib’s – Rodrigo Castro (Sava)

RGS Esteante
1º Hawa – Marcelo Kern (CDJ)

J/24
1º Cosa Nostra – Francisco Freitas (CDJ)
2º Tango – Alex Luiz (VDS)
3º Iucca – Claudio Ruschel (VDS)

MT 19
1º Thermopylae – José Antônio Torelly Campello (CDJ)
2º Catavento – Mário Lima (Sava)
3º Gazeio – Mauro Marcelo Lino (Sava)

Velejaço
1º Friday Night – Frederico Roth (VDS) – Cruzeiro 40
2º Boa Vida IV – Marcelo Bernd (CDJ) – Força livre
3º Aquario II – Henrique Ilha (VDS) – Cruzeiro 30

Da assessoria de imprensa

Iagor Franco e Felipe Petersen lideram o Carioca de Optmist

Depois de duas regatas, realizadas neste final de semana, Iagor Franco, do ICRJ lidera o Estadual de Optmist, que acontece no Rio Yacht Club, em Niterói. Erika Abreu, do Clube Naval Charitas, é a primeira menina da súmula. Entre os estreantes, Felipe Petersen, também do ICRJ, é o líder. Entre as meninas a primeira colocada é Sabrina Magalhães, do mesmo clube.

Mathieu Claveau é obrigado a abandonar o barco na Mini Transat

O francês Mathieu Claveau foi obrigado a abandonar seu barco 405 – Okoume Les chevaux du Beal nesta segunda-feira após colidir com um objeto flutuante não identificado no domingo. Com a batida o barco começou a encher de água rapidamente e ele pediu por socorro. Um navio cargueiro que estava a 45 milhas de distância se encarregou do resgate.

Leia abaixo o relato de Claveau:
“Havia 10 nós de vento quando tudo aconteceu. Eu estava dormindo e fui acordado por um grande barulho. Velejei por mais um tempinho e enquanto olhava dentro do barco vi a água subindo até a mesa da cozinha. Desci e com a mão senti que a madeira do casco havia explodido. Acredito que me choquei com um objeto de metal que destruiu o casco. O barco estava cheio de água em uma hora.Tentei esvaziá-lo, mas percebi rapidamente que não seria possível e que ele estava completamente inutilizado. Tive bateria até meia hora antes do navio chegar. Fiquei surpreso com a rapidez com que as pessoas chegaram a mim. Estava preparado para ficar um ou dois dias sem ajuda. Agora tudo está bem”.

 

%d blogueiros gostam disto: