Pular para o conteúdo

Arquivo de

Adriana Kostiw embarca para Hyères

Velejadora será representante brasileira da classe Laser Radial nos Jogos Olímpicos de Londres

São Paulo – Adriana Kostiw embarcou nesta terça-feira para Hyères, na França, para disputar a Semana Olímpica Francesa, de 20 a 27 deste mês. Esta será mais uma etapa da Copa do Mundo de Vela que Adriana participa, em sua preparação para a Olimpíada de Londres.

“O campeonato servirá como adaptação para os Jogos e estou aproveitando para testar equipamentos e novas formas de largada”, disse ela, que é a única velejadora com o apoio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte que participará da Olimpíada.

Quando voltar de Hyères, Adriana seguirá para Porto Alegre, onde treinará intensamente durante um mês, até embarcar para a Inglaterra, para a disputa da Skandia Sail for Gold Regatta. A competição será realizada na raia olímpica de Weymouth e terá o mesmo formato dos Jogos Olímpicos, com 11 regatas e a medal race, na qual participam apenas os 10 primeiros colocados e vale o dobro de pontos.

A velejadora, patrocinada por AON, Lorenzetti e Veet e apoiada por Alatur Turismo, optou por não participar do Mundial da Classe Laser Radial, em Boltenhagen, na Alemanha, em maio, para intensificar seu treinamento físico.

Adriana Kostiw está na Equipe Brasileira de Vela, patrocinada pelo Bradesco e com apoio do COB – Comitê Olímpico Brasileiro.

Veleiros do Sul realiza Regata Porto Alegre – Pelotas 2012

No dia 27/04, sexta-feira, o Veleiros do Sul, em parceria com o Veleiros Saldanha da Gama de Pelotas e apoio da Marinha do Brasil realiza mais uma edição da Regata Porto Alegre – Pelotas 2012. A regata de longo percurso — são 120 milhas náuticas percorridas pelo Guaíba e Lagoa dos Patos — é umas das mais tradicionais do sul do país e foi retomada no ano passado após uma pausa de dez anos.A largada será dada em frente ao Clube, na Capital, às 20h. A regata é aberta para barcos das Classes Cruzeiro (bico de proa) e RGS. A inscrição custa R$ 25 por tripulante e ocorre até duas horas antes da largada.Os barcos participantes serão vistoriados pela Marinha do Brasil entre os dias 24 e 26 de abril das 9h às 18h no Clube e o agendamento deve ser feito no VDS. Mais informações na Secretaria Esportiva do Veleiros do Sul pelo e-mail esportiva@vds.com.br e pelo telefone51 3265 1733 ramal 3. Show de bola!!

Red Bull lidera a segunda etapa do Extreme Sailing Series

Começou nesta terça-feira em Qingdao, na China, a segunda etapa do Extreme Sailing Series. Depois de dois dias de regatas os australianos do Red Bull Sailing Team lideram a competição com sete pontos de vantagem sobre o The Wave – Muscat, segundo colocado. Destaque para os franceses do ZouLou, comandados por Locik Peyron,que tiveram seu melhor dia desde que estrearam na competição. Eles terminaram o dia na 6ª colocação geral, mas com um primeiro lugar e dois terceiros. As regatas perto da costa atraíram uma multidão ao porto onde foram disputadas as Olimpíadas e quem esteve presente não se decepcionou. O vento, que variou entre 12 e 17 nós, proporcionou grandes disputas.

Puma troca de proeiro para a próxima perna da VOR

A equipe do Puma irá trocar de proeiro para a próxima etapa da Volvo Ocean Race, que larga neste final de semana de Itajaí rumo a Miami. No lugar de Casey Smith,que fraturou a coluna enquanto velejava de Auckland para a cidade catarinense, entre Shannon Falcone.

“Perder o Casey é uma situação muito difícil para o nosso time, aliviada apenas pelo fato de que Shannon tem uma grande experiência conosco, tanto pela última VOR quanto pelo treino no último verão”, disse o skipper Ken Read.

Scheidt e Prada embarcam para a Semana Olímpica Francesa

A 100 dias dos Jogos de Londres, dupla favorita ao ouro na Star se concentra na disputa da terceira etapa da Copa do Mundo

São Paulo – A contagem regressiva rumo aos Jogos Olímpicos de Londres marca 100 dias nesta quarta-feira (18/4). E os líderes do ranking mundial da Star, Robert Scheidt e Bruno Prada, nem pensam em descansar. Os dois desembarcam em Hyères na sexta-feira junto com a Equipe Brasileira de Vela, para a disputa da Semana Olímpica Francesa.

“Apesar de faltar pouco tempo para os Jogos, nós não ficamos ansiosos, mas animados. No nível em que estamos, temos que saber administrar a ansiedade. A raia olímpica de Weymouth é um lugar onde gostamos de competir, apesar de fazer muito frio por lá”, disse Bruno Prada.

Terceira etapa da Copa do Mundo de Vela em 2012, a Semana Olímpica Francesa faz parte da preparação da dupla para os Jogos. O formato, inclusive, será o mesmo, com dez regatas e a medal race, na qual só participam os 10 primeiros colocados e a pontuação é dobrada.

Parceria vitoriosa

Competindo juntos desde 2001, Robert Scheidt e Bruno Prada comemoraram no mês passado o 51º título, com a vitória no Troféu Princesa Sofia. A parceria já rendeu aos dois o bicampeonato mundial da Star, em Cascais/2007 e Perth/2011, e a vitória da Copa do Mundo de Vela de 2011, feito inédito para a vela brasileira.

Os dois somam cinco medalhas olímpicas – quatro de Scheidt, com dois ouros e uma prata na Laser e uma prata na Star, que conquistou ao lado de Bruno, nos Jogos Olímpicos de Pequim.

“Se eu pudesse definir o atual ciclo olímpico em duas palavras, seriam superação e maturidade. É como num casamento, estamos juntos há onze anos. Brigas existem, mas é sempre para melhorar, sempre tendo um objetivo muito claro em mente, e nada pode brecar isso. Além disso, estamos numa fase sensacional, nem temos assunto para brigar”, aponta Bruno Prada.

Scheidt também ressaltou a afinidade de objetivos com Bruno como fator de sucesso da dupla. “Nós convivemos em condições extremas, nas competições, e não é fácil. Mas temos um objetivo em comum, que é fazer o melhor que pudermos. Temos hoje um entrosamento muito maior, entendemos mais a rotina das manobras”, diz o velejador.

Líderes do ranking mundial da Star há 21 meses (a partir de junho de 2010, só perdendo o primeiro lugar em dezembro do ano passado, quando não disputaram nenhuma competição), Scheidt e Prada conquistaram um feito inédito na semana passada: são os únicos velejadores do mundo na história do ranking a somar apenas os sete primeiros lugares como os melhores resultados para a pontuação.

Invicta desde maio de 2011, a dupla brasileira ainda tem pela frente o Mundial de Star, também em Hyères, entre os dias 2 e 12 de maio. Em junho, Scheidt e Prada seguem para a raia olímpica em Weymouth, onde terão dois períodos de treino e a disputa da Skandia Sail for Gold Regatta, sempre usando o barco americano PStar, o mesmo que será usado nos Jogos.

Com a vaga olímpica garantida, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan embarcam para Hyères

Após quatro anos de muita dedicação, trabalho duro e esforço, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan não escondem a animação com a conquista da vaga para os próximos Jogos Olímpicos. As atletas, que garantiram a classificação na última semana, representarão o país em Londres na classe 470 Feminina. Responsável pela conquista da primeira medalha olímpica da vela feminina brasileira, Fernanda garante com esta vitória a sua quarta participação em Olimpíadas, enquanto Ana comemora sua estreia nos Jogos.

“A Ana está muito feliz também. Será a primeira Olimpíada dela, mas o que nos ajuda é que estaremos competindo contra as mesmas adversárias que encontramos normalmente. Além disso, as regatas serão em Weymouth, longe da “confusão” dos Jogos em Londres. Já estivemos competindo lá várias vezes e ainda iremos mais duas vezes esse ano antes dos Jogos. Portanto o local e as adversárias serão muito conhecidos”, comentou Fernanda, 15 vezes campeã brasileira.

Pouco mais de uma semana após o importante resultado, Fernandinha e Ana já se preparam para mais um evento internacional. As atletas, que contam com o apoio da Confederação Brasileira de Vela e Motor, disputarão a Semana Olímpica Francesa em Hyères. As meninas embarcam na próxima quarta-feira, dia 18, para a França.

A conquista:

A seletiva nacional começou em dezembro de 2011 no Mundial de Perth na Austrália. Na ocasião, Martine Grael e Isabel Swan conseguiu uma colocação melhor do que a das gaúchas, saindo na frente com um ponto. Fernanda e Ana se igualaram às adversárias ao vencerem a Pré-Olímpica de Vela, realizada em fevereiro deste ano. O desempate aconteceu na última semana em águas espanholas. Em Palma de Maiorca, a melhor dupla brasileira colocada no Trofeo Princesa Sofia ganharia o direito de representar o Brasil em Londres. Fernandinha e Ana, que lideraram a disputa desde o primeiro dia, terminaram a competição na 11ª posição, cinco à frente das adversárias cariocas.

Da Final Esportes

 

Ainda em busca da vaga olímpica, Fábio Pillar e Gustavo Thiesen viajaram para Hyères nesta segunda-feira

Os velejadores do Clube dos Jangadeiros Fábio Pillar e Gustavo Thiesen embarcaram nesta segunda-feira (16) para Hyères, na França, onde disputarão a Semana Olímpica Francesa. Válida como quarta etapa da Copa do Mundo de Vela da Isaf, a competição será disputada entre os dias 21 e 27 deste mês e deve reunir cerca de 900 velejadores, de mais de 60 países.

“Este ano, o nosso objetivo em Hyères é treinar para o Mundial de 470 e experimentar as regulagens do barco”, comentou Pillar pouco antes de embarcar para a França.

Integrante da Equipe Brasileira de Vela Olímpica, a dupla gaúcha está em preparação para o Campeonato Mundial de 470, que definirá as últimas sete vagas da classe para os Jogos Olímpicos de Londres (20 países já estão confirmados) e será realizado em Barcelona, na Espanha, de 10 a 19 de maio. Tanto na Semana Olímpica Francesa quanto no Mundial, Pillar e Thiesen terão como técnico o experiente Bernardo Arndt, o Baby, que, ao lado do velejador Alexandre Paradeda, representou o Brasil na classe 470 na Olimpíada de Atenas, em 2004.

Da assessoria do clube

%d blogueiros gostam disto: