Pular para o conteúdo

Resumito-ito: Scheidt e Prada garantem medalha na Star e decidem o ouro no domingo.

E Robertão 100% garantiu mais uma medalha brasileira nesta sexta. No domingo, ele e Bruno vão pra cima dos gringos descobrir a cor do embrulho do presente. Aguardem!

Dupla brasileira já têm, no mínimo, o bronze e Scheidt conquistou quinta medalha olímpica, tornando-se o maior vencedor do Brasil e da vela mundial ao lado de Torben Grael. Fernanda e Ana começam bem na 470

Queridíssimo amigo e mais que querida, linda, simpática, deliciosa amiga, transmitindo aqui do Rio, de janeiro e de todos os meses, direto da campanha para prefeita de minha querida Aspásia, vamos rapidinho informando o que rolou na londrina dois mil e dôzima Weymouth. E hoje foi dia quente no verão frio da terra da rainha. Como base, uso o sempre competente texto dórico da ZDL Assessoria, que o bicho tá pegando forte aqui no 43. Avisa que eu já vooou…. Tô escrevendoo!

Bem, comecemos pelas estrelas. A dupla Robert Scheidt e Bruno Prada garantiu nesta sexta-feira a medalha na classe Star antes mesmo da Medal Race (domingo, 9h da manhã). Os tricampeões mundiais, estão em segundo na classificação geral, com 26 pontos, e não podem mais ser alcançados pelos noruegueses Eivind Melleby e Petter Pedersen, em quarto com 53 pontos. Uhu!!

Iain Percy e Bart Simpson (GBR) com 18 pontos e Fredie Loof e Max Salminen da Suécia, com 30, também estão garantidas no pódio e resta saber qual será a cor da medalha de cada uma das três duplas. Situação, no mínimo, curiosa já que já conhecemos os seis personagens da foto do pódio, só não sabemos quem estará em qual degrau. Maneiro! Brunão Prada, o melhor proeiro de Star da atualidade, já mandou a letra: “Ficamos muito contentes com o resultado, mas não vamos nos acomodar. A raia onde será disputada a Medal Race é bem complicada, com vento bem rondado e tudo pode acontecer. Vamos entrar para ganhar”. Que ganhem!! Força na peruca Bruneca!!

As regatas de hoje mostraram porque as três duplas estão acima das demais. Na primeira prova, os brasileiros praticamente dominaram em todas as boias e cruzaram em primeiro, seguidos pelos suecos Loof e Salminen. Percy e Simpson, os locais, ficaram em quarto. Na última regata, porém, os súditos de Elizabeth recuperaram-se e dominaram completamente a prova, com Robert e Bruno tendo de fazer uma super regata de recuperação em que montaram a primeira boia em sétimo e terminaram em terceiro. Ufa!

A matemática para o ouro está difícil, mas não impossível. Com oito pontos atrás, Robert e Bruno precisam chegar quatro posições à frente dos ingleses na Medal Race, que só tem 10 barcos. “Os ingleses estão velejando bem de popa, por isso conseguem recuperar bem o final de prova. Nós estamos bem também, mas eles estão um pouco mais rápidos em todas as condições, o que, às vezes, fica muito difícil de segurar e acabamos esperando um erro deles, que ainda não aconteceu”, comentou Bruno.

Além de atacar os ingleses, os brasileiros devem se defender dos suecos, que estão quatro pontos atrás, em terceiro lugar. “O campeonato foi bastante equilibrado e o resultado é prova que eles velejaram bem e chegaram à disputa da medalha”, finaliza o proeirão que como timoneiro já faturou medalhinha Pan-Americana de Finn.

Com a bolacha de Londres garantida, Scheidt já se torna o maior medalhista olímpico do Brasil e da vela mundial em número de medalhas, cinco, junto a outros grandes nomes da história da Vela olímpica. Robert já tem quatro medalhas (duas de ouro e duas de prata) e tem garantida sua quinta, resta saber de qual cor. Torben Grael tem cinco medalhas olímpicas, sendo dois ouros, dois bronzes e uma prata. Ê brasilsão!!

Já o inglês Ben Ainslie, que hoje arrebentou no Finn, tem três ouros e uma prata, e já garantiu também sua quinta medalha. Apenas não sabemos a cor ainda. Ele está em segundo lugar, dois pontos atrás do dinamarquês Jonas Høgh-Christensen e se ganhar o ouro será o supremo deus do Olimpo vélico, já que o dinamarquês Paul Elvström, dono de quatro ouros (1948, 1952, 1956 e 1960) é, no ranking olímpico (onde ouro vale mais, depois prata, depois bronze) o maior de todos os tempos. Veremos!!

Nossa gaúcha bronzeada nas praias de Qingdao em 2008, vai tentar repetir o feito na Mancha. Fernandinha e Ana começaram bem hoje em Weymouth. Força e graça nas raias inglesas!

Esta sexta-feira foi dia de estreia da 470 feminina. As brasileiras Fernanda Oliveira e Ana Barbachan começaram bem e estão entre as melhores após duas regatas. Na primeira, as gaúchas chegaram em 11º e depois conseguiram uma boa recuperação na segunda do dia, fechando em quinto. Na súmula, a dupla tem 16 pontos perdidos e está em sexto lugar. As britânicas Hannah Mills e Saskia Clark, favoritas, claro, estão em primeiro com sete pontos perdidos. Esse “tim gi bi” é duca!

“Por terem vencido o campeonato Mundial em maio e por estarem competindo em casa, a dupla britânica deve velejar com bastante pressão, mas tem feito resultados consistentes, conhece muito bem as raias, portanto é forte candidata a uma medalha”, explicou Fernandinha, que tenta seu segundo pódio olímpico, já que levou o bronze de Pequim para Porto Alegre em 2008.

Quem voltou a planar nas ondinhas da Mancha, foram os laseres. O Laser Standard e o Laser Radial tiveram mais duas regatas hoje, a 7ª e a 8ª da série classificatória. No masculino, Bruno Fontes agora tem poucas chances de entrar na Medal Race com apenas duas provas para o final. O catarina de boa cepa está em 14º com 25 pontos atrás do 10º colocado, o argentino Julio Alsogaray. O melhor desempenho até o momento é de Tom Slingsby, da Austrália. Seguido do cipriota Pavlos Kintides e de Tonci Stipanovic, da Croácia.

Já Adriana Kostiw está em 24º na Laser Radial após oito provas e um descarte. Na primeira do dia, a paulista acabou tomando bandeira preta logo na largada e foi desclassificada. Na segunda prova ela terminou em 26º. A brasileira soma 152 pontos perdidos e a liderança da categoria em Weymouth é da belga Evi Van Acker por um pontinho (23 pontos). Ela ultrapassou a sensação do começo dos jogos, Annalise Murphy, da Irlanda, que com um 2º e um 10º hoje, soma 24 pontos. A holandesa Marit Bouwmeester está em terceiro com 26 pontos. A lituana Gintare Scheidt, a patroa do homi, está em 7º geral com 55 pontos.

Para o brasileiro Jorge Zarif a Olimpíada 2012 chegou ao fim (podre essa…) É que nesta sexta-feira, o jovem finnista de 19 anos terminou sua participação weymouthiana em em 20º lugar, com 161 pontos perdidos. Em primeiro ainda está o dinamarquês Jonas Høgh-Christensen, seguido de muito perto pelo inglês Ben Ainslie, que fez manobra ousada hoje, já pensando na medal race de domingo (e não sábado, como escrevi erroneamente ontem).

Na segunda regata de hoje, Ben que vinha escancarado na frente percebeu que se diminuísse o passo poderia embolar com os de trás e atrapalhar o dinamarquês, então em segundo, e tentar colocar o holandês entre eles. Dito e feito. Agora, com apenas dois pontos de diferença entre os dois, para garantir o 4º ouro, basta para Ainslie chegar na frente de Høgh-Christensen (desde que não seja último ou penúltimo na medal race e que Postma, da Holanda não vença). Casca grossa!!

Amanhã, sábado, rolam mais duas regatas para Laser, RS:X e 470, machos e fêmeas. E no domingão duas medals de arrepiar: Star as 9h e Finn as 10h. Quem viver verá!!

Manhêee, acabei!!!!

Fui!!!

Murillo Novaes
3 Comentários Comente
  1. Carlos A. C. Monteiro #

    Olá
    Por favor, gostaria de saber se tem regata Olímpica da Classe Laser 4.7?
    Abr e obrigado
    Beto Monteiro
    betomonteiro2@gmail.com

    06/08/2012
    • murillonovaes #

      Não, Carlos. Só de Laser Standard, masculino e Radial feminino. Abço, Murillo

      06/08/2012
      • Carlos A. C. Monteiro #

        Murillo
        Grato pela atenção
        Suponho que tenha campeonato de Laser 4.7 no catarinense, brasileiro e mundial, estou certo?
        Muito obrigado
        Abr Beto

        08/08/2012

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: