Pular para o conteúdo

Arquivo de

Vídeo: Oracle Racing domina a primeira etapa da ACWS 2012-13

Terminou neste domingo em São Francisco, EUA, a primeira etapa da edição 2012-13 da America´s Cup World Series. Foram sete dias de competições, com 11 barcos na água, disputando regatas de flotilha, match racing e velocidade. No final do evento, vitória dos locais do Oracle Racing, com o time de James Spithill na primeira colocação na disputa do Super Sunday, ou Super Domingo, que vale o título da competição de flotilha, enquanto Russel Coutts ficou com o título do Match Racing. Este primeiro da temporada foi considerado pela organização um sucesso, com mais de 150 mil pessoas assistindo às provas da Vila da Regata, em Marina Green. A próxima edição já está agendada para o mesmo local, entre os dias 2 e 7 de outubro. Para ver o resultado completo da etapa, clique aqui.

Equipe do VDS vence o Sul-americano de Match Race Open

O Veleiros do Sul foi o vencedor do Campeonato Sul-Americano Open de Match Race  realizado neste fim de semana (25 e 26) no Iate Clube Lagoa dos Ingleses, em Belo Horizonte (MG). A equipe gaúcha comandada por Geison Mendes conquistou o título da competição de barco contra barco ao vencer na final a tripulação de Renata Decnop (Marinha do Brasil/RJ) por 2 a 0 na série de melhor de três regatas.

Nos dois confrontos da fase final disputados neste domingo, o barco gaúcho largou em vantagem enquanto Renata Decnop velejou atrás e ainda sofreu dois pênaltis, um em cada regata. “Fizemos um bom campeonato desde o começo, de todos os matches que corremos perdemos apenas um para a Juliana Motta (RJ), e foi por bico de proa na chegada. A experiência dos velejadores Ana Barbachan e Gustavo Thiessen, que velejaram comigo, foi fundamental para vencermos”, comentou o comandante, que é supervisor técnico do Projeto Match Race do Veleiros do Sul.

Na classificação geral do Open Juliana Senfft (RJ) ficou em 3º lugar, Martine Grael (RJ) em 4º e Juliana Motta (RJ) em 5º. A vice-campeã Renata Decnop ficou com o título Sul-Americano Feminino, também realizado neste fim de semana.

O Veleiros do Sul participou ainda com mais duas tripulações: Philipp Grochtmann, Vilnei Goldmeier e Rodolfo Streibel, 8º lugar, e Alan Willy, Lorenzo Medeiros e Martin Rump, 12º. Todos eles pertencem ao Projeto Match Race do Veleiros do Sul que conta com apoio da Lei de Incentivo do Ministério do Esporte e patrocínio das empresas Marcopolo, Randon, Banrisul, Vipal e Ritter. Atualmente participam 15 atletas nos grupos de iniciantes e avançados.

Da assessoria de imprensa

André “Bochecha” Fonseca procura parceiro para novo ciclo olímpico

Atleta do Clube dos Jangadeiros está focado nos Jogos do Rio/2016

Dono de um dos currículos mais impressionantes da vela brasileira, André Fonseca, o Bochecha, está à procura de um novo parceiro. Depois de duas regatas Volta ao Mundo, três Olimpíadas e uma pilha de títulos nas mais variadas classes, o velejador catarinense, radicado em Porto Alegre há 14 anos, está focado para os Jogos Olímpicos de 2016. Atleta do Clube dos Jangadeiros, Bochecha esteve em Sidney/2000, ao lado de Alexandre Paradeda; e em Atenas/2004 e Pequim/2008, em parceria com o amigo Rodrigo Duarte, o Leiteiro.

Nos últimos três anos, velejou ao lado de Marco Grael, filho do maior medalhista olímpico brasileiro, Torben Grael. A dupla conquistou títulos importantes, como dois Sul-Americanos da classe 49er, mas não obteve a classificação para os Jogos de 2012. Terminada a Olimpíada, a parceria foi desfeita. Marco voltou para Niterói, sua cidade natal, e Bochecha seguiu em Porto Alegre, onde mora com a esposa Caroline.

Pioneiro na classe 49er no Brasil, o catarinense mira os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Metódico e muito determinado, ele sabe que tem boas chances dessa vez e quer ser cuidadoso nas estratégias para o próximo ciclo olímpico. E o primeiro passo será encontrar um novo parceiro. “O proeiro é responsável por 50% do desempenho do barco, então é uma escolha bem difícil. É necessário levar em consideração fatores como peso, altura, disponibilidade para morar fora de sua cidade natal, entre outras coisas”, explica o timoneiro Bochecha, que vem conversando com alguns velejadores, mas ainda não tem um nome definido. “Quero começar 2013 com a nova parceria definida”, destaca.

Fit to Fly vence o Estadual de HPE (com slide show de Fred Hoffman)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Neste final de semana, 18 barcos estiveram nas águas da Baía de Guanabara para a disputa do Campeonato Estadual de HPE. Foram disputadas seis regatas e o vencedor foi o Fit to Fly, time de Beto de Jesus, de Ilhabela, seguido por Ginga, de Breno Chvaicer, e Relaxa Next, de Maurício Santa Cruz. O evento serviu como preparação para o Brasileiro da classe, que será disputado entre os dias 7 e 9 de setembro. Para ver o resultado completo, clique aqui.

CBVM promove clínica para Gerente de Regata Internacional

Entre os dias 21 e 23 de setembro a CBVM irá promover no Clube Naval Charitas, de Niterói, a Clínica para Gerente de Regata Internacional. O objetivo do evento é aumentar o número de profissionais da área já visando os Jogos Olímpicos do Rio 2016. Serão instrutores do cusro John Parrish (NZL), Nino Shmueli (ISR) e Ricardo Navarro (BRA). Para mais informações, entre em contato com a CBVM através do telefone (21) 3139-9200.

%d blogueiros gostam disto: