Pular para o conteúdo

Lisboa é confirmada como parada nas próximas duas edições da Volvo Ocean Race

No seguimento do sucesso alcançado com a estreia na última Volvo Ocean Race em 2012, Lisboa vai ser uma das cidades anfitriãs para as próximas duas edições da regata.

Barcos da Volvo disputam regata in port às margens do Tejo

Barcos da Volvo disputam regata in port às margens do Tejo

A capital portuguesa foi palco de um inovador stopover em 2011-2012 e vai assim manter-se na rota da 12ª edição em 2014-2015 e também na 13ª em 2017-2018, como anunciou esta sexta-feira Tom Touber, COO da Volvo Ocean Race.

A frota regressará a Lisboa em 2015, depois da largada dada em Newport, Rhode Island, cruzando uma vez mais todo o oceano Atlântico rumo ao continente europeu. O cenário da mítica Ponte 25 de Abril em Lisboa será por isso familiar, mas acima de tudo acolhedor, uma vez que a cidade repetirá o seu papel de destaque enquanto destino transatlântico vivido em 2011-2012 quando as embarcações chegaram à cidade oriundas de Miami.

“O que Lisboa ofereceu na última regata foi simplesmente notável, ainda para mais quando pensamos que se tratava de uma estreia em absoluto no itinerário da prova”, lembrou Tom Touber na cerimónia oficial do anúncio do regresso, realizada no Torreão Nascente do Terreiro do Paço na histórica capital.

“Lisboa é uma cidade-porto fantástica, na qual milhares de pessoas saem à rua para receber os velejadores como se fossem parte da sua família. O Race Village em 2012 fervilhou de actividades constantes, com toda a gente envolvida e a dar o seu melhor para tudo tivesse um toque bem Português na organização. Foi sem dúvida um sucesso e estamos ansiosos por podermos voltar a Lisboa”.

Lisboa é o oitavo porto de escala anunciado para a edição de 2014-2015, tendo sido confirmadas até ao momento e publicamente anunciadas três equipas participantes, quando ainda estamos a mais de 18 meses da largada da regata.

O arranque da competição terá lugar na cidade quartel-general da Volvo Ocean Race em Alicante, Espanha, antes das visitas ao Recife (Brasil) e Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos. Com o desenrolar da prova, as equipas irão parar também emAuckland (Nova Zelândia), antes de passarem o Cabo Horn para chegar a Itajaí, a segunda de duas escalas em terras de Vera Cruz. Daí, a rota da regata leva a frota para norte rumo a Newport (EUA), atravessando depois o oceano Atlântico para a chegada a Lisboa. A regata terminará em Gotemburgo, na Suécia, sendo que as últimas escalas a serem conhecidas, bem como as datas e distâncias a percorrer, serão anunciadas nas próximas semanas.

As três equipas para já confirmadas são o Team SCA, composto só por velejadoras, o Abu Dhabi Ocean Racing, que novamente terá como skipper o britânico duplo medalha de prata olímpica, Ian Walker – e ainda uma tripulação em representação do estado brasileiro de Pernambuco.

Da assessoria

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: