Pular para o conteúdo

Scheidt passa para a medal race em Hyères na primeira colocação; Fontes é quarto

São Paulo – Robert Scheidt vai para a decisão da etapa francesa da Copa do Mundo, em Hyères, como líder da competição. O 9º e o 5º lugares nas regatas desta sexta-feira, encerramento da fase final, foram suficientes para o brasileiro, dono de três medalhas olímpicas na Laser, assegurar o primeiro lugar, com 30 pontos perdidos. O croata Tonci Stipanovic vem logo atrás, com 32, seguido pelo australiano Tom Burton, com 35. O também brasileiro Bruno Fontes é o quarto colocado e também brigará por um lugar no pódio.

Muito próximos de Scheidt na classificação geral, os quatro prometem disputas acirradas nas duas medal races deste sábado (27), que serão realizadas a poucos metros do cais e poderão ser acompanhadas pelo público.

Os ventos fracos, entre 7 e 8 nós pela manhã, chegando a 12 nós à tarde, surpreenderam os velejadores nesta sexta-feira, ajudando a provocar reviravoltas na etapa de Hyères da Copa do Mundo. O croata Tonci Stipanovic, que vinha liderando de ponta a ponta, venceu a primeira regata, mas foi apenas o 25º na segunda, que teve o australiano Tom Burton em primeiro. Já o brasileiro Bruno Fontes, entre os três primeiros desde o ínicio do evento, foi 22º e 28º, caindo para a quarta posição, o que dificulta sua missão nas provas decisivas de sábado. Com o 9º e o 5º lugar nas disputas de encerramento da fase final da competição, Robert Scheidt fez um balanço positivo de seu desempenho.

“Estou muito feliz, porque vim crescendo ao longo da disputa. Ainda preciso corrigir pequenos detalhes, o que só vai acontecer conforme eu for pegando ritmo de competição. Mas a regularidade nas regatas é algo que me deixa satisfeito”, ressaltou Scheidt. “Se eu sair daqui com uma medalha, será um grande resultado.

O velejador destacou ainda o equilíbrio entre os primeiros colocados da Laser, todos muito próximos entre si na classificação. “Quero velejar bem na primeira regata, amanhã (sábado), e chegar entre os primeiros. Dependendo da posição dos outros velejadores, nessa prova, vou definir se tentarei chegar na frente, na segunda regata, ou se vou partir para uma estratégia mais agressiva e marcar os adversários”, explicou Scheidt.

De acordo com o novo modelo adotado para a etapa de Hyères da Copa do Mundo, os dez primeiros colocados vão brigar pelo título da competição em duas medal races, ambas com valor dobrado, neste sábado (27), a partir das 11 horas (6 horas no horário brasileiro).

Da Local

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: