Pular para o conteúdo

Louis Vuitton Cup poderá ser disputada com apenas dois barcos

O Team New Zealand reclama que deverá correr a LV Cup só contra o Prada. Mal...

O Team New Zealand reclama que deverá correr a LV Cup só contra o Prada. Mal…

Com o acidente que matou o velejador Andrew Simpson no início do mês, o Artemis teve o seu AC72 número 1 todo destruído, assim como a vela em formato de asa. O maior problema agora é que faltam apenas seis semanas para o início da disputa da Louis Vuitton Cup e será um pouco difícil para a equipe conseguir construir uma vela nova. Além disso, o barco número 1, com o qual eles estavam acostumados a velejar, não possuía fólios, o que exigirá mais da equipe quando o barco 2 ficar pronto – se isto acontecer. A direção do time até está afim de competir, mas os velejadores não estão com o mesmo pensamento.

O fato é que Grant Dalton, gerente do Emirates Team New Zealand, que já não andava muito contente com a Copa, anunciou esta semana que, por conta dos altos gastos com a campanha e por conta do acidente, provavelmente apenas eles e os italianos do Prada estarão na água para a primeira competição.

“O meu palpite é de que um evento ridiculamente pequeno com apenas três barcos, ficou ainda menor por causa dos custos. Eu nem sei se o Artemis tem um barco. O que quero dizer é que eles têm um barco, porém não está montado. A vela foi destruída, então eles precisam de uma nova, que sei que está sendo construída, porém isto leva um tempo”, disse ele.

 

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: