Pular para o conteúdo

Resumão de 2ª na quarta: BSW2013, Velamar22, Star, solitário do Figaro, MOD70, 470, AC, Clipper e mais!

Advinha quem ganhou na 49erFX? Martine e Kahena, as líderes do ranking mundial venceram sob o registro de Gonza Arselli. Lindo!!

Advinha quem ganhou na 49erFX? Martine e Kahena, as líderes do ranking mundial venceram sob o registro de Gonza Arselli. Lindo!!

Santo sofrimento na BSW Monotipos 2013. Smooth é campeão brasileiro de Velamar 22. Lars e Conrad vão de Star nos 40 anos da semana de Ilhabela. E mais: Suíços na Clipper. Artemis volta a treinar. Novo C30 no Warm-Up. MOD70s voando na Europa. Geison e Mamica em 4º na Itália, de 470. Largou a Solitaire du Figaro e portugas na Extreme Sailing Series.

Agende-se: palestra sobre cruzeiro em águas interiores em Santos

Bom dia querido amigo e mais que querida amiga, direto do covil do Posto 6 onde este escriba vélico se prepara para voar até Porto Cervo, na Sardenha, daqui a pouquinho para cobrir a incrível Loro Piana Superyacht Cup, vamos atualizando os amigos com tudo de bom que rolou no planetinha Vela nesta última semana. Antes, porém, aquelas desculpas aos que ficaram sem receber esta missiva vélica. Estamos tentando migrar de servidor e as coisas andaram meio estranhas nos ventos rondados do cyberespaço. Enfim… Comecemos por Búzios!

BSW Monotipos 2013 – Novamente, o nosso querido Iate Clube Armação de Búzios sediou uma Búzios Sailing Week. Como é tradição no clube do Comodoro Alain Joullié e da primeira dama, Dona Vera, o feriado de Corpus Christi foi marcado pelas velinhas ao vento na península mais charmosa de Pindorama.

Quer dizer… Nos dois primeiros dias do evento as condições foram bem diferentes daquilo que os velejadores estão acostumados a encontrar por ali. Havia uma chuva fina e o vento estava bastante fraco, permitindo que apenas uma regata fosse realizada para as classes Laser Radial, Laser Standard, Laser 4.7, Snipe e Dingue. Tanto na quinta-feira, quanto na sexta, os Optimists e os 420 conseguiram fazer duas regatas. E na sexta-feira não houve condições técnicas para que 49er e 49erFX tivessem regatas…

Mas o sábado – ah, o sábado! –, este sim foi um glorioso dia típico buziano e o sol apareceu e o vento entrou com força e a galera se divertiu a valer. Com rajadas chegando a quase 20 nós com muitas ondas nos verdes mares do leste fluminense o dia lindo coroou o evento que é realizado há quase duas décadas. Como havia regatas em atraso, a Comissão de Regatas das classes Laser Radial Laser Standard, Laser 4.7, Snipe, Dingue e 420 realizou três provas e assim cada barco pôde descartar o pior resultado da série. Salvo pelo gongo! Ou por São Pedro que tocou o gongo na hora certa.

Destaque máximo para a dupla de Dingue Maurício Santa Cruz e Mari Peccicacco. Santinha na companhia de nossa gloriosa sub-manza da sopa de letrinhas vélicas conseguiu o impossível. Após vencer quatro mundiais de J/24, um de Snipe, ganhar dois ouros e uma prata Panamericanos ele foi vice-campeão na singela classe Dingue. Parabéns à dupla Luiz José Correia Jr. e Anísio Correia que honraram os barquinhos e carimbaram os louros santos com louvor. Bem que o Lars avisou, minha santa!

Muito legal também foi ver a animada turma de optimistas que compareceu e apupou com fé as milhares e milhares de categorias de nosso barquinho-escola. No 420, a dupla que veio do frio, Tiago Brito e Andrei Kneipp, do Clube dos Jangadeiros (um celeiro de campeões de 420 e 470) levou a melhor e tivemos também representantes do Espírito Santo, de São Paulo, Ilhabela, Praia Grande e tal. Resultados completos aqui. Ano que vem tem mais!!

Velamar 22 – A flotilha nacional de Velamar 22 se reuniu na Baía de Guanabara durante o feriadão do corpo cristão para a disputa do seu enésimo Campeonato Brasileiro. Inicialmente estavam programados três dias de regatas, porém o vento não apareceu nem na quinta-feira e nem na sexta-feira e por isso as regatas tiveram que ser canceladas.

No sábado o vento entrou com intensidade média e permitiu a realização de três provas. No domingo Éolo, preguiçoso como um funcionário público em dia facultativo, demorou para aparecer, mas quando entrou, veio quente. Ventos acima dos 20 nós mais duas regatas realizadas. No final, o vencedor foi o Smooth, de Ricardo Thimotheo da Costa, seguido pelo Salina, de Enzo Accioly em segundo, e Focus, de Marcelo Gilaberte em terceiro. No nosso humilde sítio, um slide super show. Clique aqui e veja!

Star na ilha –  Em comemoração aos 40 anos da Rolex Ilhabela Sailing Week, a organização do evento incluiu a classe Star no calendário das regatas neste ano. Ícones da vela nacional, como medalhistas olímpicos Reinaldo Conrad e Lars Grael, já garantiram vaga para disputar as provas da categoria, mostrando a força dos staristas. A competição será disputada entre os dias 6 e 13 de julho, no Yacht Club de Ilhabela (YCI) e até agora, em menos de um mês de inscrições, nove duplas confirmaram presença: Mareio X (Arcélio Moreira), Miisca (Alessandro “Dino” Pascolato), Come Together (Lars Grael), Conrad (Reinaldo Conrad), Surfin Bird (Admar Gonzaga Neto), Clementine (Marcelo Fuchs), Sol e Vento (Luiz André Almeida Reis) e outras duas parcerias vindas da Argentina.

“A classe que mais rendeu medalhas olímpicas à vela brasileira será prestigiada nos 40 anos da Rolex Ilhabela Sailing Week. O País tem tradição na categoria. Muitos velejadores brasileiros são formados nos monotipos, graças ao trabalho de base de alguns clubes náuticos. Uma geração de medalhistas olímpicos e campeões mundiais surgiu. E, de uns anos para cá, muitos destes amadurecem e procuram as regatas de oceano”, reforça Carlos Eduardo Souza e Silva, diretor de vela do Yacht Club de Ilhabela.

O currículo dos caras é magasuperhiper. São quatro medalhas olímpicas entre os inscritos até agora. Referência na vela nacional e mundial, Lars Grael também tem duas medalhas de bronze nos Jogos na classe Tornado (Seul/88 e Atlanta/96) e é pentacampeão brasileiro de Star. Lars terá a companhia do proeiro Samuel Gonçalves nas regatas de julho. O parceiro dele é um dos exemplos de renovação na modalidade e foi das primeiras turmas do Projeto Grael em Niterói.

Reinaldo Conrad também tem dois bronzes olímpicos, na classe Flying Dutchman (Cidade do México/68 e Montreal/76). A conquista no México foi a primeira medalha nacional da vela na história dos Jogos. Na ilha, o experiente velejador terá como parceiro Bira Mattos, local do north shore paulista.

E por falar em Ilhabela… Alô atrasadinhos de plantão. A Rolex Ilhabela Sailing Week 2013 terá outras categorias na disputa, claro: ORC, C30, S40, RGS (A, B, C e Cruiser), IRC e HPE. Para fazer a inscrição basta acessar o site www.risw.com.br e seguir o procedimento indicado. Aqueles que deixarem seus veleiros nos clubes de origem, outros clubes com eles conveniados ou com amarras próprias ou alugadas terão ainda 25% de desconto. De 1º a 15 de junho, já com o desconto o valor será de R$ 240,00 por tripulante e de 16 a 30 de junho, o valor passa para R$ 300,00.

As inscrições para os barcos que queiram ficar em poitas ou amarras do Yacht Club de Ilhabela são os seguintes: entre 1 e 15 de junho, R$ 320,00 e de 16 a 30 de junho, passa para R$ 400,00. Vale lembrar que a quantidade de vagas nas dependências do clube é limitada. O YCI poderá limitar a quantidade de embarcações inscritas visando segurança dos velejadores e seus convidados, tanto no mar como nas dependências do clube, tendo prioridade aquelas que primeiro formalizarem inscrição. Corra, Lola, corra!!

 

soli

Largou mais uma Solitaire du Figaro. Tão bons velejadores e tão sozinhos…

(\_~~ (\_ Rajadinhas (\_~~ ~ (\_

**  A Clipper Race, maior regata de amadores do mundo, terá uma novidade este ano. Pela primeira vez haverá na competição uma equipe suíça. A federação local acredita que esta é uma boa maneira de divulgar o esporte para os jovens. A regata será feita a bordo de novíssimos barcos de 70 pés e terá 14 paradas, nos seis continentes. A largada está prevista para o dia 1º de setembro. Maneiro!

**  Enquanto a tripulação ainda se recupera emocionalmente da morte do companheiro Andrew Simpson, no início de maio, os treinos da equipe Artemis voltam a acontecer na baía de São Francisco. Ainda sem o AC72 novo, cujo projeto, de Juan K, tem o auxílio luxuoso de Horácio Carabelli, o jeito foi treinar no velho AC45 mesmo, com Nathan Outeridge no comando. Sorte aos suecos!!

**  Já virou tradição. A segunda etapa da Copa Suzuki Jimny, chamada de Warmup, se tornou uma das mais importantes competições do calendário da vela oceânica do Brasil por ser o último evento antes da Rolex Ilhabela Sailing Week. Nos próximos dois finais de semana, 8, 9, 15 e 16 de junho, mais de 50 veleiros das ORC, C30, IRC, HPE e RGS participam das regatas no litoral norte paulista. Um dos destaques será a estreia do novo C30, o Caiçara de Marcos de Oliveira César. A equipe se junta às outras quatro que participaram das regatas de abertura da temporada em abril. Sucesso ao C30!!

**  No próximo dia 9, os nove incríveis multicascos MOD70 inscritos na Le Route des Princess partirão de Valência, na Espanha para uma competição de três semanas. A flotilha passará pela França, Portugal, Irlanda, até chegar em Plymouth, na Inglaterra. Na parada e Dun Laoghaire, na Irlanda, está prevista a realização de um festival de vela, a partir do dia 21. Esses voam… Literalmente!!

**  Desde ontem as nove melhores equipes femininas de match race do mundo estão em Busan, na Coreia, para a disputa do Mundial da modalidade. As competições terminam dia 9. A espanhola Tamara Echegoyan, medalha de ouro em Londres, é a favorita ao título. Os barcos usados na competição, de 9 metros,  serão tripulados por cinco pessoas. Faltou a brasucada linda…

**  A dupla Geison Mendes e Gustavo Thiesen, do Veleiros do Sul, terminou em quarto lugar no Campeonato Italiano de 470, realizado neste fim de semana em Fórmia. Foram disputadas quatro regatas e o VDS 470 Team obteve as seguintes classificações: 1º + 9º + (12º) + 9º. Os velejadores lamentam o critério de haver um descarte com apenas quatro regatas, pois teriam vencido o campeonato de outra feita. Mas tem nada não… Arrebentaram!!

**  Neste domingo foi dada a largada da 44ª edição da La Solitaire du Figaro. A primeira perna teve início em Pauillac, Bordeaux, com 12 nós de vento. De lá, os 41 skippers seguirão rumo ao Porto. Esta é uma das edições mais fortes da competição com ao menos 20 velejadores sendo considerados favoritos. Dentre eles está Armel Le Cleac’h que lidera a competição. Para acompanhar a classificação geral, clique aqui. Essa é duca!!

** A equipe lusitana do Roff Sailing Team, de António Mello, foi convidada a participar da etapa de Istambul da Extreme Sailing Series a partir do dia 20 de junho. Ainda na mesma competição, os jovens velejadores estarão em águas nacionais, no Porto, a partir do dia 25 de julho. Os dois eventos servirão como treino para a disputa da Youth America´s Cup, a bordo dos AC45. Muito giro, ó pá!!

 

(\_~~ (\_ Agenda (\_~~ ~ (\_

**  Nesta quarta-feira será realizada na sede social do Clube Internacional de Regatas, em Santos, a palestra sobre Cruzeiro de Águas Interiores. O evento será gratuita e terá início às 19h30. Nesta palestra, Paulo Fax irá comentar sobre as hidrovias brasileiras, que perfazem atualmente mais de 50 mil Km e sobre o Cruzeiro Hidrovia Tietê-Paraná, promovido anualmente pela Associação Brasileira dos Velejadores de Cruzeiro (ABVC) no mês de julho. Vale a pena!!

 

(\_~~ (\_ Jabá do Manza (\_~~ ~ (\_

Informação comercial selecionada de interesse da comunidade da vela.

=> Bavaria // O Rio Boat Show, terminou, mas você ainda pode aproveitar as incríveis ofertas que os veleiros Bavaria fizeram no salão. Com a nova linha cruiser ganhando prêmios na Europa e uma relação custo/benefício imbatível, os alemães estão querendo povoar nossas águas. Aproveite!! E clique logo aqui

 

(\_~~ (\_ Vídeos (\_~~ ~ (\_

O melhor dos AC72 rumo a America´s Cup

J.P. Morgan BAR quebra o recorde de volta a ilha de Wight

Surfando de mini

Brasileiro de HPE em Ilhabela

(\_~~ (\_ Entre Aspas (\_~~ ~ (\_

“De tudo que há na Terra, não há nada, em lugar nenhum, que vá crescer sem você chegar”. Djavan na canção ‘Oceano’ em homenagem ao seu amor, aqui reproduzido para homenagear o meu.

Fui!! Cantando…

Murillo Novaes

 vision46

 

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: