Pular para o conteúdo

Crioula, Loyal, Robert/Bruno, Ginga, Kiron, Ruda, Quiricomba e Jambock lideram na Rolex Ilhabela Sailing Week

Fred "Sempre Ele" Hoffmann estava em cima do lance em Ilhabela ontem. Largadinha irada!

Fred “Sempre Ele” Hoffmann estava em cima do lance em Ilhabela ontem. Largadinha irada!

Maior competição de vela oceânica chega ao quarto dia com favoritos de quatro classes com o título praticamente definido

A Rolex Ilhabela Sailing Week entra na reta final da edição 2013 e as equipes fazem as contas em relação à classificação geral do campeonato. Quem está na liderança e com vantagem segura já sabe qual estratégia adotar para sair com o título do maior evento de vela oceânica da América Latina. As súmulas dos monotipos apontam quatro barcos próximos do título e que podem confirmar matematicamente o primeiro lugar nas regatas desta sexta-feira (12), no Yacht Club de Ilhabela (YCI). Na C30, o Loyal , do comandante Marcelo Massa, segue com 100% de aproveitamento após novo show nesta quinta-feira (11). Na S40, o Crioula, de Eduardo Plass, também venceu as duas regatas do dia e só precisa de mais dois segundos lugares para ser campeão antecipado. Na HPE, o Ginga, que tem o comando de José Vicente, leva 13 pontos de vantagem sobre Fit to Fly, Eduardo Mangabeira. Na Star, os medalhistas olímpicos Robert Scheidt e Bruno Prada são virtuais campeões da classe.

“A parte física está fazendo a diferença para nós, mas tecnicamente as duplas do Lars Grael e do Marcelo Fuchs são de alto nível, o que deixa o campeonato ainda melhor”, afirmou Bruno Prada, que reconhece a vantagem ‘considerável’ na tabela de classificação. Scheidt reconhece o favoritismo, mas mantém cautela. “Ainda precisamnos de dois terceiros lugares. O objetivo nesta sexta-feira será poupar o equipamento para evitar quebras”. A dupla tem apenas seis pontos perdidos, 10 a menos do que a dupla Marcelo Fuchs/Ronald Seifert e 11 de vantagem sobre Lars Grael/Samuel Gonçalves. “Correr contra os atuais medalhistas olímpicos na Star eleva o nível da nossa dupla. Mesmo assim, temos condições de melhorar ainda mais. Eu tenho um dos maiores velejadores do mundo ao meu lado”, ressaltou Samuel Gonçalves, em referência a Lars Grael.

Diplomaticamente, nenhum tripulante dos barcos líderes assumiu que o título da Rolex Ilhabela Sailing Week está garantido. Principalmente pela qualidade das equipes. “Vamos fazer um match race e marcar o segundo colocado. Geralmente, quem larga na frente na classe S40 tem vantagem”, explicou Samuel Albrecht, do líder Crioula. A equipe tem vantagem para o Carioca, de Roberto Martins. “Os resultados comprovam o entrosamento da equipe, que já sabe o que fazer nas últimas regatas. Nossa tripulação, que é do Veleiros do Sul, de Porto Alegre (RS), veleja há muito tempo junta, desde as classes olímpicas”.

Ginga confirma favoritismo na HPE – A tripulação do Ginga, liderada por José Vicente, é a atual bicampeã brasileira da classe. Com quase 100% de velejadores de Ilhabela, a equipe conhece bem o regime de ventos da raia, fator decisivo nos resultados. O Ginga, com o descarte, tem 13 pontos de vantagem para o Fit to Fly, de Eduardo Mangabeira, em sete regatas já disputadas.

“Nosso barco é muito rápido e bom de manobra. O principal, para ser campeão, é manter a calma e trabalhar de acordo com os adversários. São eles que precisam correr atrás da gente. A vantagem é muito grande, mas faltam dois dias de competição e não podemos bobear”, contou o regulador de vela, Juan de La Fuente, que além de ajudar o Ginga a andar bem, é treinador da única equipe 100% feminina na Rolex Ilhabela Sailing Week, a Alfa Instrumentos, também da HPE.

Quem está atrás, como o Fit to Fly, segue preparado para aproveitar qualquer eventual vacilo do líder Ginga. “Ainda não está definido, mas reconhecemos que o Ginga merece os resultado pelo treinamento e habilidade dos velejadores que tripulam a equipe. O Breno Chvaicer, que montou a equipe, escolheu bem o quarteto”, elogiou Beto de Jesus, do Fit to Fly. “A classe HPE é bastante equilibrada e forte, reunindo atletas de ponta da modalidade no Brasil”.

Loyal, perto do título – Na classe C30, após sete regatas, o Loyal, de Marcelo Massa, segue com 100% de aproveitamento e também está próximo do título na flotilha com nove barcos. “Somos uma das equipes que mais treina na vela oceânica brasileira e os resultados podem ser explicados por esse ângulo”, explicou Marcelo Massa. As categorias que precisam de fórmula para calcular o vencedor, como ORC, RGS e IRC podem apontar os campeões apenas na última regata do sábado (13).

As provas desta quinta-feira (11) foram disputadas no formato barla-sota ( rumo da primeira boia contra o vento e da segunda, a favor) com vento leste de até 15 nós e temperatura média de 25 graus no extremo norte de Ilhabela. A intenção da Comissão de Regatas é de realizar mais duas regatas no mesmo formato para todas as classes nesta sexta-feira a partir do meio-dia.

S40 após 6 regatas e 1 descarte 
1º – Crioula (Clube Veleiros do Sul) – 5pp (1+1+[2]+1+1+1)
2º – Carioca 25 (Roberto Martins) – 9pp (2+3+1+2+2+2)
3º – Super Matanga (Ruben Salvucci) – 18pp ([5]+4+3+4+4+3)

C30 após 6 regatas e 1 descarte
1º – Loyal (Marcelo Massa) – 5pp (1+1+1+1+1+[1])
2º – Katana/Energia (Mauro Dottori) – 15pp (3+3+[7]+4+2+3)
3º – Caballo Loco (Mauro Dottori) – 15pp ([6]+2+3+3+3+4)

Star – após 7 regatas e 1 descarte:
1º – Robert Scheidt/Bruno Prada – 6pp ([5]+1+1+1+1+1+1)
2º – Marcelo Fuchs/Ronald Seifert – 16pp ([4]+3+2+4+2+2+3)
3º – Lars Grael/Samuel Gonçalves – 17pp ([7]2+3+3+4+3+2)

HPE – após 7 regatas e 1 descarte 
1º – Ginga (José Vicente Monteiro) – 12 pp ([4]+1+1+3+3+3+1)
2º – FIt To Fly (Eduardo Mangabeira) – 25pp (2+[8]+5+7+5+1+5)
3º – Bond Girl Jimny (Carlos Wanderley) – 25pp ([13]+2+2+5+6+7+3)

ORC Geral – após 6 regatas e 1 descarte 
1º – Kiron (Leonardo Guilhermo) – 7pp (1+1+1+2+2+[2])
2º – Angela VI (Peter Dirk) – 16pp ([29]+2+3+1+9+1)
3º – Absoluto (Renato Gama) – 26pp (14+5+4+9+3+5)

ORC 700 – após 6 regatas e 1 descarte 
1º – Prozak (Marcio Finamore) – 8pp (2+1+2+[3]+2+1)
2º – Rocket Power (Luiz Augusto Lopes) – 8pp ([5]+2+1+2+1+2)
3º – Zeppa (Diego Zaragoza) – 14pp ([5]+3+3+1+4+3)

IRC – após 6 regatas e 1 descarte 
1º – Ruda (Guilherme Hernandez) – 9,5pp ([7]+1,5+1+4+2+1)
2º – Tangaroa (James Bellini) – 14pp (1+4+[7]+3+1+5)
3º – Angela Star (Peter Siemsen) – 15.5pp ([20]+1,5+2+1+8+3)

RGS A – após 4 regatas e 1 descarte 
1º – Quiricomba (Gremio de Vela da Escola Naval) – 8pp (2+[6]+2+1+1+2)
2º – Jazz (Valeria Ravani) – 10pp (3+2+4+2+2+1)
3º – Inae Transbrasa (Bayard Umbuzeiro) – 14,5pp ([5]+1+3+4+3+3,5)

RGS B – após 6 regatas e 1 descarte 
1º – Mandinga (Jonas Penteado) – 6pp (1+1+2+1+1+3)
2º – Revanche (Celso de Faria) – 13pp (3+2+3+6+3+2)
3º – Asbar II (Sérgio Klepacz) – 19pp (6+3+1+3+6+[9])

RGS C – após 6 regatas e 1 descarte 
1º – Rainha/Empresta Capital (Leonardo Pacheco) – 6pp ([2]+1+2+1+1+1)
2º – Azulao (Marcello Polonio) – 14pp (1+3+3+[4]+3+4)
3º – Santeria (Mauricio Martins) – 16pp ([15]+12+4+2)

RGS Cruiser – após 6 regatas e 1 descarte 
1º – Jambock (Marco Aleixo) – 10pp ([10]+1+1+1+1+5)
2º – Boccaluppo (Claudio Melaragno) – 12pp (2+[10]+4+2+2+2)
3º – Cocoon (Luiz Caggiano) – 16pp ([10]+2+2+3+4+5)

Programação da 40ª edição da Rolex Ilhabela Sailing Week

12/7 – sexta-feira
– 12h – Regatas Barla-Sota
– 17h – Confraternização no Yacht Club de Ilhabela
– 17h30 – Premiações do Campeonato Sul-Americano de ORC e Brasileiros das classes C30, Skipper 30 e Skipper 21

13/7 – sábado: 
– 12h – Regatas Barla-Sota
– 17h – Confraternização no Yacht Club de Ilhabela
– 19h – Premiação da Rolex Ilhabela Sailing Week

Principal evento náutico esportivo da América Latina, a Rolex Ilhabela Sailing Week tem patrocínio titular da Rolex e patrocínios da Mitsubishi Motors e Bradesco Private. O evento tem apoio da Marinha do Brasil, Prefeitura Municipal de Ilhabela, Confederação Brasileira de Vela (CBVela), ABVO e das Classes ORC, HPE, C30, S40 e RGS, entre outros. A organização, sede e realização são do Yacht Club de Ilhabela (YCI).

Fan page é o ponto de encontro virtual da comunidade – a 40ª edição da Rolex Ilhabela Sailing Week colocou no ar o site oficial –www.risw.com.br – e também a Fan Page do Facebook.

Da ZDL

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: