Pular para o conteúdo

Arquivo de

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan terminam o Mundial de 470 na 9ª colocação

Fernandinha e Ana ficaram em 9º lugar no MUndial de 470.

Fernandinha e Ana ficaram em 9º lugar no MUndial de 470.

Terminou no último sábado em La Rochele, na França, o Mundial de 470. O Brasil esteve bem representado, com quatro duplas. A melhor classificada foi Fernanda Oliveira e Ana Barbachan, representantes olímpicas, que ficaram na 9a colocação geral. Ainda entre as meninas, Renata Decnop e Isabel Swan ficaram em 14o.

Os campeões sul-americanos de 470, Geison Mendes e Gustavo Thiesen, do Veleiros do Sul encerraram sua participação  conquistando 23º lugar na flotilha masculina. A dupla encerrou muito bem as finais, fazendo um oitavo lugar na última regata, posicionando-se entre as dez melhores equipes do mundo e mostrando que serão adversários fortes para as próximas competições internacionais.

Na flotilha prata, os gaúchos Fábio Pillar e Mathias Mellechi (CDJ) encerraram o campeonato em 43º, após fazerem uma grande participação vencendo uma regata e chegando em terceiro em uma das disputas de hoje.

Da assessoria

Com vídeo: Luna Rossa vence Artemis Racing por 4-0 e disputará a final da LVC contra ETNZ

No últimos sábado o Luna Rossa mostrou mais uma vez a sua superioridade sobre o Artemis Racing e completou a serie classificatória da Louis Vuitton Cup ao vencer o quarto match consecutivo. Com isso ele irá disputar a final contra o Emirates Team New Zealand a partir do dia 17 de agosto.

A regata deste sábado foi a que teve a pré-largada mais disputada e confusa, com direito a pênalti do Luna Rossa no Artemis e com o Artemis montando a primeira boia 7 segundos na frente. Ainda na segunda perna o Luna Rossa pegou a dianteira, garantindo mais uma vitória.

Joca Signorini disputa a Rolex Fastnet Race

 

Neste domingo começou a Rolex Fastnet Race, uma das mais tradicionais regatas oceânicas do mundo. E o Brasil está muito bem representado com Joca Signorini, que faz parte da equipe SCA, 100% feminina, que disputará a Volvo Ocean Race. Ele é o responsável por escolher as velejadoras e na Fastet está passando um pouco da sua experiência em volta ao mundo para as atletas que já foram escolhidas.

O corpo-técnico do SCA conta também com outros dois atletas que fizeram a história da Volvo Ocean Race, como Pepe Ribes e Brad Jackson. “A gente tenta passar essa experiência para as meninas. Acreditamos que elas serão cada vez melhores e poderão continuar se desenvolvendo a cada dia. Normalmente, uma tripulação com pouca experiência consegue ganhar mais”, disse Joca Signorini.

“Eu acho que elas estão bastante satisfeitas, pois têm trabalhado muito a parte física, já que estes barcos exigem muito, principalmente quando você compara  homem e mulher”, explicou Joca Signorini.

As candidatas aspirantes selecionadas para a competição são Annemieke Bes (Holanda), Klaartje Zuiderbaan (Holanda), Sarah Lihan (EUA) e Justine Mettraux (Suiça). As titulares que já confirmaram presença na edição 2014-15 da Volvo Ocean Race também terão aprova de fogo em águas britânicas. São elas: Carolijn Brouwer (Holanda), Sam Davies (Grã-Bretanha), Annie Lush (Grã-Bretanha), Sophie Cizcek (Austrália) e Liz Wardley (Austrália).

Com vídeo: Brasileiras são campeãs da Nations Cup

Terminou no último sábado na Dinamarca a Grande Final da Nations Cup, disputa de Match Race entre nações. O Brasil mais uma vez fez bonito, desta vez com a equipe feminina comandada por Juju Senfft. Elas venceram a equipe norueguesa comandada por Lotte Meldgaard de virada, por 3×2.

“Estamos muito contentes, a equipe velejou muito bem, vindo de um 2×0. Esta é minha terceira Nations Cup e nas outras duas fiquei em sexto, então queria muito vencer”, comemorou Juju.

A equipe contou ainda com Marina Jardim, Gabi Nicolino, Larissa Juk e Luciana Kopschitz.

%d blogueiros gostam disto: