Pular para o conteúdo

Scheidt assume a vice-liderança do Mundial de Laser

Em seu primeiro Mundial de Laser após dois ciclos olímpicos velejando na Star, Robert Scheidt mostra que continua entre os principais nomes da classe que o consagrou mundialmente. Após uma estreia consistente, o brasileiro venceu a única regata disputada nesta segunda-feira (18), na flotilha azul, e subiu para a vice-liderança do torneio em Omã, com 10 pontos perdidos. O líder é o croata Tonci Stipanovic, também com 10. O catarinense Bruno Fontes também está tendo um bom desempenho e ocupa a sexta colocação. 

O vento demorou a aparecer em Mussanah, no segundo dia de disputas do Mundial de Laser, levando à realização de apenas uma regata, com rajadas em torno de 15 nós. “Eu venci minha bateria liderando desde a primeira boia”, destacou Scheidt, que conta com o patrocínio do Banco do Brasil, Rolex, Prada e Deloitte para o novo ciclo olímpico.

O velejador, contudo, foi cauteloso em relação ao seu desempenho. “Foi um bom resultado, mas o campeonato está só no começo. Para amanhã, estão previstas três regatas, o que deve exigir mais do físico dos competidores e tornar o dia muito desgastante”, explicou Scheidt. Em sua fase classificatória, a competição está bem equilibrada, com os três primeiros empatados em número de pontos, e apenas 12 pontos de diferença entre o primeiro e o décimo colocado. 

O Mundial de Laser de Omã segue até sábado (23), com previsão de mais 11 regatas, duas por dia, a partir das 11 horas (5h em Brasília). As disputas serão divididas em séries qualificatória e final, com possibilidade de dois descartes dos piores resultados, um em cada fase. O torneio reúne 128 barcos, separados em duas flotilha, azul e amarela. Entre os competidores, estão os primeiros colocados do ranking mundial da classe, como os australianos Tom Burton (1º), Ryan Palk (5º) e Ashley Brunning (8º), o croata Tonci Stipanovic (2º), o também brasileiro Bruno Fontes (3º), o sueco Jesper Stalheim (4º) e o francês Jean Baptiste Bernaz (6º).

Classificação após três regatas

1- Tonci Stipanovic (CRO) – 10 pp (1+8+1)
2- Robert Scheidt (BRA) – 10 pp (4+5+1)
3- Pavlos Kontides (CYP) – 10 pp (2+5+3)
4- Jesper Stalhein (SWE) – 11 pp (3+2+6)
5- Tom Burton (AUS) – 13 pp (8+1+4)
6- Bruno Fontes (BRA) – 13 pp (5+6+2)
7 – Jean-baptiste Bernaz (FRA) – 18 pp (6+3+9)
8- Phillip Buhl (ALE) – 21 pp (1+17+3)
9- Daniel Mihelic (CRO) – 22 pp (11+9+2)
10- Andrew Maloney (NZL) – 22 pp (7+7+8)

Da Local

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: