Pular para o conteúdo

Copa SUzuki define seus campeões neste final de semana em Ilhabela

O maior circuito de vela oceânica do Brasil termina neste final de semana com regatas próximas ao Yacht Club de Ilhabela

Aline Bassi registrou o Asbar em Ilhabela

Aline Bassi registrou o Asbar em Ilhabela

Ilhabela (SP) – O cenário está perfeito. O final de semana no Litoral Norte promete sol e vento entre 10 e 12 nós, condições ideais para as regatas decisivas da Copa Suzuki Jimny, o maior circuito de vela oceânica do Brasil, que está sendo disputado desde março. A flotilha de cerca de 40 barcos terá entre duas e três provas neste sábado (7), que comemoram o “Dia do Marinheiro”, e encerrará o dia com jantar de premiações especiais ao som da banda de rock Tom Cats, no Yacht Club de Ilhabela. No domingo (8), mais duas ou três regatas definirão os campeões da temporada, com nova premiação aos vencedores no fim da tarde.

No final de semana passado, foi disputada a tradicional Volta à Ilha – Sir Peter Blake para os barcos maiores. Os menores não conseguiram largar por falta de vento. Desta vez, a garantia de boas condições climáticas antecipa disputas acirradas em várias classes. Na ORC A, a briga está entre o Tangaroa, comandado por James Bellini, e o Lexus/Chroma, de Luiz de Crescenzo, separados por apenas sete pontos. Na ORC B, a situação do Sextante, de Thomaz Shaw, é bem mais confortável. Ele tem 14 pontos a menos do que o Colin, de Sebastian Menendez, mesma vantagem que o Loyal (Marcelo Massa) leva sobre o Barracuda (Humberto Diniz), na classe C30, uma das que mais cresce no Brasil. 

Na HPE, cinco barcos lutam pelo título. O favorito é o Relaxa Next/Caixa (Roberto Mangabeira), que soma 33 pontos perdidos, mas é perseguido pelo Ginga (Bruno Chvaicer), com 41, SER Glass Eternity (Marcelo Bellotti), 50, Fit to Fly (Eduardo Mangabeira), 51, e Jimny/Bond Girl (Rique Wanderley), 52. 

A classe RGS reúne o maior número de veleiros. A divisão A tem, praticamente, um campeão definido: o Jazz, de Valéria Ravani, tem 16 pontos contra 35 do Urca/Bl3, de Pedro Rodrigues. Na B, Asbar II (Sérgio Klepacz) e Suduca (Marcelo Claro) estão muito próximos, 14,5 a 19. Na C, o Rainha (Leonardo Pacheco) é o virtual campeão e na divisão Cruiser o Boccalupo (Cláudio Meragno) só pode ser alcançado pelo Coccon (Luiz Caggiano). 

“Pelos resultados do ano, as regatas decisivas prometem muita emoção neste final de semana. A Copa Suzuki Jimny chega ao final confirmando a condição de circuito mais importante do Brasil, em sua 13a. edição. O Yacht Club de Ilhabela sente-se honrado em propiciar esta disputa a alguns dos principais velejadores brasileiros. Vamos agora aproveitar o sábado também fora da água com a festa de confraternização”, lembra Carlos Eduardo Souza e Silva, o “Kalu”, diretor de vela do Yacht Clube de Ilhabela e comandante do Orson/Mapfre, terceiro colocado na ORC A.

Durante a festa do sábado, será sorteado um kit Suzuki Adventure contendo mochila, squeeze, chaveiro, ecobag e capa de neoprene para Ipad. Outro kit será entregue ao ‘driver owner’, o melhor comandante da classe HPE na temporada de 2013. 

Resultados acumulados após 3 etapas e a regata Volta à Ilha, abertura da 4a. etapa 

ORC A
1º – Tangaroa (James Bellini) – 12 pontos perdidos
2º – Lexus/Chroma (Luiz Gustavo de Crescenzo) – 19 pp
3º – Orson/Mapfre (Carlos Eduardo Souza e Silva) – 29 pp

ORC B
1º – Sextante (Thomaz Shaw) – 11 pp
2º – Colin (Sebastian Menendez) – 25 pp
3º – Zeppa (Diego Zaragoza) – 26 pp

C30
1º – Loyal (Marcelo Massa) – 15 pp
2º – Barracuda (Humberto Diniz) – 29 pp
3º – Caballo Loco (Mauro Dottori) – 40 pp

HPE 
1º – Relaxa Next/Caixa (Roberto Mangabeira) – 33 pp 
2º – Ginga (Breno Chvaicer) – 41 pp 
3º – SER Glass (Marcelo Bellotti) – 50 pp
4º – Fit to Fly (Eduardo Mangabeira) – 51 pp 
5º – Jimny/Bond Girl (Rique Wanderley) – 52 pp 

RGS A 
1º – Jazz (Valéria Ravani) – 16 pp 
2º – Urca/BL3 (Pedro Rodrigues) – 35pp 
3º – Maria Preta (Alberto Barreti) – 37 pp 

RGS B 
1º – Asbar II (Sergio Klepacz) – 14,5 pp 
2º – Suduca (Marcelo Claro) – 19 pp 
3º – Kanibal (Martin Bonato) – 24,5 pp 

RGS C
1º – Rainha (Leonardo Pacheco) – 11 pp
2º – Ariel (Andreas Kugler) – 20 pp

RGS Cruiser 
1º – Boccalupo (Claudio Melaragno) – 14 pp 
2º – Cocoon (Luiz Caggiano) – 21 pp 
3º – Brazuca (José Rubens Bueno) – 33 pp 

Da ZDL

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: