Pular para o conteúdo

Pedro Correa será o representante brasileiro na Olimpíada da Juventude

Atleta do Yacht Club de Santo Amaro é o campeão antecipado do Sul-Americano da classe Byte e vai representar o País na competição mundial em agosto, em Nanquim, na China

São Paulo – A superioridade do atleta do Yacht Club de Santo Amaro (YCSA) ficou evidente após dez vitórias em 11 regatas disputadas desde o último sábado, incluindo-se as duas desta quarta-feira de Cinzas na Represa de Guarapiranga. Pedro Corrêa, de 16 anos, não precisaria correr a última prova nesta quinta (06), mas já adiantou que irá para a raia. O regulamento prevê os descartes dos dois piores resultados depois que programa da seletiva para os Jogos Olímpicos da Juventude estiver completo por 12 regatas.

Pedro mora em São Sebastião e, além de associado do YCSA, faz parte do Projeto Ventos e Velas do litoral norte. Passou os últimos cinco meses treinando especificamente para o Sul-Americano e mostrou que adquiriu uma condição privilegiada na disputa por uma das três vagas à Olimpíada da Juventude entre os 22 velejadores de Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Peru, Uruguai e colegas do próprio País. A situação de o YCSA ter sido a sede da competição também se tornou um fator favorável.

“Eu conheço bem a represa. Fui campeão brasileiro de Optimist aqui, em 2013. Os meus treinos no Canal de São Sebastião com ventos mais fortes também ajudaram. Quero ver se a CBVela me apoia para eu correr o Mundial de Byte em abril na Itália”, considerou Pedro, que irá à Olimpíada da Juventude pelo COB e que ainda conta com o suporte do Audi YCSA Sailing Team.

O velejador paulista perdeu apenas 9 pontos, contra 31 do chileno Clemente Cacamara e 50 do peruano Angello Farias, os outros dois classificados, por enquanto. No torneio feminino, disputado junto com o masculino, a liderança é de Dolores Fraschini, do Uruguai, seguida por Jarian Brandes, do Peru. A brasileira mais bem posicionada é Natascha Boddener, de Niterói, filha de Walter Boddner, ex-técnico dos campeões olímpicos Robert Scheidt e Torben Grael. A velejadora de 15 anos ocupa o terceiro lugar e tentará assegurar a vaga para Nanquim na regata decisiva desta quinta-feira.

A última largada do campeonato está prevista para as 12h na Raia 2 da Represa de Guarapiranga. Os barcos devem deixar o YCSA por volta de 11h30. As duas provas desta quarta foram disputadas com chuva e vento noroeste de 5 a 7 nós (8 a 12 km/h). O Sul Americano da Classe Byte CII, aberto no sábado de Carnaval, é promovido pela Armada Boats, fabricante dos barcos, e FEVESP (Federação de Vela do Estado de São Paulo), com as chancelas da ISAF (Federação Internacional de Vela) e da CBVela.

Da assessoria

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: