Pular para o conteúdo

Copa da Juventude começa com condições difíceis em Jurerê

Ventos rondados dificultaram as regatas no primeiro dia de disputas na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina, em Florianópolis

Florianópolis (SC) – 20/03/2014 – A Copa da Juventude de Vela teve início nesta quinta-feira, 20, com ventos rondados e condições complicadas na raia de Jurerê, na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina. Os velejadores que disputam as vagas para compor a Seleção Brasileira que disputará o Mundial da Juventude em Tavira, Portugal, encararam ventos de fraca intensidade, que variavam de nordeste a noroeste.
A previsão era para que pelo menos duas regatas fossem disputadas neste primeiro dia, mas com o atraso de quarenta minutos no início das competições e os ventos inconstantes, só foi possível realizar uma regata em todas as categorias, exceto pela classe 420. Com isso, a previsão para essa sexta-feira, 21, são de três regatas para todas as classes e mais duas para a 420.

“O vento estava muito rondado e com intensidade fraca, o que dificultou muito na realização das regatas. Durante o dia tivemos que adaptar o percurso conforme as condições e isso torna a regata muito cansativa para os atletas, tanto na questão física quanto psicológica”, explica Ricardo Navarro, presidente da comissão de regatas da Copa da Juventude.

Na Classe 420, a única com duas regatas disputadas nesta quinta-feira e a dupla formada por Tiago Brito (Clube dos Jangadeiros – RS) e Phillipp Essle (Yatch Clube de Santo Amaro – SP). Com um 1º e um 2º lugares nas regatas, a dupla lidera a competição com 3 pontos perdidos. Entre as meninas, as cariocas Luisa Gandolpho e Marina Rittscher (Iate Clube do Rio de Janeiro) lideram a competição.

Apenas uma regata nas classes Laser, RS:X, 29er e Hobbie Cat:
Classe com maior número de competidores nesta semana, a Laser Radial proporcionou disputas acirradas, mesmo com as inconstantes condições de vento. O gaúcho Antonio Rosa Cavalcanti (Veleiros do Sul) abriu a disputa na ponta após vitória na regata inaugural. Entre as mulheres, a atleta do Iate Clube do Rio de Janeiro, Gabriela Kidd, começou na frente a disputa com a campeã brasileira Maria Carolina Boabaid, do Iate Clube de Santa Catarina, segunda colocada na categoria.

Na RS:X, o carioca Breno Francioli, do Clube Náutico Araruama, abriu as disputas na liderança após vitória na regata de abertura. Entre as mulheres, Maria Carolina da Cruz, do Clube de Regatas Guanabara – RJ destacou-se nas disputas e saiu na frente em busca da vaga para o Mundial da Juventude.

Campeão mundial da Juventude, Kim Vidal comandou bem a dupla com Antonio Carlos Neto (ambos do Yatch Clube Bahia) com vitória na regata de estreia na Hobbie Cat. Fechando este primeiro dia, Antonio Aranha e Stephan Kunath, do Yatch Clube de Santo Amaro, lideram na 29er.

O evento é uma realização do Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha, com a supervisão e homologação da Confederação Brasileira de Vela.

Da assessoria de imprensa

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: