Pular para o conteúdo

Arquivo de

Com vídeo: Grandes nomes da vela disputam Tour de France a La Voile

Ainda falta um mês, mas a organização do Tour de France a La Voile já anunciou um line up de respeito. Confirmaram presença na regata nomes como Franck Cammas e Sidney Gavnet, vencedores da Volvo Ocean Race em 2012 e 2006 respectivamente, Nicolas Troussel, bi-campeão da Solitaire Du Figaro, e Daniel Souben, bi-campeão do TFV.

A competição terá a largada da primeira etapa no dia 4 de julho em Dunkerque. De lá eles parte para Dieppe no dia 7, Granville no dia 10, Roscof no dia 13, Roses no dia 17, Gruissan no dia 19, Hyères no dia 22 e Nice, no dia 25. Para mais informações, clique aqui.

Taça Comodoro para Monotipos será disputada neste final de semana

Neste final de semana tem mais Taça Comodoro no Iate Clube do Rio de Janeiro. Desta vez estão convidados as classes Star, J/24, HPE, Ranger, 22, Velamar 22, Veleiros 23, 420, 470, Snipe, Laser, Finn, Dingue, e RS:X. Estão programadas quatro regatas, duas no sábado e duas no domingo. As inscrições devem ser feitas na secretaria do clube.

Lars Grael sobre matéria do NY Times: “É exagero dizer que não se pode encostar na água”

São Paulo (SP) – “Com a experiência olímpica e os treinos frequentes no local, temos alertado desde que o Rio de Janeiro se candidatou a sede dos Jogos Olímpicos de 2016 sobre a poluição e o compromisso que foi fechado de despoluir em 100% a Baía de Guanabara”. Assim o medalhista olímpico e associado da Atletas pelo Brasil, Lars Grael, iniciou a conversa sobre a matéria publicada no jornal norte-americano The New York Times do último domingo (18), com severas críticas à raia olímpica em depoimento do velejador austríaco Nico Delle Karth e o alerta logo no título: “Nota aos velejadores olímpicos no Rio: não encostem na água”.

“Sabíamos que a total despoluição da Baía não aconteceria. Com o passar do tempo, falaram em 80%. Agora, já se fala em 60%. Claro que podemos observar que há obras em curso e elas podem até proporcionar uma melhora e modificar o atual quadro, mas é algo muito pequeno”, afirma Lars, que já foi membro do Conselho Fundador da Agência Mundial Antidoping (WADA) e exerceu cargos públicos, como de Secretário Nacional de Esportes.

Segundo o medalhista olímpico, apenas o recolhimento do lixo das águas da Baía de Guanabara não é uma solução para o problema. “A ação é paliativa. Muito pouco diante da real situação. A Baía está extremamente poluída e vínhamos alertando sobre isso há tempos. Porém, só estão empurrando o problema para frente”, conta.

Lars quer deixar claro que não está apenas criticando. “Sugerimos algumas medidas. A nossa posição é de antecipar um desgaste, que inclusive já está acontecendo. Temos de unir todos os envolvidos para amenizar a poluição. Qualquer avanço é válido, porque ficará também como um legado das Olimpíadas no País. Temos que encarar o problema de frente”.

Exagero estrangeiro – Sobre o depoimento do austríaco ao The New York Times e de outros atletas em outras matérias na imprensa internacional, Lars afirma que vê certo exagero. “Concordo que as águas da Baía de Guanabara estão poluídas, com forte odor e repletas de objetos. Mas é exagero dizer que não se pode encostar na água. Até hoje não tivemos nenhum registro de algum velejador que tenha sido contaminado”.

“Estamos querendo contribuir, com base em nossa experiência e com conhecimento de causa. Temos que fechar um pacto com compromisso de metas para melhorar a Baía de Guanabara, manter o foco e oferecer algum legado para o País”, conclui Lars.

Da ZDL

Semana de Vela agita Itajaí em Junho

Evento náutico terá regatas da classe Oceano e Monotipo. Inscrições já estão abertas

A Associação Náutica de Itajaí – ANI, e a Federação de Iatismo de Santa Catarina – Feisc, promovem de 06 a 08 de junho próximos a 1ª. Semana da Vela de Itajaí. O evento deverá reunir velejadores do estado e de fora de Santa Catarina das classes Oceano (barcos C30, Orc, Rgs e Bico de Proa) e Monotipo (Optmist, Snipe, Hobie Cat 14 e 16, Shelback, Dingue, Prancha à Vela (Formula) e Holder).

As regatas da classe Oceano serão realizadas nas proximidades da barra de Itajaí e as da classe Monotipo em frente à Praia de Cabeçudas. O Aviso de Regata já se encontra disponível no site http://pierturisticoitajai.com.br. O Aviso de Regata também está sendo distribuído para clubes de vela e iates clubes do país. As inscrições podem ser feitas até 07 de junho às 11h na sede do evento, na Associação Náutica de Itajaí, e antecipadamente no próprio site.

Segundo Cláudio Copello, presidente da ANI, a 1ª. Semana da Vela de Itajaí é um evento que reunirá competidores de diversas idades e classes, desde as crianças, que são a base da vela, até velejadores veteranos, que tem muito a ensinar às novas gerações. Copello ressalta, também, que se trata de uma oportunidade importante para Itajaí mostrar que tem o olhar voltado para a vela brasileira e não só aos eventos internacionais que tem marcado a cidade, como a Volvo Ocean Race e a Transat Jacques Vabre, que colocaram a cidade como porto mundial de velejadores.

Programação:
06/06
Das 16:00 as 19:00 Confirmação Inscrições e retirada de Kits
19:00 Abertura na Vila da Regata-Itajaí (Show- Coquetel – Vídeos Volvo Ocean Race)

07/06
08:00 as 11:00 Confirmação das Inscrições e Retiradas dos Kits
12:00 Largada Regata(s) de Oceano
12:00 Largada Regatas de Monotipos
19:00 Canoa de cerveja – Show

08/06
12:00  Largada Regata(s) de Oceano
12:00  Largada Regatas de Monotipos
17:00 Entrega de Prêmios

Apoiadores

A 1ª. Semana da Vela de Itajaí tem o apoio do Município de Itajaí, do Porto, da APM Terminals e do Bradesco.

 

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: