Pular para o conteúdo

Scheidt estreia no Europeu de Laser na 11a colocação

Maior atleta olímpico brasileiro foi quarto e quinto nas regatas desta segunda-feira (9), na Croácia

Muita coisa ainda vai acontecer até o final do campeonato

Muita coisa ainda vai acontecer até o final do campeonato

São Paulo – Na vela, Robert Scheidt e Tonci Stipanovic anteciparam o confronto Brasil x Croácia que abrirá a Copa do Mundo de futebol 2014. Os dois são os principais destaques do Europeu de Laser, que começou nesta segunda-feira (9) em Split, Croácia, com vantagem para o anfitrião. Novo líder do ranking mundial da classe, Scheidt manteve a regularidade, fazendo um quarto e um quinto lugares, e terminou o dia em 11º geral. Velejando em casa, Stipanovic – vencedor da competição em 2013 com apenas um ponto sobre o brasileiro – terminou em terceiro lugar. O líder é o holandês Rutger Van Schaardenburg.

O Europeu de Laser conta com 132 velejadores em Split, divididos em três flotilhas. A vermelha reuniu nesta segunda os velejadores mais fortes: além de Scheidt e de Stipanovic, os australianos Tom Burton e Mathew Wearn, o alemão Philipp Buhl e o neozelandês Sam Meech estavam na disputa.

“Foi um dia exaustivo, ficamos muito tempo na água esperando pelo vento, que foi até 8 nós (15 km/h) na segunda regata. Tive um desempenho regular, acho que poderia ter sido um pouco melhor, mas com o vento alternando muito, ficou difícil de prever a velejada. Estou satisfeito”, analisou o brasileiro, dono de cinco medalhas olímpicas (dois ouros, duas pratas e um bronze) e 14 títulos mundiais, entre Laser e Star. “Meu grupo era realmente o mais forte, mas a partir de amanhã as flotilhas serão redistribuídas de acordo com os resultados de hoje, e isso deve equilibrar mais as regata”.

A competição tem mais dez largadas previstas, duas por dia, distribuídas entre as fases classificatória e final. Os velejadores poderão descartar os dois piores resultados, um em cada etapa. “O objetivo é largar o melhor possível e me manter entre os cinco primeiros, na primeira fase, para chegar bem às finais”, lembrou Scheidt, patrocinado pelo Banco do Brasil, Rolex e Deloitte, com os apoios de Audi, COB e CBVela.

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: