Pular para o conteúdo

Arquipélago de Alcatrazes liberado para regata de abertura da Ilhabela Sailing Week

Ofício do Ministério do Meio Ambiente autoriza velejadores a contornar o arquipélago na tradicional Regata Alcatrazes por Boreste, no próximo dia 20

O arquipélago de ALcatrazes

O arquipélago de ALcatrazes

São Paulo (SP) – A mais longa regata da 41ª Ilhabela Sailing Week está oficialmente confirmada para o dia 20 de julho. Cerca de mil tripulantes, embarcados em mais de 130 veleiros participam da abertura do maior evento náutico da América Latinam sendo que as embarcações de determinadas classes disputarão a Regata Alcatrazes por Boreste, em homenagem à Marinha do Brasil. O contorno do arquipélago está oficialmente autorizado pela Estação Ecológica (ESEC) Tupinambás, vinculada ao Ministério do Meio Ambiente.

Principal atração da regata, o Arquipélago de Alcatrazes, a 45 km da costa de São Sebastião, concentra o maior viveiro de aves marinhas do Atlântico Sul. Várias espécies de répteis e uma flora única também se espalham pela ilha principal, além dos cardumes que habitam as águas que envolvem as 11 lajes e as ilhotas que compõem a chamada “Galápagos Brasileira”, devido à formação estimada há mais de dez mil anos. A ESEC Tupinambás foi criada justamente para proteger essa biodiversidade e atua como Unidade de Conservação federal sob a gestão do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), responsável pelos programas de pesquisa, proteção e preservação da biodiversidade, com poder de polícia ambiental.

“Considerando-se a extrema importância e sensibilidade do Arquipélago de Alcatrazes, é importante que os velejadores estejam cientes das consequências de possíveis distúrbios e impactos na vida marinha e terrestre do local, mantendo condutas ambientalmente corretas”, recomenda o analista ambiental, chefe da ESEC Tupinambás, Edilson Esteves. A Unidade de Conservação criada em 1987 também é responsável pelas atividades de educação ambiental.

A ESEC completará 27 anos de atividades no próximo dia 20, mesma data da Regata Alcatrazes por Boreste regata, em meio à expectativa da transformação do arquipélago em Parque Nacional Marinho. O projeto, em andamento no Ministério do Meio Ambiente com a finalidade de expandir a área protegida, conta com o apoio dos velejadores. Sob jurisdição da Marinha do Brasil, a formação é rodeada por águas transparentes, com visibilidade de até 20 metros no verão, o que permite a visualização de diversas cavernas e grutas submersas.

A Regata Alcatrazes por Boreste – Marinha do Brasil tem percurso de 60 milhas náuticas e o tempo dos vencedores apresenta variações extremas, de acordo com a intensidade do vento. O recorde da prova pertence ao veleiro argentino Cusi 5, que estabeleceu 6h12m26 em 2009, enquanto o vencedor da última edição, em 2013, o barco gaúcho Crioula, percorreu a mesma rota em 14h22m02, tornando-se o Fita Azul da regata.

A Ilhabela Sailing Week tem a organização do Yacht Club de Ilhabela e os patrocínios de Mitsubishi, Banco do Brasil e Correios. As regatas no Canal de São Sebastião reunirão embarcações das classes S40, ORC, IRC, C30, HPE-25, RGS, RGS Cruiser, Clássicos e Star, sendo que as regatas de ORC e Star também serão válidas pelo Campeonato Sul-americano de ambas as classes. As inscrições estão abertas no site oficial (www.ilhabelasw.com.br) e seguem até 13 de julho.

Da assessoria

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: