Pular para o conteúdo

Brasil tem quatro duplas na flotilha ouro do Mundial de 420

A equipe brasileira em Travemunde

A equipe brasileira em Travemunde

São Paulo (SP) – A dupla do Yacht Club Santo Amaro (YCSA), Eric Belda e Rodrigo Dabus, garantiu vaga na flotilha ouro do Campeonato Mundial da Classe 420, na Alemanha, que volta a ser disputado nesta sexta-feira (1º), com a fase final estendendo-se até domingo. Entre as dez duplas brasileiras que competem em Travemunde, cinco pertencem ao Audi YCSA Sailing Team, projeto voltado à Vela Jovem e que envolve as classes Optimist, Laser, 29er, 420 e Byte.

Eric e Rodrigo, atuais campeões brasileiros de 420 na categoria Júnior, iniciaram a fase de classificação entre 111 velejadores da categoria Open, que inclui duplas masculinas e mistas e conseguiram, ao fim da fase, posicionarem-se na primeira metade dos competidores para garantir vaga na flotilha ouro. O Lubecker Yacht Club (LYC) está recebendo 390 atletas distribuídos em 195 embarcações de 27 países. Os técnicos Felipe Caldeira e Bernardo Andt, o Baby, são os responsáveis pelo Audi Ycsa Saling Team no Mundial.

“O começo foi difícil com ventos fracos e muitos barcos sobre a linha de largada, situação que não enfrentamos no Brasil. Por isso a experiência já está válida”, afirmou Felipe Caldeira, o Coxa, que ainda relatou as palavras especiais de boas vindas aos brasileiros pronunciadas pelo presidente internacional da classe 420, o israelense Nino Shmueli, durante a cerimônia de abertura. É a maior equipe brasileira já enviada a um Mundial de 420.

Além de Eric e Rodrigo (51º), também conseguiram vaga na flotilha ouro, Tiago Brito e Andrei Kneipp (23º), do Clube dos Jangadeiros (RS). Thiago Ribas e Philipp Rump (45º), do Veleiros do Sul (RS) e Leonardo Lombardi e Gabriel Alves (56º), do Clube Naval Charitas (RJ). Outras três dupla do YCSA, Gabriel Elstrodt e Philipp Essle; Isabele Caldeira e Marcelo Peek (mista) e Ricardo Paranhos e Alexander Essle, vão disputar a flotilha prata. O espanhol Ruiz Jose Manuel lidera o Mundial seguido pelo compatriota Dominguez Adrán.

As representantes femininas do YCSA, Helena de Marchi e Elisa Von Fritsch, assim como, Carolina e Franziska, do Iate Clube do Rio de Janeiro, Letícia e Mareana, do Iate Clube Brasileiro, de Niterói, também estarão na flotilha para as regatas finais a partir desta sexta-feira em Travemunde. Kimberly Lim, de Singapura lidera à frente da italiana Carlotta Omari.

Classe Byte – Integrante do Audi YCSA Sailing Team, o velejador Pedro Corrêa, de 16 anos, prepara o embarque para Nanquim, na China onde representará o País nas regatas dos Jogos Olímpicos da Juventude, entre 16 e 28 de agosto. Desenvolvido pelo Projeto Ventos & Velas, de São Sebastião, Pedro assegurou a vaga na Represa Guarapiranga, ao conquistar o título do Campeonato Sul-americano da classe Byte, a escolhida para a competição a vela. Antes do embarque, haverá um seminário do COB nos dias 3 e 4 em São Paulo, destinado aos 97 atletas entre 15 e 18 anos, que disputarão 24 modalidades nos Jogos da China.

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: