Pular para o conteúdo

Arquivo de

Team New Zealand é o primeiro a confirmar inscrição na America´s Cup

O Oracle Racing, defensor da America´s Cup, tem andado muito quieto em relação à competição. As inscrições para desafiantes terminam no dia 8 de agosto e, apesar de quatro times terem dito que querem participar da competição (Luna Rossa (ITA), Artemis Racing (SWE), Team France (FRA) e Ben Ainslie Racing (GBR)), apenas o Team New Zealand pagou e está confirmado.

“A Nova Zelândia tem uma história antiga com a America´s Cup e esperamos que o Team New Zealand possa mais uma vez deixar a Nova Zelândia orgulhosa, como fez muitas vezes no passado”, disse Steve Burrett, comodoro do Royal New Zealand Yacht Squadron.

Round Britain and Ireland Race coloca em ação cinco barcos da Volvo Ocean Race

Os novos Volvo Ocean 65 se enfrentam a partir deste domingo (9) numa prévia da Volta ao Mundo. A regata Round Britain and Ireland Race será um ensaio da Volvo Ocean Race. Neste domingo (9), cinco dos seis barcos confirmados para a Volta ao Mundo se enfrentam nas águas britânicas. Estarão na linha de largada as equipes: Team SCA, Dongfeng Race Team, Abu Dhabi Ocean Racing, Team Alvimedica e a equipe espanhola – ainda sem nome definido. Apenas o Team Brunel decidiu não correr. Serão, pelo menos, cinco dias de regata, um teste e tanto para o evento, que começa pra valer em outubro.

Os comandantes das equipes estão bastante otimistas com a oportunidade de disputar uma regata de alto nível a bordo do novo Volvo Ocean 65. “Após a regata vamos saber realmente como está nosso nível de preparação”, disse Ian Walker, líder do Abu Dhabi. “Não nego que vou ter um olho a mais para ver a ação dos meus adversários na regata. Eu gostaria de ter algumas câmeras a bordo pra ver melhor”, brincou.

Recentemente, três equipes da Volvo Ocean Race participaram de uma regata nas Ilhas Canárias. Entre as tripulações estava o Team SCA, time que está a mais tempo se preparando para as prova. “Nós ainda estamos aprendendo. Precisamos descobrir no barco alguns atalhos e tirar o ponto forte de cada uma”, disse Libby Greenhalgh. “A regata britânica será como a espanhola do mês passado, porém as equipes estão cada vez mais prontas”.

Sam Davies, companheira de Libby Greenhalgh, concorda: “Temos que reconhecer que somos a zebra, pois temos menos experiência do que os outros times. Por isso, não vamos esconder o jogo na regata. A ordem é dar o melhor”.

O Team Alvimedica terá a primeira oportunidade de enfrentar os rivais. A equipe de bandeiras turca/norte-americana quer aproveitar ao máximo essa chance. “A regata será beirando a costa. Vamos visualizar bastante nossos adversários em ação. Resumindo, será uma prova com foco em manobras. Nós ainda não fomos testados assim”, disse Mark Towill.

O time espanhol, que ainda não tem seu patrocinador principal, recrutaram experiente Gonzalo Araújo para o Round Bretain. Mais um reforço para dar mais bagagem à equipe de Iker Martínez. “Com o pouco tempo de preparação que temos, nós precisamos de toda a ajuda possível”, disse o comandante. Araújo correu no Telefónica Black na Volvo Ocean Race 2008-09.

Gonzalo Araújo atualmente integra a tripulação do TP52 equipe brasileira do Phoenix na Copa de Rey Mapfre, disputada até sábado (8) em Palma de Maiorca.

Os chineses Dongfeng Racing Team também entram na regata para aprender e testar o nivel. “Posso dizer que o nosso nível agora será bem diferente do final da regata. Nosso foco é melhorar aos poucos”, contou líder Charles Caudrelier. “A regata está começando”.

Só o Team Brunel não foi para a Round Britain. O comandante holandês Bouwe Bekking foi categórico: “Não vamos mostrar nosso jogo. Por isso ficamos treinando”.

Aquece Rio: Brasil encerra participação em duas classe entre os dez melhores

Medal Races das pranchas foram disputadas com vento fraco. Regatas do 49erFX foram anuladas

Muita onda na raia do 470

Muita onda na raia do 470

O Aquece Rio International Sailing Regatta está chegando ao fim. Nesta quinta-feira foram realizadas as medal races das classes RS:X masculino e feminino e o Brasil participou das duas. Bimba Winicki encerrou a sua participação na competição na 6ª colocação, enquanto Patrícia Freitas ficou em 7º.

O dia começou com vento muito fraco e, por isso, as Comissões de Regata optaram por deixar os velejadores esperando em terra. Já passava das 14h quando finalmente as regatas começaram.

Na raia do Pão de Açúcar, bem próxima do público, foi realizada primeiro a medal race masculina e, em seguida, a feminina. O vento estava bastante fraco em ambas e o físico dos velejadores foi bastante exigido. No final, o título ficou com o holandês Dorian Van Rijsselberge e com a francesa Charline Picon.

“Foi um campeonato muito bom, eu tinha o objetivo de ficar entre os cinco, mas acabei em sexto. Mais uma vez a baía de Guanabara surpreendeu com o regime de ventos. Este foi o segundo teste que a classe fez para as Olimpíadas e desta vez tivemos oito regatas com vento e uma sem vento. Preciso admitir que a baía está mesmo ficando mais limpa, mas ainda falta a conscientização das pessoas para que não joguem mais lixo nas praias”, disse Bimba.

As outras oito classes também sofreram com o vento fraco. O 49erFx chegaram a ir para a água, porém não velejaram. As demais fizeram apenas uma regata cada.

“O vento estava bem fraco na raia da Ponte e a regata seria decidida na largada. Eu achei que ia dar na esquerda e realmente era o lado certo. Montei já em primeiro, mas aí o vento diminuiu muito e surgiu a dúvida se a regata seria anulada ou não. Acabou tendo um encurtamento de percurso e a regata foi completada. Estou bem feliz e este resultado me faz subir um pouco no acumulado. O inglês e o australiano estão bem consistentes esta semana, mas ainda faltam mais três regatas amanhã e, se conseguirmos completar, espero conseguir encostar mais neles para a disputa da Medal Race”, disse Robert Scheidt, que está em quarto na Laser.

Para esta sexta-feira está prevista a entrada de uma frente-fria e, por tanto, o vento deverá aumentar. As largadas estão previstas para as 12h. As classes 49er, 49erFX, Finn e Nacra disputarão a medal race, em que apenas os dez primeiros participam e tem pontuação dobrada.

Os resultados completos podem ser vistos em www.aquecerio.com.

Os atletas brasileiros disputam o Aquece Rio International Regatta com o apoio da Confederação Brasileira de Vela e do COB. A CBVela tem o patrocínio do Bradesco e apoio da Slam.

 

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: