Pular para o conteúdo

Arquivo de

Martine Grael e Kahena Kunze são ouro no Aquece Rio

Na medal race da Finn, Jorginho Zarif quebrou e fechou o evento na quarta colocação

Fred Hoffmann registrou as campeãs com o team leader Torben Grael

Fred Hoffmann registrou as campeãs com o team leader Torben Grael

O segundo dia de medal races do Aquece Rio International Regatta foi mais do que positivo para o Brasil. A dupla líder do ranking mundial Martine Grael e Kahena Kunze somou oito pontos nas duas medal races da classe 49er FX e venceu a competição com seis pontos de vantagem sobre as neozelandesas Alex Maloney e Molly Meech, segundas colocadas.

“Hoje foi difícil porque as regatas estavam perto da areia e o vento tava rondado o tempo todo. Principalmente essa última regata, que foi de recuperação para gente. É sempre bom ganhar em casa, com a família e todos os amigos torcendo. Eu adoro! Mas a classe é muito nova, tá evoluindo a cada competição e até a Olimpíada muita coisa pode mudar”, contou Martine Grael.

Quem também venceu foram as meninas do 470 Renata Decnop e Isabel Swan. A classe esperou o vento por mais de três horas e no final conseguiu fazer apenas uma das três regatas programadas para o dia, fechando a fase classificatória com sete regatas. “Foi um dia longo já que o vento demorou a chegar na raia da Ponte. Quando entrou, nós conseguimos velejar bem e montamos a primeira boia já em primeiro e administramos até o final”, disse Isabel.

Já Robert Scheidt venceu a primeira regata do dia e foi 7º na segunda, assumindo a terceira colocação geral da Laser. Ele chega na medal race neste sábado ainda na briga pelo ouro.

Na Finn, que chegou ao final nesta sexta-feira, a medalha de bronze escapou por pouco das mãos de Jorge Zarif. O jovem talento quebrou a cana de leme quando estava na segunda colocação na medal race e finalizou o evento no quarto lugar.

Na 49er, Marco Grael e Gabriel Borges somaram oito, nove e sete nas medal races e finalizaram sua participação no evento na nona colocação geral.

Os resultados completos podem ser vistos no site http://www.aquecerio.com.

Para este sábado estão programadas as medal races das classes 470 masculino e feminino, Laser Radial e Laser Standard. As largadas estão previstas para as 13h. Novamente as raias serão montadas próximas à praia do Flamengo.

Os atletas brasileiros disputam o Aquece Rio International Regatta com o apoio da Confederação Brasileira de Vela e do COB. A CBVela tem o patrocínio do Bradesco e apoio da Slam.

 

Brasil encerra participação no Aquece Rio com oito barcos entre os dez melhores

Time canarinho foi o quarto colocado no ranking geral de países

IMG_1878_3000x1715

Terminou neste sábado na Marina da Glória o Aquece Rio International Sailing Regatta, primeiro evento teste para as Olimpíadas Rio 2016. Foram sete dias de competições para as dez classes olímpicas. O Brasil obteve bons resultados, com sete barcos entre os top 10. O melhor resultado foi de Martine Grael e Kahena Kunze na classe 49er FX. A dupla líder do ranking mundial subiu mais uma vez no lugar mais alto do pódio.

Neste sábado foram realizadas as últimas medal races, das classes Laser Radial, Laser Standard, 470 masculino e feminino. O Brasil esteve na água com Robert Scheidt, na Standard, e com Renata Decnop e Isabel Swan e Fernanda Oliveira e Ana Barbachan na 470.

O dia começou com uma garoa fina e sem vento Os velejadores chegaram a esperar mais de uma hora antes de irem para a água, quando finalmente o vento entrou, bastante fraco.

A primeira medal race do dia foi a do Laser Standard. Robert Scheidt começou bem, porém foi penalizado e acabou a regata na oitava colocação. O resultado o deixou em quarto lugar, a 3,2 pontos do terceiro. O campeão do Aquece Rio foi o australiano Tom Burton.

“Pra mim foi um campeonato de altos e baixos, os primeiros dias foram um pouco irregulares, depois consegui melhorar. Hoje eu tive um bom início de prova, mas cometi um erro grande no primeiro popa que me colocou em uma situação bem difícil na regata. Eu consegui me recuperar, mas acabei na quarta colocação geral. Fiquei um pouco decepcionado, mas tiro boas lições da competição”, disse Robert.

Na medal race de 470, o Brasil esteve representado por duas duplas: Renata Decnop/Isabel Swan e Fernanda Oliveira/Ana Barbachan. Com ventinho bastante fraco, as gaúchas Fernanda e Ana acabaram na segunda colocação, enquanto Renata e Isabel foram penalizadas na largada e acabaram em oitavo.

O Brasil não teve representantes nas medal races de Laser Radial e 470 masculino.

CBVela anuncia critério de seleção para equipe olímpica – Após as premiações das regatas do dia, a CBVela promoveu uma coletiva de imprensa para apresentar os critérios de seleção da equipe que vai disputar os Jogos do Rio 2016.

Os 15 atletas, das dez classes olímpicas, entrarão no time por indicação do Conselho Técnico da Vela – CTV. Todos os velejadores que estão em campanha olímpica estão sendo avaliados desde janeiro, quando foi realizada em Niterói a Copa Brasil de Vela. Serão considerados os principais campeonatos nacionais e internacionais, incluindo etapas da Copa do Mundo, os Mundiais das classes, a Copa Brasil de Vela e o Evento Teste.

“Esta foi uma semana excelente, de ótimos resultados, de união e formação da equipe. Certamente foi mais um passo rumo à 2016”, disse Marco Aurélio de Sá Ribeiro, presidente da CBVela.

Resultado final da equipe brasileira:

FX
1. Martine Grael e Kahena Kunze, 18 pontos perdidos *
10. Juliana Senfft e Gabriela Nicolino, 62 pp *

49er
9. Marco Grael e Gabriel Borges, 72 pp *
14. Dante Bianchi e Thomas Lowbeer, 72 pp

Laser
4. Robert Scheidt, 51 pp
12. Bruno Fontes, 68 pp

Radial
19. Maria Cristina Boabaid, 113 pp
24. Fernanda Decnop, 133 pp

Finn
4. Jorge Zarif, 63 pp *
17. Bruno Prada, 130 pp

RS:X M
6. Ricardo Santos, 67 pp *
20. Albert Carvalho, 124pp

RS:X W

7. Patricia Freitas, 61 pp *
19. Bruna Martinelli, 125 pp

470 W
5. Fernanda Oliveira e Ana Barbachan, 41 pp
6. Renata Decnop e Isabel Swan, 48 pp

470 M
14. Henrique Haddad e Bruno Bethlem, 73 pp
20. Geison Mendes e Gustavo Thiessen, 94 pp

Nacra
13. Samuel Albrecht e Geórgia Rodrigues, 76 pp
16. Clinio de Freitas e Claudia Swan, 100 pp

* Os nomes marcados com * disputaram a medal race, regata em que participam apenas os dez primeiros e que tem pontuação dobrada.

Os atletas brasileiros disputaram o Aquece Rio International Regatta com o apoio da Confederação Brasileira de Vela e do COB. A CBVela tem o patrocínio do Bradesco e apoio da Slam.

 

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: