Pular para o conteúdo

Antônio Aranha e Alexander Essle conquistam o Audi 29er Challenge na Represa Guarapiranga

Os quatro barcos em ação na Guarapiranga

Os quatro barcos em ação na Guarapiranga

 

São Paulo (SP) Antonio Aranha e Alexander Essle venceram a primeira edição do Audi 29er Challenge neste fim de semana (30 e 31) na Represa Guarapiranga. A dupla do Yacht Club Santo Amaro (YCSA) conquistou duas vitórias e um segundo lugar em três regatas, totalizando quatro pontos perdidos, mesma pontuação de Leo Lombardi e Marcelo Peek (RJ/SP), porém, com vantagem no confronto direto, como critério de desempate. André Fiuza e Stephan Kunath, também do YCSA, ficaram em terceiro, com seis pontos.

Com oito tripulações, cada uma com nome de um carro da Audi, ocupando quatro barcos, em rodízio, Antonio e Alexander chegaram a vencer mais duas regatas no domingo, que seriam quarta e quinta provas, mas outras duplas ainda não haviam deixado o bote de apoio para embarcar no 29er quando o vento noroeste, entre 10 e 12 nós, repentinamente, rondou para sul com rajadas de até 22 nós (40 km/h). Por medida de segurança, a Comissão de Regatas ordenou que os velejadores retornassem ao YCSA.

As regatas que chegaram a ser disputadas no domingo (31) foram canceladas e prevaleceu a classificação do dia anterior, suficiente para validar o campeonato. “O desafio foi muito importante para divulgar a classe e fazer com que mais velejadores conhecessem o barco”, afirmou o vencedor Antonio, representante brasileiro na 29er no Mundial da Juventude, em julho, em Tavira (POR), ao lado de Stephan Kunath.

O novo proeiro de Antonio no Audi 29er Challenge, Alexander Essle, ficou empolgado com a experiência. “Já havia velejado algumas vezes na classe para que o Antonio tivesse adversário durante os treinos. Gosto muito do barco porque é veloz, é divertido, mais fácil de planar. Meu objetivo é correr o Mundial da Juventude de 29er em 2015, na Malásia”, revelou o velejador do Audi YCSA Sailing Team.

Campanha olímpica – O vice-campeão Leo Lombardi, do Iate Clube do Rio de Janeiro, subiu no barco pela primeira vez. “Fiquei impressionado com a rapidez do 29er, mas apesar da asa, o barco é mais instável. A velejada torna-se mais desafiadora do que na classe 420 porque no início é difícil conciliar velocidade com estabilidade”. O proeiro Marcelo Peek (YCSA), vice com Lombardi, também é velejador de 420. “Talvez eu faça campanha olímpica de 49er para Tóquio, em 2020”, resumiu Lombardi.

A classe 29er, consolidada principalmente na Europa e na Austrália, é considerada como categoria de acesso à olímpica 49er. As mulheres, mesmo pouco entrosadas com a classe, encararam com boa vontade o Audi 29er Challenge. “Foi minha primeira velejada no barco. Notei que, apesar de monocasco, é semelhante aos catamarãs em que velejo com relação à velocidade. Vieram duplas da Bahia e do Rio. O desafio foi bem interessante”, comparou Caroline Sylvestre, que desenvolve campanhas olímpica de Nacra e pan-americana de Hobie Cat, ao lado de Marcos Ferrari, para os Jogos de 2016 e 2015, respectivamente.

Com apoios da CBVela, que escalou o técnico Bernardo Arndt, o Baby, para acompanhar e orientar as duplas, e da Fevesp (Federação de Vela do Estado de São Paulo), os organizadores consideraram a missão cumprida. “O objetivo de reunir os velejadores interessados em conhecer melhor a classe, foi atingido. Eles viram que o barco é moderno, veloz e que plana sem muita dificuldade”, considerou o gerente geral do YCSA, Marcos Biekarck. A North Sails também apoiou a iniciativa.

O YCSA conta com três embarcações 29er. Um é de Antonio Aranha, outro dos gêmeos Philipp e Alexander Essle e o terceiro do Audi YCSA Sailing Team. “Pretendemos organizar até o final do ano mais dois desafios com esse formato, com disputa das regatas em revezamento. Os velejadores aprovaram”, concluiu o coordenador náutico do YCSA, Marco Del Porto, também coordenador nacional da classe 29er.

Classificação final
1º Aranha/Essle (YCSA) – 4 pontos – Equipe Audi R8
2º Lombardo/Peek (ICRJ/YCSA) – 4 pontos – Equipe Audi RS6
3º Fiuza/Kunath (YCSA) – 6 pontos – Equipe Audi Q5
4º Philipp/Hilbert (YCSA/ICRJ) – 6 pontos – Equipe Audi RSQ3
5º Guguinha/Breno (ICRJ) – 8 pontos – Equipe Audi Q3
6º Irmãos Carvalho (YCBahia) – 9 pontos – Equipe Audi RS7
7º Cruz/Sylvestre (YCB/YCSA) – 14 pontos – Equipe Audi S3
8º Hollnagel/Buuk (YCSA) – 15 pontos – Equipe Audi Q7

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: