Pular para o conteúdo

Circuito Conesul encerra primeira etapa com equilíbrio entre as tripulações

Competição da vela de Oceano gaúcha já tem seu primeiro campeão: Bravíssimo, na J24

A primeira etapa do Circuito Conesul de Vela de Oceano realizada neste fim de semana no Veleiros do Sul mostrou que a briga entre os competidores pela liderança está parelha. Com duas regatas já disputadas os barcos C’est la Vie , de Henrique Dias, e Patron, de João Ritzel Remédios, estão empatados em três pontos cada um na classe ORC Internacional. O Patron venceu a regata média no sábado e o C’est la vie chegou em segundo lugar e hoje as posições ficaram invertidas na classificação da regata de barlasota.

“Está tudo igual na pontuação e agora nossa expectativa é para o Troféu Seival. Minha vontade está totalmente voltada para esta regata longa no próximo fim de semana. E mais uma vez minha tripulação mostrou o talento de cada um dos velejadores”, avaliou o comandante do Patron, João Ritzel.

Na classe RGS a disputa está ainda mais pegada. O Alga, de Adriano Santos, manteve a liderança por ter vencido a regata média e chegado em terceiro lugar na barlasota. Em segundo lugar vem, o barco Taz, de Augusto Moreira, que ganhou a regata neste domingo. No entanto os cinco primeiros colocados estão com a pontuação muito equilibrada.

Já a classe J24 encerrou a sua participação no Circuito Conesul com a vitória do barco Bravíssimo, de Renato Plass, que chegou em primeiro lugar nas duas regatas. E a classe Microtoner 19, o 14 Bis, de Humberto Blattner se mantém em primeiro lugar na geral.

Neste domingo a programação era de duas regatas de percurso barlasota, mas apenas uma pode ser realizada devido à falta de vento no início da tarde. As tripulações tiveram que esperar na raia por mais de duas horas até a largada que ocorreu com vento sudoeste de seis nós e quando virou para a direção sul subiu de intensidade para 12 nós.

Regatas Longas encerrarão o Circuito

O 23º Circuito Conesul continua no sábado, dia 20, com a realização das regatas de longa distância: 44° Troféu Seival para as classes ORC Internacional e Bico de Proa Monocascos, cujo percurso é feito pelo rio Guaíba e Lagoa dos Patos, a 25ª Regata Farroupilha (BRA-RGS e Microtoner 19). O Troféu Seival é uma das regatas mais longas em água doce do Brasil, com 70 milhas de distância, e é disputada ininterruptamente desde 1970. Além das regatas longas será disputado o 17º Velejaço Farroupilha (barcos de cruzeiro).

As largadas serão a partir das 11 horas numa linha no Centro Cultural Usina do Gasômetro. Haverá a cerimônia cívica com hasteamento das bandeiras na abertura do evento. O público poderá acompanhar o começo das regatas da beira do Guaíba na zona central da Cidade. O 23º Circuito Conesul conta com o apoio do estaleiro Delta Yates. O encerramento será no domingo (23) com a premiação às 17 horas.

Da assessoria

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: