Pular para o conteúdo

Camiranga é fita-azul da Refeno

Tripulação do gaúcho "Crioula", Camiranga, o belo Soto65 que foi o primeiro a ver Noronha este ano.

Tripulação do gaúcho “Crioula” Camiranga, o belo Soto65 que foi o primeiro a ver Noronha este ano.

Uma das mais tradicionais regatas do calendário da vela oceânica do Brasil, a Refeno teve seu início no último dia 27 de setembro, com 67 inscritos. E o primeiro barco a aportar no paraíso (ou Fernando de Noronha, dá na mesma), foi o novíssimo Camiranga, um Soto 65, comandado por Samuel Albrecht, que fez a sua estreia em regatas.

A bordo, reforçando a equipe, os gaúchos Alejandro Comas, Alexandre da Rosa, Augusto Streppel, Daniela Gershenson, Diego Garay, Eduardo Plass, Eduardo Ribas, Fabricio Streppel, Geison Mendez, Jaqueline Plass, Matias Bevacqua, Ney Amaral, Pedro Cruz, Renato Plass e Ricardo Englert, que fazem parte da equipe Crioula. O time levou 22h e 43 minutos para completar o percurso de 300 milhas náuticas.

Confira abaixo quem foram os campeões em cada classe:

RGS-A:

  1. Terroso (Carabelli 54)
  2. Tapioca (Oceanis 55)
  3. Mussulo III – Team Angola (Bavaria 55)

RGS-B:

  1. Tangará II (Farr 40)
  2. Avatar (Volker 44)

ORC:

  1. Camiranga (Soto 65)
  2. Marujos (Bruce Farr)
  3. Ventaneiro 3 (Dufour 500)

Mocra:

  1. Ave Rara (Tricia 36)
  2. Avoador 2 (Pérola 38)
  3. Zen (Pérola 38)

Bico de Proa

  1. Oceanis (OC54)
  2. Sogno (Oceannis 50)
  3. Odara (Delta 45)

 

 

 

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: