Pular para o conteúdo

Com vídeo: Team Alvimedica vence a primeira inport da Volvo Ocean Race

Selfie do príncipe da Suécia

Selfie do príncipe da Suécia

O Team Alvimedica venceu, neste sábado (4), a regata local de Alicante, na Espanha. A prova foi a primeira da Volvo Ocean Race 2014-15 e mostrou o equilíbrio da flotilha de sete embarcações. Durante os 52 minutos da também chamada In-port Race, as posições se inverteram no Mar Mediterrâneo: Team Vestas liderou no começo, os chineses do Dongfeng tomaram a ponta e o Abu Dhabi parecia que ganharia após o penúltimo contorno de boia. Mas, o barco turco/norte-americano de Charles Enright cruzou a linha de chegada na ponta. A equipe é a mais nova da Volta ao Mundo – média de idade inferior a 30 anos.

A equipe é patrocinada por uma empresa de medicina com sede na Turquia e comandada por jovens idealistas da vela oceânica: Charles Enright e Mark Towill. Os dois se conheceram no set de filmagens do Morning Light, rodado pela Disney. O filme sobre a modalidade inspirou a criação da equipe mais jovem desta edição e talvez da história.

“Treinamos muito! Repetimos manobras várias vezes e por isso vencemos. Sei que não representa muito para o título, mas tenho a sensação de que podemos velejar bem mais vezes. Estamos muito felizes”, comemorou Charles Enright.

O Team Alvimedica terminou seis segundos na frente do Abu Dhabi. O espanhol MAPFRE, que tem o brasileiro André ‘Bochecha’ Fonseca como integrante, ficou em terceiro lugar, apenas 25 segundos do primeiro colocado.

“Os barcos são preparados para as etapas – também chamadas de pernas – e por isso a regata local se torna diferente em vários aspectos. As equipes escolhem seus atletas apenas para as provas mais longas. O objetivo é mostrar os times ao público”, disse André ‘Bochecha’ Fonseca, único brasileiro velejando na Volvo Ocean Race”.

A regata local teve seis contornos de boia e com ventos de 14 nós. O público lotou a orla de Alicante e a Vila da Regata para assistir a prova.

A regata não vale pontos para a classificação geral – apenas em caso de desempate no final do evento. Porém, a prova faz parte de um campeonato a parte chamado de Volvo Ocean Race In-port Series.

Futuro: Antes da regata local, o CEO da Volvo Ocean Race, Knut Frostad, confirmou que a próxima edição do evento, a de 2017-18, também terá barcos de design único – os mesmos Volvo Ocean 65 usados hoje – e com mais equipes.

A Volvo Ocean Race mudou os rumos para essa temporada ao centralizar toda a produção e fabricação de peças e barcos. Na Fórmula 1, por exemplo, cada escuderia cria seu próprio carro de acordo com uma regra aberta. Na Volta ao Mundo atual não! Na água, quem faz a diferença é o velejador e não um projetista.

O CEO da Volvo Cars Group, Håkan Samuelsson, e o presidente da Volvo, Olof Persson, referendaram as posições do representante maior da Volvo Ocean Race.

“Tivemos de mudar a mentalidade dos nossos fornecedores. Eles nunca tinham feito duas peças idênticas, por exemplo. Mas estudamos a mudança, apresentamos e todos apoiaram”, disse Knut Frostad. “Eu nunca estive tão otimista. As equipes já perceberam essa mudança”.

A primeira etapa da Volvo Ocean Race começa no próximo sábado (11). Os barcos largam da Espanha rumo à África do Sul, mais precisamente para a Cidade do Cabo.

Príncipe da Suécia sobe no mastro e faz selfie: O príncipe sueco Carl Philip decidiu sair do protocolo real e se desafiar subindo no topo do mastro do barco Dongfeng, que disputa a Volvo Ocean Race. O herdeiro do trono da Suécia escalou os 30 metros da vela principal, copiando a ação dos velejadores. Sem mostrar medo, Carl Philip fez até uma selfie. “Foi um privilégio, uma experiência única”, disse o príncipe. “Estava bastante seguro lá no alto”.

Os velejadores fazem regularmente a mesma ação que o príncipe Philip fez, mas com mais adrenalina e perigo. Muitas vezes, os atletas são obrigados a subir no topo do mastro com mais de 15 nós de vento e o barco inclinado.

Carl Philip é patrono da Volvo Ocean Race. O evento de Volta ao Mundo começou neste sábado (4) com a In-port Race – Regata Local. A primeira etapa está marcada para o próximo sábado (11).

Classificação:

1º – Team Alvimedica

2º – Abu Dhabi Ocean Race

3º – MAPFRE

4º – Team Brunel

5º – Dongfeng Race Team

6º – Team SCA

7º – Team Vestas

 

Da assessoria

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: