Pular para o conteúdo

Melhores velejadoras do mundo, Martine Grael e Kahena Kunze encerram ano com competição em casa

Copa Brasil de Vela vai ser válida como Campeonato Brasileiro da classe 49er FX

Renata Decnop e Isabel Swan querem o título brasileiro. Foto de Fred Hoffmann

Renata Decnop e Isabel Swan querem o título brasileiro. Foto de Fred Hoffmann

Faltando pouco menos de duas semanas para o início da Copa Brasil de Vela, a dupla Martine Grael e Kahena Kunze intensificou os treinos na baía de Guanabara. O Objetivo delas é não apenas conquistar a medalha de ouro na competição, mas de quebra ficar com bicampeonato Brasileiro da classe 49er FX, já que os dois eventos serão disputados juntos. Além da classe 49er FX, a Copa Brasil de Vela também será válida como Campeonato Brasileiro para as classes 49er e 470 masculino e feminino.

“A Copa Brasil de Vela vale como nosso campeonato brasileiro e para nós vai ser bem importante terminar o ano com um campeonato no Brasil. Estamos treinando bastante! Eu vou literalmente velejar na porta de casa e não sei dizer se é mais fácil ou mais difícil, mas com certeza é muito mais legal!” disse Martine Grael.

“Vai ser muito legal competir mais uma vez em casa, com outros barcos estrangeiros. Não é na mesma época dos Jogos, mas é possível treinar na raia olímpica. Na primeira edição nós tivemos uma experiência muito legal, com a presença do público, e queremos repetir!”, completou Kahena.

Classe 470 será uma das mais disputadas

A 470 será a classe das estrelas. Nomes como Mathew Belcher e Wil Ryan, ouro em Londres e no último mundial, Luke Patience e Elliot Wilis, prata em Londres, e Hanna Mills e Saskia Clarck, prata em Londres e terceiro no Mundial já confirmaram a sua presença na Copa Brasil. E apesar de saber que estarão competindo em nível olímpico, as niteroienses Renata Decnop e Isabel Swan prometem brigar pelo título de campeãs brasileiras.

“A Copa Brasil vai ser nosso primeiro grande evento depois do Mundial da Espanha. Estamos saindo de um longo período de treino, no qual buscamos melhorar as coisas que nos impediram de ter um resultado melhor no Mundial, e vai ser a primeira oportunidade de colocar em prática tudo o que treinamos. Estaremos competindo um Brasileiro com nível internacional já que muitas equipes estrangeiras estarão por aqui. Em campeonatos brasileiros normalmente somos no máximo três equipes femininas, mais uma meia dúzia no masculino, então vamos aproveitar o máximo esta oportunidade”, disse Renata.

As regatas para todas as classes começam no dia 16, terça-feira. As classes 49er e 49er FX, RS:X masculino e feminino, e Nacra tem 12 regatas programadas. As demais, dez. No sábado, dia 20, serão disputadas as regatas da medalha, que são mais curtinhas e bem próximas da praia. Quem estiver em São Francisco vai poder sentir de perto toda a emoção de uma regata e torcer para o seu velejador favorito.

Para saber mais informações sobre a competição, conferir fotos e resultados, acesse www.copabrasildevela.com.br.

A Copa Brasil de Vela tem organização da CBVela e conta com o patrocínio do Bradesco, Prefeitura de Niterói, Grupo Águas do Brasil e BG Brasil através da Lei de Incentivo ao Esporte, e com o apoio da Slam.

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: