Pular para o conteúdo

Resumão, ão, ão: VOR,Antígua, Hyères, 29er, HPE, Pouluição, acidente, Dingue, SC, OP e mais, muito mais!

Tipo assim, você velejou 17 dias e mais de 5.500 milhas e a 20 milhas da chegada esta é a situação. Vida ao extremo!!

Tipo assim, você velejou 17 dias e mais de 5.500 milhas e a 20 milhas da chegada esta é a situação. Vida ao extremo!!

Dongfeng vence 6ª perna da VOR em retorno triunfal em Newport, MAPFRE em quarto. Japoneses desafiam a Copa América. Atrevida é vice-campeão em Antígua. Girl Power: Fernanda Oliveira e Ana Barbachan vencem em Hyéres, Martine e Kahena são vices, Patrícia Freitas é bronze.

E mais: SAP vence eXtreme Sailing na China. Musandan bate recorde da volta à Irlanda. Tragédia no Alabama mata 6 velejadores. Zeus vence regata Fortalezas em SC. Banho de secretário desafio o bom senso na poluída Guanabara. Na Gaastra Palmavela 160 barcos de 16 países dão a largada do circuito Mediterrâneo. Antonio Aranha e Alexander Essle são campeões brasileiros de 29er em SP. Banco de tripulantes para o Brasileiro de HPE. Luiz Paulo Gonçalves e Diogo Petersen vencem RJ de Dingue em Búzios

Agenda: Transat Jacques Vabre rumo a Itajaí terá Edu Penido representando o Brasil. Tradicional Taça dos Lagos neste sábado na Guarapiranga. Copa Swift Sport é warm-up pra Semana de Ilhabela. Europeu de Star com brasucas em Gaeta. Circuito solitário de Beneteau Figaro na França.

Vídeos: Slide super show de Capizzano do SulAm de OP em Paracas. Resgate dramático ontem nos Açores retira o norueguês amigo do Brasil Guttman de seu Swan44. Troco veleiro por Apartamento no #SAL17. AC45 da Oracle veleja nas Bermudas. O melhor da semana de vela de Antígua. O capotamento sensacional do Gunboat G4 em St. Barths.

Estréia da seção #ihdeumerda 

Boa noite querido amigo e mais que querida amiga, eis que voltamos a modular nesta frequência depois de um extenso interregno carioco-itajainense na sequência da largada da 6ª perna da VOR. Bem, aqueles mais afoitos já sabem que para acompanhar as novidades diárias da vela é visitar meu FeiciBuque: http://bit.ly/FB_MuNov .

E prepare-se porque a missiva é grande. Mas não se aflija! Assim como um jornal ou uma revista você não precisa ler tudo de uma vez. Guarde para depois, leve seu tablete para o banheiro, imprima e leia off-line na floresta, imprimae plastifique e leia no barco. Está começando mais um meu, um seu, um nosso resumão do manza direto do covil do Posto 6. Mas vamos direto ao ponto porque as novidades são muitas!

VOR – Acabou! Pois é!! A flotilha one design dos velejantes seis VO65 está toda reunida nas tradicionais águas de Newport enquanto você lê estas mal traçadas. A 6ª perna da regata de volta ao mundo viu o sino-gaulês Dongfeng, de Charles Caudrelier, navegar de Itajaí até a costa leste dos EUA em 17d 9h 3m 0s. Precisamente 3m e 25s depois chegou o Abu Dhabi, do comandante Ian Walker e líder da regata.

Detalhe é que ao fim da quarta perna os dois ponteavam a regata empatadinhos da silva. Daí, aconteceu aquilo que já sabemos, o Abu Dhabi venceu e 5ª perna, nas proximidades do Horn a jaqueira chinesa caiu, eles desistiram e foram para Ushuaia, ficando 7pts atrás dos líderes árabes, ainda em 2º lugar.

E passaram a correr (o barco vindo pro Brasil a vela e a motor e o mastro passeando nos aviões cargueiros desde Auckland até Itajaí) para tentar largar em Santa Catarina. Bem, largaram… E correram… E venceram…  O mito da fênix redivivo! Para ser melhor, só mesmo se tivessem aberto uma vantagem maior do que apenas um ponto entre eles os rivais emirati.

Novamente a flotilha estava bem compactada e o Brunel, de Bouwe Bekking, veio 50 minutos atrás de Ian Walker, Chunny Bermudez, Si-Fi e seus asseclas para fechar o pódio. O “nosso” MAPFRE, com Xabi Fernandez no comando, já que Iker Martinez desembarcou novamente nesta perna, e com o capitão de turno André “Bochecha” Fonseca a bordo chegou quase 40 minutos depois para ficar em 4º na 6ª perna.

O time mais aguardado, no entanto, era, sem dúvida, o Alvimedica, já que Charles Enright, o quase amador comandante da nave turco-americana é nascido, criado e velejado em Newport. Só que deu ruim… Os caras vieram 3h e 50m depois dos espanhóis do barco vermelho e só não seguraram a lanterna porque as meninas do SCA, da comandante Sam Davies, novamente fizeram um começo de perna super consistente e novamente foram caindo, caindo.

E no fim, aproximadamente 6 horas e meia depois dos ianques e quase 11 horas depois do vencedor, cruzaram a linha em Rhode Island. De toda forma, pensar que apenas 11 horas separaram a flotilha depois de mais 5.500 milhas navegadas só mostra que as regatas de oceano estão cada vez parelhas. Show!

Em tempo, quem também corre, e muito, por fora é a galera do estaleiro Persico, em Bergamo, nos arredores de Milão, na Itália, onde o Vestas vai operando o milagre da ressuscitação. Por lá os caras estão à frente do cronograma e parece cada vez mais certo que o time vai realmente voltar em Lisboa.

Uma grande história também onde o comandante Chris Nicholson mostrou grande marinharia e espírito marinheiro no começo do desastroso episódio e depois, no fim, com a demissão do navegador, a meu ver, deu uma escorregada meio feia. Afinal, que eu saiba, comandante é comandante e em última instância o responsável por tudo que se passa a bordo. Ou mudou algo? Assumir tudo na primeira semana e dividir o erro e depois chamar toda tripula de volta menos o navegador que errou, ficou meio feio, acho. Pano rápido… De qualquer forma, vai ser legal ver o barco azul navegando novamente!

Para súmulas gerais y otras cositas más dê seu clique em http://bit.ly/VOR_14_15

Copa América – A eterna novela dos meninos mimados de bolsos cheios e espíritos vazios continua. Apesar da desistência do Luna Rossa/Prada, da demissão de Dean Barker do Team New Zealand, da mudança dos prometidos AC62 para os mais econômicos AC45, da retirada da Copa América da… Bem, América(!), onde, pela primeira vez desde 1851, um defensor abdica de suas próprias águas nacionais, indo para a britânica Bermuda, a despeito disso tudo pintou mais um time. E é japa! Liderado por Kazuhiko Sofuku, conhecido como “Fuku”, o SoftBank Team Japan já foi aceito pelo defensor Oracle Team.

Dizem as más línguas que tanto no extremo oriente quanto na França a parte do leão vem do mesmo bolso, o de Larry Ellison, o biliona dono da Oracle, que quer assegurar um mínimo de times participantes. E como as máquinas que voam sobre as águas e os velejadores que as conduzem não têm nada com isso, o Oracle treinou nas Bermudas e deu show de imagens (confira abaixo, em Vídeos).

E para encerar duas falas ótimas sobre a Copa. A lenda Loïck Peyron disse “hoje me dia, nestes AC45 você só precisa de um motorista com cérebro, um trimmer de vela-asa e alguns hamsters para girar as manivelas”. Já Steve Clarke disse: “É impressionante como cada novo defensor da Copa América faz o anterior parecer bem menos ruim”. Faz parte!

De qualquer forma, no fim, vamos todos vibrar com o verdadeiro show de imagens e velocidade que estes superveleiros voadores proporcionam. Faz parte 2!!

Antígua – Nosso caro Marquinho Lagoa está, por assim dizer, levando uma vida razoável fora da sua trabalhosa e competente WiTec IT Solutions. Foi à Antígua, onde correu no Atrevida, a regata de clássicos de lá. Como sempre boto os amigos para trabalhar (mas dei o mole de citar a firma, hein?!), segue seu relato.

“Após 5 dias de velejadas utópicas em Antígua posso afirmar que o evento merece a fama de melhor campeonato que existe. O encontro de amantes da vela, suas históricas embarcações combinadas com o estilo, história e clima da ilha formam a combinação perfeita.

Vale reconhecer que o evento é organizado por velejadores que conhecem bastante sobre os melhores métodos para criar uma regata agradável e que não comprometam a integridade dos barcos clássicos, alguns deles com mais de 100 anos de idade.

Praticamente todas as regatas tiveram 20 ou 24 milhas, com grande parte de seus percursos em orça folgada ou popa, criando um ambiente de velejadas maravilhosas. Todos os dias tivemos sol, temperatura em torno de 26 graus, e o principal, ventos variando de 15 a 23 nós.

A nossa tripulação comandada pelo impecável Atila Bohn conseguiu atingir seu melhor resultado do último ano, onde conseguimos conquistar o segundo lugar no campeonato, além de conquistar a fita azul em uma das regatas.

Ter a oportunidade de velejar com mais de quarenta veleiros históricos, como o Elena (136 pés), Rebecca (139 pés), Rainbow (J Class 130 pés) foi uma oportunidade única.

Além das velejadas vale ressaltar a Parade of Classics Nelson’s Dockyard, que é uma passagem por dentro da marina, onde ocorre o desfile dos barcos e suas tripulações para disputa do Concours D’Elegance (concurso de elegância).

Outro ponto alto é a parte social que a Ilha proporciona, astral incrível, festas animadas com muita música e muito rum. Como disse no início, é um campeonato dos sonhos, vale a pena colocar nas metas para 2016”. Eu ainda chego lá!!

Fernanda e Ana arrebenatarm no Mediterrâneo. Primeiro ligar na etapa francesa da Copa do Mundo de Vela. Muito orgulho!

Fernanda e Ana arrebenatarm no Mediterrâneo. Primeiro ligar na etapa francesa da Copa do Mundo de Vela. Muito orgulho!

Hyères – Esta ficou meio velha, mas é importantíssima!! O Brasil teve 100% de aproveitamento nas regatas de medalha da etapa de Hyères, na França, da Copa do Mundo de Vela. O país, que foi representado em quatro classes na disputa decisiva do campeonato, garantiu presença nos quatro pódios.

O resultado mais emblemático veio na classe 470 feminino. Depois de se classificarem para a etapa final em primeiro lugar, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan ficaram em segundo lugar na prova decisiva e garantiram o ouro, com 45 pontos perdidos. Uhuuu!!

Na classe 49er FX, Martine Grael e Kahena Kunze, que defendiam o título em Hyères, ficaram em sexto na regata de medalha e garantiram a prata.

Completando o dia de pódios do Brasil, dois bronzes: Robert Scheidt, na classe Laser Standard, após ficar em quarto lugar na regata de medalha; e Patrícia Freitas, no RS:X feminino, com um terceiro lugar na prova decisiva.

O Brasil terminou em segundo lugar na classificação geral da importante etapa de Hyères, empatado com a Grã-Bretanha, com um ouro, uma prata e dois bronzes. Os dois países só ficaram atrás da anfitriã França, que também garantiu quatro pódios, com dois ouros, uma prata e um bronze.

“A disputa pelos pontos estava tão apertada! Pensamos que precisávamos fazer o nosso trabalho e velejar na nossa própria regata. Chegamos a pensar nos pontos e nos outros barcos, mas estávamos focadas no nosso trabalho. Foi perfeito, terminamos a regata da medalha em segundo e estamos muito felizes “, comemorou Fernanda, primeira brasileira medalhista olímpica com o bronze em Pequim2008.

Os atletas da Equipe Principal de Vela do Brasil agora se preparam para os próximos compromissos, a começar pela etapa de Weymouth, Inglaterra, da Copa do Mundo de Vela, que será realizada entre os dias 8 e 14 de junho. Em seguida, haverá a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em julho.

Resultados finais:
470 Feminino:
1º Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (BRA), 45 pontos perdidos.
2º Jo Aleh e Polly Powrie (NZL), 53 pp.
3º Camille Lecointre e Hélène Defrance (FRA), 54 pp.

49er FX:
1º Ida Nielsen e Marie Thusgaard Olsen (DEN), 87 pp.
2º Martine Grael e Kahena Kunze (BRA), 94 pp.
3º Giulia Conti e Francesca Clapcich (ITA), 99 pp.

Laser Masculino:
1º Tom Burton (AUS), 49 pp.
2º Nick Thompsom (GBR), 57 pp.
3º Robert Scheidt (BRA), 66 pp.

RS:X Feminino:
1º Lilian De Geus (NED), 90 pp.
2º Charline Picon (FRA), 101 pp.
3º Patrícia Freitas (BRA), 104 pp.

Pela primeira vez o SAP venceu uma etapa da eXtreme Sailing Series. Já não era tempo!

Pela primeira vez o SAP venceu uma etapa da eXtreme Sailing Series. Já não era tempo!

(\_~~ (\_ Rajadinhas (\_~~ ~ (\_

**  O terceiro ato da Extreme Sailing Series em Qingdao, na China, viu um novo vencedor. O dinamarquês SAP Extreme Sailing Team, dos co-skippers Jes Gram-Hansen e Rasmus Kostner dominaram a cena chinesa e chegaram com uma vantagem de 23 pontos no dia final. Em segundo ficou o Wave Muscat, de Omã e em terceiro um estreante na competição e nos pódio, o russo Gazprom. No geral, depois de 3 etapas o SAP Extreme Sailing Team (DEN) lidera com 28 pontos, em segundo está The Wave, Muscat (OMA) com 27pts e em terceiro vem o Red Bull Sailing Team (AUT) com 25pts. Extremos!!

**  E por falar em Omã, a terra de Simbad, o marujo, o carro-chefe da flotilha omanita, o MOD70 Musandam-Oman Sail, fez história para o sultanato quando quebrou um recorde que durava 22 anos, a volta às ilhas irlandesas. Após concluir o percurso de 700 milhas em incríveis 40 horas, 51 minutos e 57 segundos os caras tiraram quase quatro horas do antigo tempo. Parabéns à tripula (de 6) do comandante Sidney Gavignet que contava com três omanitas a bordo!!

**  Tragédia na Dauphin Island Race, no Alabama. Ventos com força de tempestade atingiram repentinamente os 117 barcos, com 495 velejadores, que estavam na baía de Mobile. Cinco deles morreram e outros desaparecidos são presumidos afogados. Muito triste!

**  Rolou a terceira etapa da Copa Veleiros de Oceano de SC. Após a realização das regatas Centro-Jurerê e Cidade de Florianópolis, a Regata Fortalezas/Biogenetia, uma das mais técnicas do calendário, ocorreu com bons ventos. O  Zeus dominou a regata entre os C30, terminando a frente do Corta Vento, segundo colocado. Na Classe ORC, quem se deu bem foi o Melody 5, que superou a forte equipe do Itajaí Sailing Team (2º) e Catuana Kim (3º).

**  Seguindo… Na RGS A, Plancton e Argonauta fizeram um ótimo duelo, com pequena diferença para o Plancton, vencedor da regata. Na RGS B o Zephyrus voltou a velejar muito bem e terminou em primeiro lugar, à frente de Vendal V (2º) e Bom Abrigo (3º). Entre os veleiros da RGS Cruzeiro, classe com maior número de participantes, melhor para o Carino, grande campeão da etapa. Y-Jurerê-Mirim e Açores III completaram o pódio, respectivamente…

**  E finalizando… Repetindo os bons duelos do Circuito Oceânico, os veleiros de HPE25 Tereza e Força 12 fizeram um bom duelo e no fim, o Tereza levou a melhor. Na Proa Rasa, o Maskote foi o vencedor, seguido pelo Zimbro. A próxima etapa da Copa Veleiros de Oceano acontece no dia 30 de maio, com as disputas da Regata Tripulação. Esse povo de Floripa é animado!!

**  O debate sobre a latrina de Guanabara, digo, baía de Guanabara não para. Depois do papelão do secretario de meio ambiente do Rio, André Correa, mergulhar em pleno Fantástico na mare de sizígia enchente e na boca da barra pra assegurar limpeza, o boto mais antigo monitora pela UFRJ morreu doente… Nosso líder e ambientalista de boa cepa, Axel Grael deu sua opinião. Confira em http://bit.ly/Axl_Gb Uma polêmica sem fim!… E certamente já é inevitavelmente uma vergonha para o Rio e o Brasil olímpico…

**  Domingo passado viu a décima segunda edição da Gaastra PalmaVela Regatta chegar ao fim. Uma flotilha de 140 barcos de 16 nacionalidades enfeitou a baía de Palma, que confirmou a sua reputação com bons ventos. As 16 classes participantes tiveram que esperar até o último dia para confirmar os primeiros campeões da temporada de regatas do Mediterrâneo. Os vencedores da Gaastra PalmaVela 2015 foram: Open Season (Wally), Momo (Maxi 72), Azzurra (TP52), Grupo Clinico Dr. Luis Senis(IRC), Airis (ORC 0), fyord (ORC 1), Pinyol Vermell (ORC 2), La Sirena I (ORC 3), Fehurihi (ORC 4), Bribon Movistar (J80), Flyinghigh (Flying 15), Lazy Daisy (Dragon), Moonbeam IV (Tradicional / Classic), Fundacion Damm (2.4) , CVP Andratx 2 (Hansa 303 individual) e PNCR / Fundacion Handisport 1 (Hansa 303 Duplo). Resultados completos em  www.palmavela.com

**  Antonio Aranha e Alexander Essle, do YCSA, são os primeiros campeões brasileiros da classe 29er. Eles garantiram o título no final de Abril na represa de Guarapiranga. Completaram o pódio as duplas Gustavo Abdulklech e Richard Hilbert (ICRJ) e Martin Lowy e Marcelo Peek (YCSA), segundo e terceiro lugares, respectivamente. Das 16 regatas previstas, 15 foram concluídas com ventos que variaram de cinco a 16 nós, exigindo técnica e agilidade dos participantes. O YCSA, como sempre, sediou tudo com maestria. Parabéns aos campeões que são nosso futuro!

**  Paulinho Cirillo está trabalhando… E como! Fez uma planilha toda maneira e uma super bolsa de tripulantes para a classe HPE pro Brasileiro na Ilhabela, de 28 a 31 de maio. Quem quiser participar ou mesmo alugar um barco fale com o cara: pc@imng.com.br

**  E, por fim… No findes passado rolou o estadual RJ de Dingue no Búzios Vela Clube. No final, a dupla Luiz Paulo Gonçalves e Diogo Petersen foi campeã depois de vencer quatro das oito regatas disputadas. Mandaram bem!!

Edu Penido, na gloriosa companhia do genro André Mirsky e da filha Kyra, entre outros, estreou o Classe 40 Zetra com dois segundos lugares na França. Uhuu!

Edu Penido, na gloriosa companhia do genro André Mirsky e da filha Kyra, entre outros, estreou o Classe 40 Zetra com dois segundos lugares na França. Uhuu!

(\_~~ (\_ Agenda (\_~~ ~ (\_

**  A santa e bela, além de ser o estado que mais se desenvolve e tem a menor taxa de desemprego do país, está se tornando um super polo náutico. Itajaí vai receber, pela segunda vez, a chegada da Transat Jacques Vabre, que larga dia 25 de outubro em Le Havre, na França, e junto ao munícipio irmão de Itapema vai sediar a regata de porto em 15 de novembro. E pela primeira vez um barco brasileiro vai participar! O comandante Edu Penido, que traz o ouro de Moscou80 no peito, vai correr com seu novíssimo Zetra (que estreou na França tirando dois segundos lugares em Douarnenez) na classe 40. As outras classes da regata em duplas são: IMOCA (Open 60), Multi50 e Ultime (que reúne os super tris MOD70). Do extremo baralho!! Bons ventos ao Zetra!!

**  Amanhã (09/05) rola uma das mais tradicionais regata do Brasil, a Taça dos Lagos na represa Guarapiranga. Seguindo a tradição, o Yacht Club Santo Amaro vai sediar este ano a 76ª edição, tentando superar o número de barcos do ano passado. A última edição trouxe mais de 80 veleiros de 24 classes diferentes. Quem vai participar e ajudar? Compartilhe com os amigos e familiares! A largada da Taça dos Lagos que tinha sido alterada para o 12h, voltou a ser à 13h. Ficha de Inscrição: https://goo.gl/kdJ4HC  e AR: http://goo.gl/ZXfyKB

**   A segunda etapa da Copa Swift Sport, 15ª edição do Circuito Ilhabela de Vela Oceânica, é chamada de Warm Up da principal semana de vela do continente devido à proximidade com a Ilhabela Sailing Week (ISW). Costuma ser também a mais disputada das quatro etapas anuais. As próximas regatas da Copa Swift Sport serão nos dias 23 e 24, 30 e 31 de maio, enquanto a  42ª ISW será aberta em 4 de julho. Ambas com sede no Yacht Club de Ilhabela (YCI). Não deixe de participar e se inscrever na semana de Ilhabela antecipadamente e com desconto!!

**  Lars Grael/Samuca Gonçalves, Dino Pascolato/Maguila, Ministro Admar/Xande e o melhor proeiro do mundo Bruno Prada fazendo dupla com o americano Augie Diaz, entre outras e mega brilhantes estrelas, vão iluminar a belíssima costa de Gaeta, na Itália, de 2 a 7 de junho no Europeu de Star. Coisa fina!!

** Por fim… Todos sabemos da verdadeira paixão dos franceses pela vela em solitário (que compartilho!) e o “campeonato francês de solitários”, por assim dizer, é corrido na classe Beneteau Figaro. E os três principais eventos são: Solo Maître CoQ, que terminou 26/5 e foi vencida por Yann Eliès, no Groupe Quéguiner-Leucémie Espoir. Depois vem a tradicionalíssima Solitaire du Figaro (co-patrocinada por Eric Bompard Cachemire), de 22 de maio a 28 de junho e finalmente a Generali Solo, de 16 de setembro a 4 de outubro. Belo circuito!!

(\_~~ (\_ Vídeos (\_~~ ~ (\_

**  Mestre Capizzano fez um super slide show no Vimeo com o melhor do SulAm de OP em Paracas, no Peru. Coisa linda demais! Pra quem gosta: http://bit.ly/Capi_OpSulAm

**  Este vídeo de uma operação de resgate de náufragos em região a cerca de 500 Milhas do arquipélago dos Açores envolve o Brasil e alguns amigos. Lars Grael explica: “Vários navios prestaram socorro, com o envolvimento de Guarda Costeira e Força Aérea de Portugal e apoio das Marinhas de Espanha e EUA. Dentre os salvados, encontra-se nosso amigo Norueguês Guttorm que perdeu seu barco, o elegante Swan 44 Kolibri. O Kolibri passou uma temporada na costa brasileira e no ICRJ. Voltou para o Caribe e cruzava o Atlântico com 4 tripulantes com meta de voltar a cidade de Arendal, na Noruega. Guttorm foi segurança pessoal do Rei da Noruega e muito amigo de Erling Lorentzen e Roberto Pellicano. Ferido na testa e com costela quebrada, conduziu o abandono do seu veleiro, capturado por helicóptero da Força Aérea Portuguesa (ver vídeo). Como bom viking e comandante, salvou sua tripulação e foi o último a abandonar o barco. Vida longa aos que se arriscam por salvar vidas no mar”. Amém!! http://bit.ly/Resg_PT

**  Mais um episódio da série de altíssimo nível #SAL. Sempre show! “Troco veleiro por apartamento”… http://bit.ly/SAL_17

**  O Oracle deu seu primeiro treino de AC45 nas águas de Bermuda. Como disse lá em cima, é sempre um espetáculo! http://bit.ly/AC_Orcl1

**  Como Antígua não vive só de clássicos, o vídeo de sua famosa e maneiríssima semana de vela: http://bit.ly/Antig2015

**  E já antecipando nossa nova seção abaixo vai um #ihdeumerda de alto nível. O novo Gunboat G4, teoricamente um cat cruzeiro-regata, vendo o mundo ao contrário no último dia da Voiles de St. Barth. http://bit.ly/G4_vira

(\_~~ (\_ #IHDEUMERDA  (\_~~ ~ (\_

Como uma das coisas que mais faz sucesso no meu Feicibúqui é isso, passo a reproduzir no resumão agora, pelo menos, uma fotinha dos maus momentos de nosso esporte.

ihdeumerda_08_05

(\_~~ (\_ Entre Aspas (\_~~ ~ (\_

“Ah! Não me diga que concorda comigo! Quando as pessoas concordam comigo, tenho sempre a impressão de que estou errado.” Oscar Wilde.

Fui!! Discordando de mim mesmo…

Murillo Novaes

2 Comentários Comente
  1. Mauricio Santa Cruz #

    Pó Murilo , Não falou nada do campeonato de j70 em Anápolis final de semana passada Terminamos em 4 com 60 barcos. Quem ganhou foi o local terry Hutchinson .

    Enviado do meu iPhone

    >

    08/05/2015
    • murillonovaes #

      Caraca, Santa!! Se vc não me avisar não posso adivinhar…

      09/05/2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: