Pular para o conteúdo

Pan, Pan, Pan, Pan!! É hoje! Começam as finais em Toronto!

Na foto de Bruno Miani, Zibimba evolui ontem rumo a mais um ouro pan-americano. Duca!!

Na foto de Bruno Miani, Zibimba evolui ontem rumo a mais um ouro pan-americano. Duca!!

BIMBA CHEGA À REGATA DA MEDALHA DOS JOGOS PAN-AMERICANOS MUITO PERTO DO OURO

Neste sábado, velejador da RS:X só precisa completar a prova para ser tetracampeão consecutivo. Brasil briga por medalhas em outras sete classes.

Como nosso amigo Felipinho resolveu trabalhar ontem, fico à vontade para dar o copia e cola no release dele porque aqui na brastislávica terra da mãe do meu vindouro filhote navegador o calor é senegalês hoje e a preguiça baiana. E mais tarde começam as primeiras regatas da medalaha (a partir de 12:35, em Brasília). Hoje tem as finais das classes X (RS:X masc e fem e 49erFX) e dos Laseres (Radial e Std.). Se liga!!

Ricardo Winicki, o Bimba, está muito próximo do tetracampeonato consecutivo nos Jogos Pan-Americanos. Neste sábado (dia 18), a partir de 12h35 (de Brasília), em Toronto, no Canadá, o velejador só precisa completar a regata da medalha da classe RS:X masculina para subir no topo do pódio. A Equipe Brasileira Vela ainda brigará por medalhas em mais sete classes: neste sábado na Laser, Laser Radial, RS:X feminina e 49erFX. No domingo (dia 19), na Lightning, Sunfish e Hobie Cat 16. Na J24 não há mais chances. Na Snipe, o Brasil não disputará a regata da medalha.

“A comemoração vai ser só amanhã. Ainda tenho a regata da medalha. Nem sabia dos números quando cheguei aqui. Velejo para mim e para os que me apoiam. Este não é o meu último Pan. Posso estar de cheio de cabelo branco, mas enquanto eu tive muque, for o número um do Brasil e estiver entre os dez do mundo como acontece há dez anos vou seguir competindo”, disse Bimba, campeão dos Jogos em Santo Domingo-2003, Rio-2007 e Guadalajara-2011.

Nesta sexta-feira (17), em mais um dia de ventos fracos no Lago Ontário, Bimba obteve dois segundos lugares e um quarto, este último descartado como pior resultado. Com 19 pontos perdidos, ele não tem mais como ser superado pelo mexicano David Mier Y Teran, que soma 29. A regata da medalha terá cinco barcos, com pontuação dobrada. Na pior das hipóteses, se chegar em quinto lugar, Bimba alcançará 29 pontos, enquanto o rival, se vencer a prova, ficará com 31.

Quem também está na liderança é Patricia Freitas, na RS:X feminina. Ela chega à regata da medalha com grandes chances de subir no topo do pódio. Robert Scheidt, na Laser, Fernanda Decnop, na Laser Radial, e Martine Grael e Kahena Kunze, na 49erFX, ocupam a segunda colocação. João Hackerott, na Sunfish, e o trio da Lightning (Claudio Biekarck, Gunnar Ficker e Maria Hackerott) estão em terceiro. Na Hobie Cat 16, Claudio Luiz Junior e Bruno Reis de Oliveira estão em sexto, mas podem brigar pelo bronze.

“O resultado está dentro do esperado diante das condições de vento fraco que se apresentaram durante a semana. Se a situação fosse um pouco mais variável, com dias de ventos fortes e fracos, poderia ter sido melhor. Com vento fraco praticamente todos os dias, a competição fica nivelada”, afirmou o Coordenador Técnico da Confederação Brasileira de Vela (CBVela), Torben Grael.

Em 15 participações nos Jogos Pan-Americanos, a Equipe Brasileira de Vela soma 70 medalhas. São 32 de ouro, 23 de prata e 15 de bronze.

Confira os resultados dos brasileiros:

RS:X MASCULINA (após 13 regatas):

1 – Ricardo Winicki (BRA): 19 pontos perdidos

2 – David Mier Y Teran (MEX): 29

3 – Mariano Reutemann (ARG): 31

RS:X FEMININA (após 13 regatas):

1 – Patricia Freitas (BRA): 15

2 – Demita Veja (MEX): 20

3 – Marion Lepert (EUA): 44

LASER RADIAL (após 12 regatas):

1 – Paige Railey (EUA): 42

2 – Fernanda Decnop (BRA): 52

3 – Lucia Falasca (ARG): 56

LASER (após 12 regatas):

1 – Juan Maegli Aguero (GUA): 33

2 – Robert Scheidt (BRA): 37

3 – Lee Parkhill (CAN): 41

49ERFX (após 16 regatas):

1 – Victoria Travascio e Maria Branz (ARG): 28

2 – Martine Grael e Kahena Kunze (BRA): 39

3 – Paris Henken e Helena Scutt (EUA): 41

SUNFISH (após 12 regatas):

1 – Luke Ramsay (CAN):35

2 – Jonathan Mawyin (EQU): 37

3 – João Hackerott (BRA): 44

LIGHTNING (após 12 regatas):

1 – Argentina: 21

2 – EUA: 31

3 – Brasil: 33

HOBIE CAT 16 (após 12 regatas):

1 – Jason Castillo e Irene Van Blerk (GUA): 26

2 – Mark Modderman e Grace Modderman (EUA): 33

3 – Enrique Figueroa e Franchesca Ortega (PUR): 42

6 – Claudio Luiz Junior e Bruno dos Reis Oliveira (BRA): 46

J24 (após 12 regatas):

1 – Argentina: 21

2 – Canadá: 31

3 – Chile: 34

5 – Brasil: 45

SNIPE (após 12 regatas):

1 – Raul Andres de Choudens e Fernando Pacheco (PUR): 18

2 – Luis Soubie e Diego Lipszyc (ARG): 30

3 – Augie Diaz e Kathleen Tocke (EUA): 36

6 – Alexandre Paradeda e Geórgia Rodrigues (BRA): 64

Fui!!

Murillo Novaes (Felipe Mendes/InPress MediaGuide)

 

Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: