Pular para o conteúdo

Enfim, Anuário!!

capafinal

CLIQUE AQUI E COMPRE O SEU!!

 

Querido amigo e mais que querida amiga, antes de tudo um 17 de muito sucesso pra você!! Eis que aqui ressurjo das trevas do semi-esquecimento para compartilhar as boas novas. Como o dileto leitor/leitora já deve saber, afinal, lá se vão quase nove meses desde minha última missiva sobre o tema (uma gestação prematura, portanto), estava editando o Anuário Brasileiro de Vela. Quer dizer… nesta altura um quase “bienário”, né? Já que a primeira data de lançamento era no fim de abril e finalmente conseguimos lançar neste último dezembro, com conteúdo de julho de 2015 a julho de 2016, de Semana de Ilhabela a Semana de Ilhabela. Ufa!

Bem, esta grande aventura, a “invenção” de um “livro de mesa”, com quase 400 páginas, de alta qualidade, com o máximo de informação possível da vela brasileira no período, uma espécie de resumão dos resumões impresso para a posteridade, com muitas e lindas fotos de nossa plástica paixão, em plena crise econômica e política, só podia ser ideia de manza mesmo. Quase soçobrei! De novo!!… Mas deu certo! Porque Éolo nunca abandona os que tem bons propósitos no coração e rumo certo na proa. Ave!!

A verdade é que o nosso anuário finalmente chegou à sua primeira edição! Uhuu!! Enfim assentamos esta pedra fundamental que, espero, preste à vela nacional sempre um bom e necessário trabalho. Depois de ter tido a honra de chamar a dupla Martine e Kahena ao pódio, para receber suas áureas láureas olímpico-cariocas, o lançamento deste anuário foi o maior júbilo deste recém finado 2016 para este comunicador vélico (e já algo “vélhico” também). Alegria, alegria! Viva a vela brasileira! Sempre!!

O livro traz três especiais, sobre olimpíadas, paralimpíadas e Volvo Ocean Race, e os resultados (com súmulas completas sempre que possível – seu nome deve estar lá, verifique!) das principais regatas do Brasil e do mundo de julho de 2015 até julho de 2016, de Semana de Ilhabela a Semana de Ilhabela, as de 2015 e 2016 inclusas (42ª e 43ª). Para os que são adeptos do leve e livre cruzeirar, teremos muita informações de qualidade nos diretórios de serviços, com marinas, clubes, museus, associações de classe, tipos de barcos, etc. no fim do livro. E também os participantes dos principais ralis de cruzeiro do país, organizados por nossa querida parceira de primeira hora, a ABVC.

E para todos os velejadores, claro, independente de partido, gênero, cor, filosofia ou religião, estes diretórios de informações gerias de interesse vélico, são uma preciosa fonte de dados sobre veleiros, associações, endereços eletrônicos, waypoints, etc. Um conteúdo exclusivo de nosso querido parceiro que é um verdadeiro repositório da vela nacional, o Sailbrasil.com.br. Valeu, Max!

Esta primeira edição, praticamente a número zero, tem imperfeições e lacunas que podem e devem ser preenchidas nas próximas, claro. E com fechamento previsto para setembro deste ano (2017) espero que os amigos e interessados participem mais ativamente da edição 2016/2017 . O anuário é de vocês!! Mesmo!! Informações, correções, sugestões, críticas, colaborações, etc. são sempre bem vindas!

Àqueles 17 amigos (confesso que, mesmo com toda crise que se abateu, esperava um pouco mais… Mas tá beleza!) que fizeram a pré-compra no site, agradeço penhoradamente a parceria e a paciência! Claro que, além de comprar por melhor preço, vocês merecem mais. Então ainda vão receber um brinde exclusivo e o eterno agradecimento de toda a equipe. Sem vocês, leitores-velejadores e afins, amigos da vela tupiniquim, nada disso teria razão de existir. Muito, muito obrigado mesmo!!

Para os que quiserem comprar agora (Compre djá!!) e ajudar a bater aquela tão necessária e falada quota mínima de mil exemplares para a viabilidade econômica da empreitada (vamos lá galera! Faltam só 962 ainda…) basta clicar em www.anuariobrasileirodevela.com.br e mandar brasa! Compre e recomende! Você vai receber informação vélica da melhor qualidade em um impresso de altíssimo nível rodado na Gráfica Movimento, em Brasília. Valeu, Gustavo!

Às dezenas de amigos velejadores de todo o Brasil que, de uma ou outra forma, silenciosamente, mas com afeição e afinco ajudaram a botar pra frente esta verdadeira “ação entre amigos” fica meu mais sincero abraço. O contravento foi duro, mas chegamos! Viva a vela e todos os velejadores deste nosso imenso país!

Compre, leia, critique, colabore. Esta iniciativa é uma tentativa, de velejadores e interessados na vela brasileira, de ter novamente uma publicação exclusiva sobre o tema no país. Apoie esta ideia. Se cada um soprar um pouquinho teremos sempre vento para enfunar nossos panos! E todos fazem parte desta tripulação! Contamos com você!! Obrigado! Bons ventos sempre!

Murillo Novaes
um comentário Comente
  1. Jorge Vassilas #

    Parabéns, seus trabalhos acabam sendo sempre requintados. Tríplice abraço de Jorge Vassilas.

    06/01/2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: