Pular para o conteúdo

Arquivo de

Multi70 Maserati, de Giovanni Soldini, quebra recorde da RORC600 no Caribe. Mussulo 40 está em 7º na Classe40.

Equipe Maserati Multi 70: Giovanni Solidni (ITA), Vittorio Bissaro (IT), Guido Broggi (IT), Carlos Hernandez Robayna (ESP), Oliver Herrera Pérez (ESP), Nico Malingri (IT), Matteo Soldini (IT) Claude Thélier (FRA).

O Maserati, Multi 70 comandado por Giovanni Soldini (ITA), cruzou a linha de chegada do RORC Caribbean 600 às 20:49:00 AST desta terça-feira, 19 de fevereiro de 2019, em um tempo de 1 dia, 06 horas, 49 minutos e 00 segundos, levando a fita-azul dos multicascos e estabelecendo um novo recorde da regata, na sua 11ª edição, batendo o tempo anterior por pouco mais de uma hora.

Os eventos extraordinários em torno da batalha por esta fita-azul serão lembrados nos tempos vindouros. Apenas 48 horas antes do início do RORC Caribbean 600 2019, o MOD 70 Argo (EUA), de Jason Carroll, capotou em alta velocidade nos treinos. Parecia impossível que o Argo pudesse largar, mas depois de um esforço monumental da comunidade náutica de Antígua, da tripulação e da equipe de terra, o impossível fez-se realidade.

No dia da largada, Soldini, solidariamente, concordou com um atraso de duas horas na partida a pedido dos adversários. Daí em diante foi um épico nas 600 milhas em torno de 11 belas ilhas caribenhas, navegando dia e noite com os dois multicascos registrando mais de 30 nós de velocidade. 

Em Redonda, a ilha final do percurso, o Argo, que tinha ninguém menos que François Gabart a bordo, fez uma ótima manobra tática para colar no Maserati. E um intenso match race proporcionou a reviravolta final para essa fantástica história. O Maserati conseguiu prevalecer sobre o Argo para vencer por pouco mais de sete minutos, após 30 horas de ação explosiva. Intenso e belo!!

Entre os 106 barcos inscritos nas diversas classes e categorias há um brasileiro/angolano, o Classe40 Mussulo, de José Guilherme P. Caldas. Ele, Leo Chicourel, Alberto Vita, Rafael Martins e Antonio Nunes estão a pouco menos de 200 milhas da chegada, em 7º na classe e 29º entre os monocascos. Força aí, galera!!

Murillo Novaes/RORC 600

Ouro, prata e bronze! Brasil fecha ótima campanha na etapa de Miami da World Sailing Cup

Fernandinha e Ana começaram 2019 em alto nível. ©JESUS RENEDO/SAILING ENERGY/WORLD SAILING.

3, 2, 1… O ano de 2019 começou com um ótimo resultado para a Equipe Brasileira de Vela. Neste domingo, dia 3, Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan conquistaram a medalha de bronze na classe 470 feminina, na etapa de Miami da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela). Assim, o país fechou a primeira grande competição do calendário com três pódios. 

No sábado, Martine Grael e Kahena Kunze foram ouro na 49erFX, e Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino ganharam a prata, a primeira medalha do Brasil na história da Nacra 17. 

Na 470 feminina, após uma semana consistente no top 10 da classificação, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan entraram na regata da medalha deste domingo na quarta colocação no geral. Velejando em ventos fracos, as brasileiras se mantiveram o tempo todo no pelotão da frente. Na descida do último popa, consolidaram a segunda posição na prova, suficiente para garantir um lugar no pódio, com 64 pontos perdidos, um ponto à frente da atual campeã olímpica, a britânica Hannah Mills, que ficou em quarto ao lado de Eilidh McIntyre.

A próxima competição de classes olímpicas do calendário é o Troféu Princesa Sofia, a partir de 29 de março, em Palma de Maiorca, na Espanha.

RESULTADOS COMPLETOS DO BRASIL NA COPA DO MUNDO DE MIAMI:

Sempre elas!! Martine e Kahena vieram crescendo ao longo da semana e… ganharam! Mais um ouro para a dupla. ©JESUS RENEDO/SAILING ENERGY/WORLD SAILING.

49er FX

1 – Martine Grael e Kahena Kunze (BRA), 58 pontos perdidos

2 – Alexandra Maloney/ Molly Meech (NZL), 60 p.p.

3 – Chalotte Dobson/ Saskia Tiden (GBR), 63 p.p.

Samuca Albrecht e Gabi Nicolino foram vice campeões em Miami. ©JESÚS RENEDO/SAILING ENERGY/AARHUS 2018.

Nacra 17

1 – Jason Waterhouse/ Lisa Darmanin (AUS), 50 p.p.

2 – Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino (BRA), 58 p.p.

3 – Santiago Lange/ Cecilia Carranza Saroli (ARG), 72 p.p.

470 feminina

1 – Frederika Loewe/ Anna Markfort (ALE), 60 p.p.

2 – Fabienne Oster/ Anastasiya Winkel (ALE), 62 p.p.

3 – Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan (BRA), 64 p.p.

Finn

13 – Jorge Zarif, 76 p.p.

Laser Radial

21 – Gabriela Kidd, 215 p.p.

49er

23 – Marco Grael/ Gabriel Borges, 174 p.p.

RS:X feminina

29 – Bruna Martinelli, 169 p.p.

Laser

56 – João Pedro Souto de Oliveira, 170 p.p.

Mais informações sobre a etapa de Miami da Copa do Mundo:
http://miami.ussailing.org/

Resultados completos: http://sailing.org/worldcup/results/index.php

Tiago Campante/CBVela

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: