Pular para o conteúdo

Posts com Tag ‘Copa da Juventude’

Brasil vai com equipe forte para o Mundial da Juventude, em Portugal

Gabriel heusi registrou Tiago Brito e Phillip Essle, que  formam a dupla brasileira na 420 Masculino

Gabriel heusi registrou Tiago Brito e Phillip Essle, que
formam a dupla brasileira na 420 Masculino

Florianópolis (SC) – 22/03/2014 – Neste sábado (22) o vento finalmente deu as caras em Jurerê e as regatas decisivas da Copa da Juventude aconteceram na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina definindo a equipe brasileira que disputará o Mundial da categoria em Tavira (Portugal), no mês de julho. Entre os selecionados, destaque para a atleta catarinense Maria Carolina Boabaid, que confirmou a vaga e representará o Iate Clube de Santa Catarina em terras lusitanas.

Mais do que uma melhora, as condições chegaram ao extremo no último dia de competição com as regatas finais sendo disputadas em ventos de até 20 nós (aproximadamente 40km/h). Com isso, os velejadores foram testados durante o dia, provando que estão aptos a competir de igual para igual com os melhores atletas do mundo no mês de julho.

Maria Carolina Boabaid venceu na Laser Radial Feminino tornando-se a única catarinense na equipe brasileira. Contente com o resultado, a atleta do Iate Clube de Santa Catarina comemorou bastante o título em casa. “Estou muito feliz por poder fazer parte da seleção brasileira. Essa é uma oportunidade única. Agora vou treinar bastante para representar bem o país”, comemorou. “Competir em casa é bom, pois eu conheço bem a raia e ainda tenho o apoio da família. As condições aqui ajudam muito, pois treinamos em todos os tipos de vento”, encerrou.

Na versão masculina da prova, uma disputa acirrada entre o paulista Martin Lowy e o gaúcho Antonio Cavalcanti marcou o dia. Com apenas um ponto de diferença, o atleta do Yacht Clube de Santo Amaro levou a melhor. Desta forma, Martin Lowy retorna ao Mundial da Juventude buscando o bicampeonato na competição mais importante para jovens atletas no mundo.

Outro jovem campeão mundial a garantir vaga para o evento em Portugal foi Kim Andrade. Ao lado de Antonio Carlos Neto, a dupla do Yacht Clube da Bahia confirmou o favoritismo vencendo todas as regatas na Hobbie Cat e confirmando presença no Mundial da Juventude.

Na 29er os paulistas Antonio Aranha e Stephan Kunath serão os representantes brasileiros em Tavira. A dupla do Yacht Clube de Santo Amaro venceu todas as regatas disputadas durante a semana em Florianópolis.

Na Classe RS:X o Brasil terá dois fortes atletas compondo a equipe. O carioca Brenno Francioli não deu chances aos adversários, garantindo aproveitamento de 100% nas regatas disputadas. Já na RS:X Feminino, Maria Carolina da Cruz garantiu o posto de número um do país e agora tem a missão de representar o Brasil em Portugal.

Completando a equipe brasileira, o também campeão mundial Tiago Brito, ao lado de seu parceiro Philipp Essle (Clube dos Jangadeiros/Yacht Clube de Santo Amaro, respectivamente) formam a dupla que representará o país na 420 Masculino. Entre as mulheres, as paulistas Giuliana Loureiro Tozzi e Marina Arndt carimbaram o passaporte para o Velho Continente após uma disputa apertada contra Helena Marchi e Elisa Von Fritsch, decidida por apenas dois pontos.

Equipe experiente para representar o país em Tavira:
Após as disputas durante os três dias de competição, a seleção brasileira conheceu seus representantes nas oito categorias. Com um grupo forte e experiente, a expectativa é que os velejadores brasileiros façam um bom papel em Tavira. “Nossa expectativa é de um grande desempenho dos nossos atletas. A competição em Florianópolis foi excelente e muito bem organizada pelo Iate Clube de Santa Catarina. Estamos muito satisfeitos com tudo e vamos para Portugal com um time forte e experiente. Temos atletas que já foram campeões mundiais e outros que tem uma ótima bagagem de competições”, disse otimista Ricardo Baggio “Kadu”, superintendente da Confederação Brasileira de Vela.

Classificação final:
29er:
1º Antonio Aranha/Stephan Kunath (YCSA) – 4pp*
2º Daniel Platt/Daniel Martins (ICSC) – 9pp

420 Masculino:
1º Tiago Brito/Phillip Essle (CDJ/YCSA) – 6pp*
2º Leonardo Lombardi/Gabriel Alves (CNC) – 16pp
3º Gabriel Elstrodt/Alexander Essle (YCSA) – 17pp

420 Feminino:
1ª Giuliana Tozzi/Marina Arndt (YCSA) – 34p*
2ª Helena Marchi/Elisa Von Fritsch (YCSA) – 36pp
3ª Luisa Gandolpho/Marina Rittscher (ICRJ) – 41pp

Laser Radial Masculino:
1º Martin Lowy (YCSA) – 5pp*
2º Antonio Cavalcanti (VDS) – 6pp
3º Ricardo Luz (ICRJ) – 18pp

Laser Radial Feminino:
1ª Maria Carolina Boabaid (ICSC) – 19pp*
2ª Gabriela Kidd (ICRJ) – 31pp
3ª Maria Luiza Rupp (ICSC) – 42pp

Hobbie Cat:
1º Kim Andrade/Antonio Carlos Neto (YCB) – 4pp*
2º Ricardo Lis/Gustavo Azambuja (VDS) – 8pp
3º Antônio Mendes/Carlos Lopes (YCB) – 16pp

RS:X Masculino:
1º Brenno Francioli (CNA) – 5pp*
2º Paulo Silva (BVC) – 13pp
3º Vinicius Degrave (BVC) e Daniel Zimmer (ICRJ) – 50pp

RS:X Feminino:
1ª Maria Carolina da Cruz (CRG) – 22pp*
2ª Juliana Aguiar (CRG) – 23pp
3ª Ana Nobrega (ICRJ) – 50pp
*   Classificados para o Mundial 

Seleção da Vela Jovem classificada para o Mundial:
Laser Radial Masculino – Martin Lowy (SP-YCSA)
Laser Radial Feminino – Maria Carolina Boabaid (SC-ICSC)
420 Masculino – Tiago Brito (RS – CDJ)/Phillip Essle (SP-YCSA)
420 Feminino – Giuliana Tozzi (SP-YCSA)/Marina Arndt (SP-YCSA)
RS:X Masculino – Brenno Francioli (RJ-CNA)
RS:X Feminino – Maria Carolina da Cruz (RJ-CRG)
Hobbie Cat – Kim Andrade (BA-YCB)/Antonio Carlos Neto (BA-YCB)
29er – Antonio Aranha (SP-YCSA)/Stephan Kunath (SP-YCSA)

A Copa da Juventude é uma realização do Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha, com a supervisão e homologação da Confederação Brasileira de Vela.

Da assessoria

Disputas deste sábado aconteceram mais uma vez em condições complicadas com ventos rondados na raia de Jurerê, em Florianópolis

Gabriel Heusi registrou a largada da flotilha de Laser

Gabriel Heusi registrou a largada da flotilha de Laser

Florianópolis (SC) 21/03/2014 – Pelo segundo dia consecutivo os ventos não ajudaram e a Copa da Juventude de Vela foi disputada em condições adversas na raia de Jurerê, na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina, nesta sexta-feira, 21. Com ventos rondados e intensidade fraca, os velejadores tiveram muitas dificuldades, mas o alto nível de competição provou que os brasileiros estão prontos para encarar o mundial.

Mesmo com todas as complicações, duas regatas foram pra água e a disputa pelas vagas na Seleção Brasileira ganhou ares de emoção. Na Laser Radial Feminino a catarinense Maria Carolina Boabaid conseguiu recuperar-se nesta sexta-feira. A campeã brasileira Sub-19 assume a liderança da competição e está muito próxima da classificação para Tavira, em Portugal, sede do Mundial.

Entre os homens, o paulista Martin Lowy, do Yacht Clube de Santo Amaro, venceu as duas regatas do dia e passou a liderar a classe, seguido de perto pelo gaúcho Antonio Cavalcanti.

Na 29er a dupla paulista Antonio Aranha e Stephan Kunath venceu as duas regatas do dia e deram um grande passo para o título em Florianópolis. O mesmo acontece com a clube do Yacht Clube da Bahia, Kim Vidal e Antonio Carlos, vitoriosos nas duas regatas da classe Hobie Cat.

Entre os competidores da 420, o grande destaque do dia vai para Tiago Brito e Philipp Essle, que com duas vitórias disparou na ponta com nove pontos de vantagem para o segundo colocado. Entre as mulheres, Giuliana Tozzi e Marina Arndt, do Yacht Clube de Santo Amaro, estão na frente na disputa pela vaga.

Fechando as disputas, Brenno Francioli – do Clube Náutico Araruama – RJ – venceu mais duas regatas na RS:X Masculino e é o grande favorito para o último dia de competições. Já na versão feminina da prova, Maria Carolina da Cruz está na frente.

Último dia de regatas deve acontecer em melhores condições:
Neste sábado serão definidos os grandes campeões da Copa da Juventude de Vela e a expectativa é de que as condições melhorem um pouco para a grande final. A previsão aponta para a entrada de vento sul em Jurerê e, com essa expectativa, espera-se que sejam realizadas três regatas para definir os campeões das oito classes.

O evento é uma realização do Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha, com a supervisão e homologação da Confederação Brasileira de Vela.

Da assessoria

Copa da Juventude começa com condições difíceis em Jurerê

Ventos rondados dificultaram as regatas no primeiro dia de disputas na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina, em Florianópolis

Florianópolis (SC) – 20/03/2014 – A Copa da Juventude de Vela teve início nesta quinta-feira, 20, com ventos rondados e condições complicadas na raia de Jurerê, na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina. Os velejadores que disputam as vagas para compor a Seleção Brasileira que disputará o Mundial da Juventude em Tavira, Portugal, encararam ventos de fraca intensidade, que variavam de nordeste a noroeste.
A previsão era para que pelo menos duas regatas fossem disputadas neste primeiro dia, mas com o atraso de quarenta minutos no início das competições e os ventos inconstantes, só foi possível realizar uma regata em todas as categorias, exceto pela classe 420. Com isso, a previsão para essa sexta-feira, 21, são de três regatas para todas as classes e mais duas para a 420.

“O vento estava muito rondado e com intensidade fraca, o que dificultou muito na realização das regatas. Durante o dia tivemos que adaptar o percurso conforme as condições e isso torna a regata muito cansativa para os atletas, tanto na questão física quanto psicológica”, explica Ricardo Navarro, presidente da comissão de regatas da Copa da Juventude.

Na Classe 420, a única com duas regatas disputadas nesta quinta-feira e a dupla formada por Tiago Brito (Clube dos Jangadeiros – RS) e Phillipp Essle (Yatch Clube de Santo Amaro – SP). Com um 1º e um 2º lugares nas regatas, a dupla lidera a competição com 3 pontos perdidos. Entre as meninas, as cariocas Luisa Gandolpho e Marina Rittscher (Iate Clube do Rio de Janeiro) lideram a competição.

Apenas uma regata nas classes Laser, RS:X, 29er e Hobbie Cat:
Classe com maior número de competidores nesta semana, a Laser Radial proporcionou disputas acirradas, mesmo com as inconstantes condições de vento. O gaúcho Antonio Rosa Cavalcanti (Veleiros do Sul) abriu a disputa na ponta após vitória na regata inaugural. Entre as mulheres, a atleta do Iate Clube do Rio de Janeiro, Gabriela Kidd, começou na frente a disputa com a campeã brasileira Maria Carolina Boabaid, do Iate Clube de Santa Catarina, segunda colocada na categoria.

Na RS:X, o carioca Breno Francioli, do Clube Náutico Araruama, abriu as disputas na liderança após vitória na regata de abertura. Entre as mulheres, Maria Carolina da Cruz, do Clube de Regatas Guanabara – RJ destacou-se nas disputas e saiu na frente em busca da vaga para o Mundial da Juventude.

Campeão mundial da Juventude, Kim Vidal comandou bem a dupla com Antonio Carlos Neto (ambos do Yatch Clube Bahia) com vitória na regata de estreia na Hobbie Cat. Fechando este primeiro dia, Antonio Aranha e Stephan Kunath, do Yatch Clube de Santo Amaro, lideram na 29er.

O evento é uma realização do Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha, com a supervisão e homologação da Confederação Brasileira de Vela.

Da assessoria de imprensa

Copa da Juventude define equipe brasileira para o Mundial

Sede de Jurerê já está movimentada

Sede de Jurerê já está movimentada

Florianópolis (SC) – 19/03/2014 – Nesta quarta-feira, 19, foi dada a largada para as disputas da Copa da Juventude de Vela, disputada na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina, em Jurerê, Florianópolis. Com aproximadamente setenta velejadores de sete estados, a Regata de Abertura deu início as atividades na raia da competição que terá a partir desta quinta-feira o início das brigas pelas oito vagas oferecidas para compor a Seleção Brasileira que disputará o Mundial da Juventude, em Tavira (POR), no mês de julho.

Com tradição nas competições mundiais para jovens velejadores, a expectativa da organização é que as disputas em Florianópolis sejam bem acirradas. “Nos últimos anos nós temos conseguindo alcançar ótimos resultados nos Mundiais e a expectativa para este ano não é diferente”, explica o gerente de eventos da Confederação Brasileira de Vela, Ricardo Baggio “Kadu”. “A raia de Jurerê é um excelente local, pois oferece ótimas condições para a competição. O nível do evento promete ser grande. Temos velejadores de diversos estados, o que mostra a grandeza deste evento”, reforça.

As oito vagas em disputa na Copa da Juventude são: RS:X Masculino e Feminino, 420 Masculino e Feminino, Laser Radial Masculino e Feminino, Hobbie Cat 16 e 29er, sendo que o campeão de cada classe ganha o direito de representar o país no Mundial da Juventude.

Principal competição do ano para a elite jovem do país:

Os principais velejadores entre 14 e 18 anos estão em Florianópolis em busca de um só objetivo: fazer parte da equipe nacional que disputará o Mundial da Juventude em Portugal. Para se ter uma ideia do nível desta competiçãp, velejadores como Robert Scheidt, Ricardo “Bimba” Winicki, Martini Grael, Kahena Kunzi e Patricia Freitas, todos integrantes da equipe brasileira de vela olímpica, já foram medalhistas no Mundial da Juventude.

Inclusive, a edição de 2014 da Copa da Juventude em Florianópolis conta com a participação de velejadores jovens, mas que já tem em seu currículo o título de Campeão Mundial. Martin Lowy, Thiago Brito e Kim Vidal participam do evento em Jurerê e já conquistaram o título mundial da categoria em anos anteriores.

“O nível técnico desta competição será muito elevado. Nós temos aqui diversos atletas que já foram medalhistas em mundiais da juventude. Estão reunidos aqui os jovens com potencial de integrar a seleção. Se analisarmos a equipe olímpica atual, podemos notar que vários atletas participaram do Mundial da Juventude, o que nos leva a crer que muitos destes competidores que estão aqui em Florianópolis possam vir a ser medalhistas olímpicos um dia”, explica Ricardo Navarro, presidente da comissão de regatas da Copa da Juventude.

Formato da competição:

Estão programadas sete regatas para os três dias de disputas, sendo duas regatas por dia e um terceiro com três. No entanto, tudo depende das condições durante a semana. Caso sejam feitas cinco ou mais regatas, os atletas poderão utilizar apenas um descarte. Caso sejam feitas quatro ou menos, não existe a possibilidade de ser retirado o pior resultado da pontuação final, o que deixa a competição ainda mais acirrada.

“A previsão aponta para condições variadas ao longo dos próximos dias. Além disso, por ser uma competição de apenas três dias a chance dos atletas errarem é mínima, o que torna o evento ainda mais acirrado e competitivo”, encerra Navarro.

A Copa da Juventude de 2014 é a seletiva para o Campeonato Mundial da Juventude, a ser realiado em Tavira, Portugal. O evento é uma realização do Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha, com a supervisão e homologaçao da Confederação Brasileira de Vela.

Definidos os atletas que farão parte da Equipe Brasileira de Vela Jovem

Largada da Laser

Largada da Laser

Entre os dias 27 de fevereiro e 3 de março o Clube Naval Charitas, em Niterói, foi sede da Copa da Juventude, que selecionou a Equipe Brasileira de Vela Jovem, que irá representar o Brasil no Mundial da Juventude.  Quatro classes estiveram presentes, com meninos e meninas de até 19 anos completos em 2013. A equipe final ficou assim:

Classe 420
Masculina: Tiago Brito e Andrei Kneipp (CDJ).
F
eminina: Cláudia Mazaferro e Luiza Peiter (YCSA).

Laser Radial
Masculino: Martin Lowy (YCSA).
Feminino: Maria Cristina Boabaid (ICSC).

29er
Antonio Aranha/ Philipp Eduardo (YCSA).

RS:X
Juliana Gomes L. Aguiar (CRG).

Copa da Juventude está sendo disputada no Clube Naval Charitas, em Niterói

Teve início nesta quarta-feira, no Clube Naval Charitas, a Copa da Juventude 2013. O evento, que segue até o dia 3 de março, teve a cerimônia oficial de abertura realizada nesta quarta-feira, com a presença de velejadores e autoridades do cenário da vela nacional. No total, cerca de 60 jovens atletas, representando os Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, estão velejando nas águas de Niterói.

A competição serve como seletiva para definir a equipe brasileira de vela jovem, que disputará o Campeonato Mundial de Juventude, realizado entre os dias 13 e 20 de Julho, na cidade de Lima Sol, no Chipre.

As seguintes classes participam da competição: Laser Radial (masc/fem); 420 (masc/fem); 29er, RS:X (feminino) e HC 16. Esta última ainda passa pelo conselho técnico de vela da CBVela. No caso do RS:X (masculino) a seletiva foi disputada na Semana Brasileira de Vela, realizada entre os dias 18 e 22 de fevereiro, No Rio de Janeiro.

CBVela divulga AR da Copa da Juventude

Entre os dias 27 de fevereiro e 3 de Março a CBVela e o Clube Naval Charitas irão promover A Copa Da Juventude. O evento servirá como seletiva para o Mundial da Juventude, realizado em Limassol, no Chipre, entre 13 e 20 de julho. Estão convidadas as classes Laser Radial (Masc. e Fem.), 420 (Masc. e Fem.), RS:X (Masc. e Fem.), Hobie Cat 16 (Aberto) e 29er (Aberto), desde que tenham no mínimo dois barcos inscritos participando de no mínimo de 4 regatas da série. Não serão cobradas taxas de inscrição.

Definida em Porto Alegre a equipe do Brasil para o Mundial da Juventude

Os integrantes da equipe brasileira para o Mundial da Juventude, que acontece em Dun Laoghaire, Irlanda, entre os dias 12 e 21 de julho, foram definidos neste fim de semana em Porto Alegre. A última regata da seletiva prevista para este domingo não saiu por falta de vento. No sábado, cinco classes já tinham conhecido os seus campeões por antecipação. Apenas as classes 420 feminino e a Laser Radial masculino ainda estavam em indefinidas. A Copa da Juventude encerrou conforme a classificação das nove regatas realizadas desde quinta-feira em duas raias no rio Guaíba.    

Os vencedores em cada classe:
Hobie Cat 16 – Martin Manzoli Lowy e Kim Vidal de Andrade (SP);
420 masculino – Ricardo Paranhos e Patrick Essle (SP),
420 feminino – Viviam de Alencastro Guimarães e Marcela Rocha Moura (RJ),
29er – Vladimir Estoup e Breno Alex Osthoff (RJ),
RS:X masculino – Yago Honório Carvalho (RJ) 
RS:X feminino – Wendy Stockler Soares (RJ),
Laser Radial masculino – João Pedro de Oliveira (RJ) 
Laser Radial feminino – Maria Cristina Boabaid (SC).

O último dia foi de espera cansativa em terra pelo vento. E para 420 feminino e Laser Radial masculino era dia de decisão. Apenas um ponto separava o carioca João Pedro de Oliveira do gaúcho Antonio Cavalcanti Rosa, o Totó, que liderou quase toda a competição. Na 420 a situação estava um pouco mais tranquila, a dupla Viviam de Alencastro Guimarães e Marcela Rocha Moura (RJ) esteve sempre na frente no campeonato, perderia o título somente na hipótese de chegarem em último lugar com as vices Isabele Oliveira Caldeira e Julia Ribeiro Pessine (SP) em primeiro. O vento não apareceu no tempo limite para a largada (às 16 horas) e os velejadores comemoraram por não terem que ir para a raia.     

Viviam Alencastro, 17 anos, disse que a decisão de “não forçar a regata” foi acertada porque não havia condições técnicas. “A Copa aqui foi muito boa e o vento melhor que no ano passado em São Paulo. Agora tenho que conciliar os estudos para o vestibular e a preparação para o Mundial”. O campeão da Laser radial João Pedro de Oliveira, 17, considerou um campeonato “sofrido” e festejou pelo término da competição. “Meu adversário estava na liderança do campeonato até sábado. Por duas vezes nos revezamos na primeira posição e encerrei o dia em primeiro. Quero treinar muito para ir bem na Irlanda.” 

Uma característica da equipe que irá para o Mundial de 2012 é que boa parte já disputou a competição no ano passado, na Croácia. As classes 420 masculina e feminina, o Laser radial masculino e feminino e o Hobie Cat 16 irão pela segunda vez. Apenas a RS:X masculino e feminino e a 29er serão estreantes no Mundial da ISAF. 

A dupla vencedora na 420 masculina, Ricardo Paranhos e Patrick Essle, considerou a Copa da Juventude bem organizada em terra e na água e ressaltou o nível do evento. “O vento variou de muitas direções e isso fez que as melhores tripulações se sobressaíssem. Sábado foi o dia o mais tenso para nós, mas tudo deu certo.” Ricardo diz que agora é treinar muito para “obter um resultado melhor que o 13º lugar no Mundial de 2011.” 

Os vencedores na RS:X (prancha à vela) integrarão pela primeira vez a Equipe Brasileira de Vela Jovem (EBVJ). Para Wendy Stockler Soares a seletiva foi com condições melhores que o esperado. “Estou muito feliz. Esperava até vento mais forte. Agora quero treinar muito para fazer o melhor possível lá na Irlanda.”  O carioca Yago Honório Carvalho disse que o resultado foi conforme o esperado por ele. “Ainda não tinha velejado aqui no sul, fui no máximo a São Paulo. A competição foi bem acirrada com o Felipe. Tenho dois campeonatos na Argentina e também vou treinar muito em Búzios porque quero trazer essa medalha para o Brasil. Agradeço a todos que torceram por mim, aos amigos e toda a flotilha de RS:X.”

Na 29er Vladimir Estoup e Breno Alex Osthoff (RJ) começaram a velejar na classe há oito meses e já alcançaram um ótimo resultado. “Nós fomos bem em toda a competição, apenas na primeira regata que a gente ficou com um pouco de receio porque o vento rondava muito. Mas depois deu tudo certo e ganhamos cinco regatas das nove disputadas. Agora é o Mundial.”

O gerente técnico da CBVM, Jonatas Gonçalves acompanhou em Porto Alegre o evento e ressaltou a importância da Copa da Juventude para a vela. “Esta competição tem o foco nos jovens. Temos optimistas talentosos que saem da classe e precisam de incentivo nesta transição. Por isso tanto a Copa como o Mundial são para manter esta garotada agregada nas classes juvenis. Esta também é a orientação da ISAF. A Copa em Porto Alegre foi um sucesso e tivemos todo o apoio da Federação do RS e dos clubes Veleiros do Sul e Jangadeiros”.  

A Copa da Juventude teve a participação de 62 velejadores com idade até 19 anos. A competição é uma promoção da Confederação Brasileira de Vela e Motor (CBVM) e da Federação de Vela do Estado do Rio Grande do Sul (Fevers) com a realização dos clubes Veleiros do Sul e dos Jangadeiros.

Da assessoria do VDS

Disputa pelas vagas para o Mundial é forte na Copa da Juventude

A seletiva para o Mundial da Juventude entrou numa fase decisiva para os competidores que lutam pela vaga na equipe brasileira. Nesta sexta-feira foram completadas seis regatas na Copa da Juventude e com direito a um descarte do pior resultado. Enquanto os favoritos começam a despontar, para outros é o momento de calcular os pontos.  

Na classe Laser Radial masculina o gaúcho Antonio Cavalcanti Rosa não só se manteve na frente como disparou na classificação geral com sete pontos de vantagem sobre o segundo classificado, o carioca João Pedro de Oliveira. Totó, como é conhecido, chegou em 10º lugar na sexta regata, seu pior resultado, mas foi compensado por quatro vitórias até agora. Já na Laser Radial feminina a briga está acirrada entre a gaúcha Júlia Fernanda Silva e catarinense Maria Cristina Boabaid, ambas empatadas com sete pontos. As duas andam parelhas na raia e essa disputa promete ir até a final.

Na classe 420 as duplas masculina e feminina representaram o Brasil no Mundial da Juventude de 2011, na Croácia, e agora buscam novamente a classificação. Os paulistas  Ricardo Paranhos e Patrick Essle obtiveram cinco vitórias nas seis regatas e estão com cinco pontos na frente da dupla segunda colocada, Daniel Lombardi e Gabriel Nad Sequeira (RJ). Na feminina Viviam de Alencastro Guimarães e Marcela Rocha Moura (RJ) também estão com cinco pontos à frente das segundas colocadas Isabele Oliveira Caldeira e Julia Ribeiro Pessine (SP).

Os atuais campeões mundiais da Juventude na classe Hobie Cat 16, Martin Manzoli Lowy e Kim Vidal de Andrade (SP) continuam invictos na competição e são claramente os favoritos a fazerem parte da equipe brasileira para o Mundial de 2012 que será em Dun Laoghaire, Irlanda, entre os dias 12 e 21 de julho. Na segunda colocação estão os gaúchos Ricardo Welter Lis e João Felipe Kraemer. 

Na 29er os cariocas Vladimir Estoup e Breno Alex Osthoff estão na liderança, mas os vices Rodrigo Fasolo e Martin Rump (RS) melhoraram a performance nesta sexta-feira, venceram a última regata, e a diferença caiu para quatro pontos entre as duplas.

Na RS X feminina Wendy Stockler Soares (RJ) venceu todas as regatas disputadas na Copa e deve confirmar seu nome para o Mundial. Na RS X masculina houve uma inversão de posições entre os dois únicos competidores na classe. Yago Honório Carvalho (RJ) assumiu a liderança e Felipe Beltran Alencar (RJ) ficou em segundo lugar. A diferença entre eles é de dois pontos. 

As condições de tempo nesta sexta-feira no rio Guaíba em Porto Alegre estavam boas para as regatas. O vento foi de direção sul e variou de 10 a 15 nós de intensidade. A Copa da Juventude conta com a participação de 62 velejadores com idade até 19 anos. Neste A competição tem organização da Confederação Brasileira de Vela e Motor (CBVM) e da Federação de Vela do Estado do Rio Grande do Sul (Fevers) com a realização dos clubes Veleiros do Sul e dos Jangadeiros.

Da assessoria do VDS

Veleiros do Sul sedia a Copa da Juventude no final do mês

A oportunidade de alcançar uma vaga para o mundial de vela mais cobiçado entre os jovens terá início a partir do dia 29 de fevereiro no clube Veleiros do Sul, em Porto Alegre e segue até o dia 04 de março. Através da chamada Copa da Juventude, elegíveis tripulantes brasileiros que tenham idade abaixo de 19 anos e que sejam registrados como um ISAF Sailor  poderão disputar a vaga para o Campeonato Mundial da Juventude que acontece em Dun Laoghaire, na Irlanda, de 12 a 21 de julho de 2012.

O evento, realizado pela Federação de Vela do Estado do Rio Grande Sul (Fevers) e pela Confederação Brasileira de Vela e Motor (CBVM)  será a seletiva para a formação da Equipe Brasileira de Vela Jovem (EBVJ) que irá representar o Brasil no campeonato de maior importância da Vela Jovem Mundial.A competição será aberta às seguintes classes: Laser Radial (Masculino e Feminino), 420 (Masculino e Feminino), RS:X (Masculino e Feminino), Hobie Cat 16 (Aberto) e 29er (Aberto).

O time de velejadores do clube que competirá na Copa da Juventude iniciou os treinos antes do carnaval sob o comando do técnico Geison Mendes. Os representantes do VDS são: classe 420, as duplas Bryan Luiz e Gustavo Azambuja e Thiago Ribas e Alan Willy. Na Laser Radial, Philipp Grochtmann e na classe Hobie Cat 16, Ricardo Lis e João Kraemer.Neste feriado de carnaval, competidores de outros estados também começaram a chegar ao Veleiros e já estão experimentando a raia do Guaíba e o calor da capital mais quente do Brasil, nesses dias.

%d blogueiros gostam disto: