Pular para o conteúdo

Posts com Tag ‘Imoca Open 60’

Não deu. Thomson fica pra trás e Le Cléac’h deve chegar para bater o recorde da Vendée Globe às 13:30h de hoje

banque-populaire-viii-r-1680-1200.jpg

O líder a Vendée Globe Armel Le Cléac’h é esperado na linha de chegada em aproximadamente duas horas, às 1530h UTC (13:30h em Brasília) hoje, após 74 dias no mar.

Alex Thomson que protagonizou a perseguição mais legal dos últimos tempos no desafio de volta ao  mundo em solitário sem paradas e sem assistência, acabou ficando pra trás 100 milhas depois que os ponteiros cambaram rumo ao objetivo final (a distância é calculada em relação a chegada, em linha reta, por isso a discrepância nos números em relação a ontem). Não deve ser desta vez que um inglês vai colocar água na champanhe francesa. Fica pra próxima!

O comandante francês está atualmente a 36 milhas náuticas da linha de chegada em Les Sables d’Olonne, navegando a pouco mais de 12 nós. O final da regata será transmitido ao vivo no site do evento e nas mídias sociais uma vez que Le Cléac’h esteja a aproximadamente 30 minutos da linha de chegada. O segundo colocado, Alex Thomson, deverá cruzar a linha de chegada cerca de 12 horas depois.

Para mais informações sobre como seguir as chegadas, clique aqui: http://www.vendeeglobe.org/pt/news/18197/how-to-follow-the-finish-this-thursday

Rán é bicampeão da Fastnet entre os Mini Maxis; IMOCA Open 60 também tem chegada apertada

O Rán, um Judel Vrolijk de 72 pés, foi o primeiro dos Mini Maxis a cruzar a linha de chegada da Rolex Fasnet Race depois de 2 dias, 3 minutos e 44 segundos de regata. Nesta segunda-feira os também Mini Maxis Beau Geste, de 80 pés, e Alegre, de 68, se retiraram da regata por causa de quebras a bordo. Com isso o caminho ficou livre para a segunda vitória consecutiva dos ingleses.

E depois da chegada apertada entre os VO70 nesta segunda, hoje foi a vez dos IMOCA Open 60 darem espetáculo. O PRB, de Vincent Riou cruzou a linha de chegada apenas 4 minutos na frente do Virbac Paprec 3, de Jean Pierre Dick, seguido, dois minutos depois, pelo suíço Cheminées Poujulat, de Bernard Stamm.

%d blogueiros gostam disto: