Pular para o conteúdo

Posts com Tag ‘kahena kunze’

Ouro, prata e bronze! Brasil fecha ótima campanha na etapa de Miami da World Sailing Cup

Fernandinha e Ana começaram 2019 em alto nível. ©JESUS RENEDO/SAILING ENERGY/WORLD SAILING.

3, 2, 1… O ano de 2019 começou com um ótimo resultado para a Equipe Brasileira de Vela. Neste domingo, dia 3, Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan conquistaram a medalha de bronze na classe 470 feminina, na etapa de Miami da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela). Assim, o país fechou a primeira grande competição do calendário com três pódios. 

No sábado, Martine Grael e Kahena Kunze foram ouro na 49erFX, e Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino ganharam a prata, a primeira medalha do Brasil na história da Nacra 17. 

Na 470 feminina, após uma semana consistente no top 10 da classificação, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan entraram na regata da medalha deste domingo na quarta colocação no geral. Velejando em ventos fracos, as brasileiras se mantiveram o tempo todo no pelotão da frente. Na descida do último popa, consolidaram a segunda posição na prova, suficiente para garantir um lugar no pódio, com 64 pontos perdidos, um ponto à frente da atual campeã olímpica, a britânica Hannah Mills, que ficou em quarto ao lado de Eilidh McIntyre.

A próxima competição de classes olímpicas do calendário é o Troféu Princesa Sofia, a partir de 29 de março, em Palma de Maiorca, na Espanha.

RESULTADOS COMPLETOS DO BRASIL NA COPA DO MUNDO DE MIAMI:

Sempre elas!! Martine e Kahena vieram crescendo ao longo da semana e… ganharam! Mais um ouro para a dupla. ©JESUS RENEDO/SAILING ENERGY/WORLD SAILING.

49er FX

1 – Martine Grael e Kahena Kunze (BRA), 58 pontos perdidos

2 – Alexandra Maloney/ Molly Meech (NZL), 60 p.p.

3 – Chalotte Dobson/ Saskia Tiden (GBR), 63 p.p.

Samuca Albrecht e Gabi Nicolino foram vice campeões em Miami. ©JESÚS RENEDO/SAILING ENERGY/AARHUS 2018.

Nacra 17

1 – Jason Waterhouse/ Lisa Darmanin (AUS), 50 p.p.

2 – Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino (BRA), 58 p.p.

3 – Santiago Lange/ Cecilia Carranza Saroli (ARG), 72 p.p.

470 feminina

1 – Frederika Loewe/ Anna Markfort (ALE), 60 p.p.

2 – Fabienne Oster/ Anastasiya Winkel (ALE), 62 p.p.

3 – Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan (BRA), 64 p.p.

Finn

13 – Jorge Zarif, 76 p.p.

Laser Radial

21 – Gabriela Kidd, 215 p.p.

49er

23 – Marco Grael/ Gabriel Borges, 174 p.p.

RS:X feminina

29 – Bruna Martinelli, 169 p.p.

Laser

56 – João Pedro Souto de Oliveira, 170 p.p.

Mais informações sobre a etapa de Miami da Copa do Mundo:
http://miami.ussailing.org/

Resultados completos: http://sailing.org/worldcup/results/index.php

Tiago Campante/CBVela

Com a medalha de ouro do Mundial, Martine e Kahena desembarcam no Rio sob aplausos

A dupla de ouro no aeroporto

A dupla de ouro no aeroporto

Sorriso no rosto, medalha de ouro no peito e sensação de dever cumprido. Foi assim que as velejadoras brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze, que no domingo conquistaram o título do Mundial de Vela em Santander, na Espanha, desembarcaram no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, no final da tarde desta segunda-feira, 22/09. Após mais de 10 horas de voo, o avião que decolou de Madri pousou na capital carioca com as mais novas estrelas do esporte brasileiro.

Martine e Kahena foram recebidas com aplausos no saguão do aeroporto e retribuíram o carinho do público. Apesar do cansaço aparente, atenderam os jornalistas que registravam a chegada das campeãs e posaram para fotos.

“A ficha está caindo aos poucos. Vivemos dias maravilhosos na Espanha e percebemos uma torcida muito grande. O campeonato foi complicado, o vento não favoreceu, mas sabíamos que tínhamos condições de vencer e só pensamos nisso. É até difícil descrever a emoção que sentimos”, disse Kahena Kunze.

Ao faturar o Mundial, a dupla brasileira, que lidera o ranking Mundial da classe 49erFX, alcançou seu objetivo maior na temporada e comprovou o momento mágico na carreira. Este foi o sexto título de Martine e Kahena em 2014. As velejadoras também conquistaram as etapas de Hyères e Mallorca da Copa do Mundo de Vela da ISAF, a Semana Olímpica de Garda Trentino, a Copa Brasil de Vela e a medalha de ouro no Aquece Rio International Sailing Regatta, evento teste para os Jogos Olímpicos, em agosto, no Rio. Além disso, foram também vice-campeãs dos campeonatos norte-americano e europeu, além do quarto lugar na etapa de Miami da Copa do Mundo de Vela.

“Nós sonhamos com esse momento e treinamos muito para que ele chegasse. Vamos aproveitar para comemorar agora, mas não podemos diminuir o ritmo, temos que manter o foco e a determinação, pois nossas adversárias são muito boas”, avalia Martine Grael, que, após a conquista histórica para a vela brasileira, terá um curto período de férias. As atletas só voltam a treinar em meados de outubro.

Martine Grael e Kahena Kunze começaram a competir juntas na 49erFX no final de 2012, quando a classe foi oficializada pela ISAF. Mas a parceria de sucesso começou em 2009, quando a dupla foi campeã mundial junior na classe 420.

Na primeira temporada pela nova classe olímpica, em 2013, Martine e Kahena foram vice-campeãs mundiais, vice-campeãs europeias, campeãs do norte-americano de vela, campeãs da etapa de Miami da Copa do Mundo de Vela e campeãs sul-americanas. Resultados que garantiram a liderança do ranking mundial da classe em novembro do ano passado. Desde então, a dupla brasileira reina absoluta no topo da classificação.

Da assessoria

Martine Grael e Kahena Kunze são campeãs mundiais de 49er FX

Dupla desembarca no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, amanhã às 17h15

O trio campeão mundial: Kahena, Martine e o técnico Javier Torres

O trio campeão mundial: Kahena, Martine e o técnico Javier Torres

É ouro! A dupla Martine Grael e Kahena Kunze venceu neste domingo em Santander, na Espanha, o Mundial de classes olímpicas promovido pela Confederação Internacional (Isaf). O título veio depois de 12 regatas e de uma medal race bastante disputada. As brasileiras entraram na água na segunda colocação, a apenas dois pontos das dinamarquesas Ida Nielsen e Marie Olsen. Em uma medal race, que tem pontuação dobrada, isto significa que a dupla que chegasse na frente ficaria com o título.

A regata começou com 1h30 de atraso por conta do vento fraco. As brasileiras optaram por largar próximo à Comissão de Regatas e defender o lado direito da raia, enquanto as dinamarquesas largaram mais no meio da linha. Nielsen e Olsen chegaram a montar a primeira e a segunda boia na frente das brasileiras, porém Martine e Kahena, que são líderes do ranking mundial, conseguiram se recuperar na terceira perna e só tiveram que administrar a vantagem

“Foi difícil, pois o vento estava bastante rondado, mas sabíamos tudo o que estávamos fazendo,”, disse Martine.

“Foi muito bom disputar esta regata com tanta gente torcendo por nós. Foi emocionante”, disse Kahena.

Este foi o primeiro título mundial da dupla, que se juntou para tentar a vaga para o Rio 2016. Nestes dois anos do ciclo olímpico, as meninas conquistaram diversos títulos internacionais, incluindo o Aquece Rio, evento que serviu como primeiro teste para as Olimpíadas, disputado na Marina da Glória, em agosto.

Robert Scheidt foi o melhor entre os homens: Robert Scheidt foi o melhor brasileiro no Mundial, terminando na quinta colocação da classe Laser Standard. Durante a fase final, ele foi desclassificado de uma das regatas por largar escapado o que o deixou fora da briga por medalhas.

“A desclassificação prejudicou bastante o resultado final, pois eu tive que somar um 20º lugar na regata seguinte e descartar esta bandeira preta. Foram 10 pontos a mais que podiam ter feito a diferença”, disse ele.

Resultados da equipe brasileira:

49er FX:

1.Martine Grael e Kahena Kunze

36. Juju Senfft e Gabriela Nicolino

 

49er:

30. Marco Grael e Gabriel Borges

56. Dante Bianchi e Thomas Low-beer

 

470M:

38. Geison Mendes e Gustavo Thiesen

48. Henrique Haddad e Bruno Bethlem

60. Tiago Brito e Andrei Kneipp

 

470F:

12. Renata Decnop e Isabel Swan

13. Fernanda Oliveira e Ana Barbachan

 

Finn:

38. Jorge Zarif

 

Laser Standard:

5. Robert Scheidt

12. Bruno Fontes

69. Alex Veeren

 

Laser Radial:

29. Fernanda Decnop

64. Tina Boabaid

79. Odile Ginaid

 

Nacra 17:

44. Samuel Albrecht e Georgia Silva

48. João Bulhões e Juliana Mota

 

RS:XM:

15. Ricardo Winicki

43. Albert Carvalho

71. Gabriel Bastos

 

RS:XF:

14. Patricia Freitas

31. Bruna Martineli

 

Os resultados completos de cada regata e o acumulado podem ser vistos clicando aqui: http://bit.ly/1uzlQsO.

Em todo ciclo olímpico a Federação Internacional promove um evento mundial, que visa definir parte das vagas dos Jogos. Em 2007 ele foi realizado em Cascais, Portugal, e em 2011 em Perth, na Austrália. Para este ciclo a ideia foi adiantar o evento em um ano, dando mais tempo para que cada nação possa definir e treinar os seus representantes.

A delegação brasileira disputou o Mundial da Isaf com o apoio da CBVela, do COB e do Ministério do Esporte. A CBVela tem patrocínio oficial do Bradesco, apoio da Lei de Incentivo ao Esporte e conta com a Slam como fornecedora oficial.

 

Martine Grael e Kahena Kunze são vice-campeãs europeias de 49er FX

Fred Hoffmann registrou a alegria das meninas durante a Copa Brasil de Vela

Fred Hoffmann registrou a alegria das meninas durante a Copa Brasil de Vela

Terminou neste final de semana em Helsinki, na Finlândia, o Campeonato Europeu de 49er e 49er FX. Depois de seis dias de competição, a dupla Martine Grael e Kahena Kunze saiu com a medalha de prata entre as meninas do 49er FX. Entre os homens, Dante Bianchi e Thomas Lowbeer foram os melhores brasileiros, terminando em 16º na flotilha ouro. Completaram o time nacional Juju Senfft e Gabriela Nicolino, 8º na flotilha prata da 49er FX e Marco Grael e Gabriel Borges, que terminaram em 10º na flotilha prata da 49er.

Martine Grael e Kahena Kunze terminam o primeiro dia do Mundial de FX entre as 10

203581_349390_martine_e_kahena____C_pierickjeannoutot

Dupla brasileira venceu a primeira regata do dia e entra na água amanhã novamente para mais três regatas

Começou nessa terça-feira, 24/09, em Marseille, na França, o Campeonato Mundial de 49erFX. Representando o Brasil, Martine Grael e Kahena Kunze terminaram o primeiro dia de disputas em oitavo lugar, com 12 pontos. A dupla, que é atual número dois do ranking da Federação Internacional de Vela, venceu a primeira regata do dia, superando 26 barcos adversários. Na segunda disputa Martine e Kahena terminaram em décimo primeiro lugar.

As 53 duplas que participam do Mundial foram dividas em duas equipes, amarela e azul. Martine e Kahena estão no time azul e amanhã caem na água novamente para correr mais três regatas. Esse é o primeiro mundial da classe 49erFX, que foi oficializada em novembro de 2012. A competição acontece até domingo, 29/09, e será disputada ao longo de seis dias. Os três primeiros dias serão dedicados para a fase classificatória. As semifinais serão disputadas em 27 e 28 de setembro e a final acontece no dia 29.

Há quase um ano competindo juntas, Martine e Kahena já conquistaram excelentes resultados. No primeiro semestre foram campeãs da Copa Norte-Americana de Vela, da etapa de Miami da Copa do Mundo e da Miami ORC. A conquista mais recente da dupla foi o vice-campeonato Europeu de F49er, disputado no começo de julho na Dinamarca.

Da MktMix Assessoria

Martine Grael e Kahena Kunze seguem invictas na 49er FX no Rio de Janeiro

Martina e Kahena mantiveram os 100% no novo esquife olímpico.

Martina e Kahena mantiveram os 100% no novo esquife olímpico.

Dupla abre 34 pontos para o segunda barco feminino na Semana Brasileira de Vela, evento que define a equipe olímpica em 2013

Rio de Janeiro – Nesta quarta-feira foi disputado no Rio de Janeiro o terceiro dia da Semana Brasileira de Vela. Com mais quatro regatas disputadas entre os esquifes, Martine Grael e Kahena Kunze seguem invictas na 49er FX. Mais uma vez a raia estava localizada bem próxima à ponte Rio – Niterói, para surpresa de motoristas parados no trânsito do final da tarde e que fez com que as meninas passassem mais de cinco horas dentro d’água.

“Apesar de longo, o dia foi bastante produtivo. Conseguimos velejar bem, chegando, inclusive, na frente de algumas tripulações masculinas. Até o último dia queremos melhorar ainda mais e terminar entre os cinco primeiros no geral”, disse Martine.

Como a classe 49er FX é nova no Brasil e a flotilha feminina tem apenas três barcos, as meninas correm na mesma raia que os homens do 49er, barco com área velica maior e, portanto, mais rápido. No total, a flotilha do campeonato conta com 10 barcos e os líderes são os brasileiros André “Bochecha” Fonseca e Francisco Andrade com os dinamarqueses medalhistas de bronze em Londres 2012 agora na vice-liderança.

“Estamos velejando bem, graças ao treino intensivo que temos feito. Dá pra ver que o nosso nível e das outras meninas é bem diferente, algo que prova que estamos no caminho certo”, pondera Kahena.

A competição, que segue até sexta (22/2), definirá quem fará parte da equipe olímpica do Brasil em 2013. Além da 49er FX e do 49er, estão sendo em disputa as classes Laser Standard, na qual Robert Scheidt reina absoluto; Laser Radial, com Adriana Kostiw na liderança; Finn, que tem Jorginho Zarif em primeiro; RS:X, em que o israelense Nimrod Maschiah e a brasileira Patrícia Freitas lideram entre homens e mulheres respectivamente e 470, que tem Fabio Pilar e Samuel Albrecht em primeiro entre os homens e Fernanda Oliveira e Ana Barbachan entre as mulheres.

Da Velassessoria

Martine Grael e Kahena Kunze estreiam com vitória na Semana Brasileira de Vela

Dos arquivos de Fred Hoffmann, as FX mais rápidas do velho oeste.

Dos arquivos de Fred Hoffmann, as FX mais rápidas do velho oeste.

Dia claro, temperatura de 39 graus e sensação térmica de 50, com vento de 12 a 14 nós (de 21 a 25 km/h) de leste – sueste. Este foi o cenário do primeiro dia da Semana Brasileira de Vela, evento que definirá quem serão os integrantes da equipe olímpica brasileira durante o ano de 2013. O evento, que seguirá até a próxima sexta-feira (22), reúne brasileiros e estrangeiros na baía de Guanabara, mesma raia das Olimpíadas do Rio, em 2016. Das dez classes olímpicas, apenas o Nacra 17 não está velejando, uma vez que nenhum barco foi entregue no Brasil.

Outra classe nova na raia é a 49er FX, que também estreará em olimpíadas nos Jogos do Rio. Na liderança do evento estão Martine Grael e Kahena Kunze, líderes do ranking mundial. As meninas somaram três primeiros lugares neste início de competição e seguem animadas na busca da vaga.

“Estamos velejando com tranquilidade, para garantir que nada dê errado. Nós temos uma boa vantagem para a outra dupla feminina, e precisamos ter calma para administrar isso”, disse Martine, filha do multimedalhista Torben Grael.

Apesar de ser um barco com área velica menor, o 49er FX corre as regatas junto com o 49er, classe masculina. Por isso as meninas aparecem em 5º lugar geral na súmula. Os líderes são os dinamarqueses Allan Norregaard e Anders Thomsen. O brasileiro André Fonseca e o portuga Francisco Andrade aparecem em segundo.

Outra classe que tem estrangeiros é a RS:X masculina. Dos 13 inscritos, apenas cinco são brasileiros. Isso porque entre os dias 28 de fevereiro e 6 de março a cidade de Búzios, na região dos lagos, Rio de Janeiro, será sede do Mundial da Classe. Enquanto não vão para lá, o inglês Nick Dempsey e o israelense Nimrod Maschiah lideram a competição na raia olímpica. O brasileiro Ricardo Winick, o Bimba, aparece em terceiro na súmula. Entre as meninas, a líder é Patrícia Freitas, representante brasileira nos Jogos de Londres.

Nas outras classes, os favoritos largaram na frente. Na Laser Standard, Robert Scheidt lidera com três pontos de vantagem sobre Bruno Fontes. Na Radial, Adriana Kostiw assumiu a ponta, com Fernanda Decnop em segundo. Na 470 masculina, a briga é de gaúchos, com Fabio Pilar e Samuel Albrecht em primeiro e Geison Mendes e Gustavo Thiesen em segundo. Entre as meninas, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan estão empatadas com Renata Decnop e Isabel Swan. Na Finn, Jorginho Zarif é o primeiro, com Bruno Brada em segundo.

Da Velassessoria

%d blogueiros gostam disto: