Pular para o conteúdo

Posts com Tag ‘notícia de vela’

Brasil estreia no norte-americano de Optimist com três velejadores entre os 20 primeiros

Começou nesta terça-feira em Valle de Bravo, México, o Norte-americano de Optimist. No total 149 velejadores do Brasil, México, Equador, Colômbia, Chile, Peru, Uruguai, Japão, Estados Unidos, Argentina, Canadá, Nova Zelândia, Alemanha, Singapura, Antígua, Croácia e Antilhas Holandesas  disputam a competição. Os brasileiros melhores colocados são Lucas Faria, em 12º, Gabriel Lopes, em 16º e Iagor Franco, em 19º. A líder é Odile Van Aanholt, das Antilhas Holandesas. Resultados completos clicando aqui.

Íker Martinez será o timoneiro do Luna Rossa na próxima etapa da ACWS

A equipe italiana Luna Rossa apostou no espanhol Íker Matinez, skipper do Telefónica na última Volvo, para timonear o seu Luna Rossa Swordfish. Ele se junta à Max Sirena na busca de um melhor resultado nesta segunda etapa da America´s Cup Word Series 2012-13. O outro barco da equipe, o Luna Rossa Piranha, segue com o timoneiro Chris Draper, mas contará com o reforço de Xabi Fernandes, fiel escudeiro de Martinez, como trimmer.

Confira a lista de tripulantes do Luna Rossa:
LUNA ROSSA SWORDFISH

Iker Martinez – Helmsman
Max Sirena – Skipper / Trimmer
Alister Richardson – Wing Trimmer
Manuel Modena – Trimmer
Emanuele Marino – Freestyler

LUNA ROSSA PIRANHA

Chris Draper – Helmsman
Francesco Bruni – Tactician / Wing Trimmer
Xabi Fernandez – Trimmer
Nick Hutton – Trimmer
Dave Carr – Freestyler

Regata volta a ilha dos Arvoredos acontece neste final de semana em Santos

A largada da edição 2012 da Regata Volta da Ilha dos Arvoredos será neste sábado, dia  29 de setembro. Válida pelo Campeonato Santista de Vela Oceânica, a regata, organizada pelo Iate Clube de Santos em parceria com o Clube Internacional de Regatas, tem patrocínio da fabricante Sunnto, que premiará os campeões de cada classe com um relógio da marca. Outra novidadedeste ano é a disputa do troféu perpétuo Phoenix, que terá o nome do vencedores gravados em placa, que ficará em exposição na sede do ICS.

A expectativa dos organizadores é de que a competição reúna, como em 2011, cerca de 20 embarcações nas classes RGS, RGS Cruiser e barcos de cruzeiro sem medição. Comandado por Jonas Penteado, o veleiro Mandinga, atual campeão da RGS, já garantiu participação.

Idealizada em 1958 por Fernando Lee, um dos sócios do Iate Clube de Santos, a Regata Volta da Ilha dos Arvoredos tornou-se uma das mais tradicionais competições da vela oceânica paulista até ser interrompiada em 1993, com a morte de seu criador.

A edição atual voltou ao calendário em 2010. Com largada nas proximidades da entrada da Baía de Santos, os competidores percorrerão uma distância de 17 milhas náuticas, até a costa da Ilha dos Arvoredos, situada em frente a Praia  do Pernambuco, e retornando até a chegada, sinalizada em frente à cidade de Guarujá.

A cerimônia de premiação será dia 10 de novembro, na sede do Iate Clube de Santos.

Da assessoria

ABVO apoia eb incentiva barcos brasileiros a disputarem a regata Buenos Aires Rio 2014

No dia 15 de fevereiro de 2014 larga mais uma edição da regata Buenos Aires Rio. Parece que ainda falta muito, porém, para a ABVO, este é o momento de os velejadores começarem a montar suas tripulações e captarem patrocínio. O desafio marca a celebração dos 200 anos da Marinha Argentina e a intenção é colocar o máximo de barcos brasileiros na água para comemorar.

Ultimamente os argentinos têm dominado a raia. Aprova disso é que a última vitória brasileira no tempo corrigido foi em 1979 com o Madrugada, enquanto a última fita-azul foi em 1987 com o Cisne Branco (ex-Ondine) da Escola Naval da Marinha do Brasil. Então, para mudar este quadro, a ABVO irá tomar as seguintes providências:

  • Tentativa de suporte patrocinado (exemplo, passagens de navio entre as duas cidades ou qualquer outro recurso de atração);
  • Busca de patrocinadores
  • adiamento data do Circuito SC 2014 visando facilitar participação dos barcos que estarão regressando à Buenos Aires

Além disso a competição será marcada por muita festa. A ideia é reunir os competidores da Buenos Aires-Rio e da Cape Towns Rio no ICRJ para uma festa de confraternização após as duas regatas como aconteceu em 1993, além de resgatar toda a memória e tradição da competição.

Confira os vencedores da regata:

Año Yate Timonel Pais Fórmula
1947 “ALFARD” Felipe A. Justo Argentina L.I.S.
1950 “FJORD III” Germán Frers Argentina L.I.S.
1953 “CAIRU II” Jorge F. Geyer Brasil C.C.A.
1956 “FORTUNA” Luis M. Palacios Córdoba Argentina C.C.A.
1959 “TANGO” Raúl G.A. Decker Argentina C.C.A.
1962 “CARLA” Jorge J. Ferrini Argentina C.C.A.
1965 “ONDINE” S.A. Long U.S.A. C.C.A.
1968 “ONDINE” S.A. Long U.S.A. C.C.A.
1971 “PLUFT” Israel Klabin Brasil C.C.A.
1974 “RECLUTA III” Carlos A. Corna Argentina IOR. MK III
1977 “WA WA TOO” Fernando Nabuco de Abreu Brasil IOR. MK III
1979 “MADRUGADA” Pedro Paulo Couto Brasil IOR. MK III
1979 “LA PINTA” Francisco J. Tavella Argentina Cruc Lim.
1981 “FORTUNA II” Máximo E. Rivero Kelly Argentina I.O.R. MK III
1981 “BLANCA ESTELA” Fernando Acosta Carvallo Chile C Lim. II M.
1985 “CONGERE” Bevin D. Koeppel U.S.A. IOR. MK III
1985 “BLANCA ESTELA” Fernando Acosta Carvallo Chile F.H.R. 85
1987 “DAPHNE” Germán Frers Argentina IOR. MK III
1987 “ESPERANZA” Carlos E. Fernández Argentina F.H.S.
1990 “REMACHO” Juan C. Oyhanart Argentina IOR. MK III
1990 “MAGIC” Carlos Wainstein Argentina I.M.S.
1993 “MAX PLUS” Guillermo O. Kreutzer Argentina I.M.S.
1993 “URUGUAY NATURAL” Gustavo Manzini Uruguay IOR. MK III
1996 “MAITE” Ramón O. Igarreta Argentina I.M.S.
1999 “MANDRAKE” Ricardo Umpierre Uruguay I.M.S.
2002 “MANILA BIOGÉNESIS” Carlos Campora Argentina Trip. Dobles
2002 “FANFARRON II” Gonzalo M. Haedo Argentina I.M.S.
2005 “NUBIUM” Esteban Kallay Argentina I.M.S.
2005 “SENSATION – KODAK” Dennis Portieri Argentina O.R.C. Club
2005 “MANILA – BIOGENESIS” Carlos Campora Argentina Trip. Dobles
2005 “HORIZONTE” Francisco Billoch Argentina Veleros Clásicos

Vídeo: 95 dias para Londres (em inglês)

Brasileiros são 3º e 4º na segunda etapa do Sul-Americano de S40

Este slideshow necessita de JavaScript.

Terminou neste domingo em Concón, no Chile, a segunda etapa do Sul-Americano de S40. Depois de nove regatas e um descarte, os chilenos do Pisco Sour ficaram com o título. O Brasil foi representado por duas equipes que tiveram ótimos resultados. O Lancer Evo, de Eduardo Souza Ramos, terminou a etapa na terceira colocação, enquanto o gaúcho Crioula 2, de Renato Plass, ficou com o 4º lugar. A próxima etapa da competição acontecerá em Ilhabela. Bonito!

%d blogueiros gostam disto: